fbpx

quinta, 20 de janeiro de 2022

Omar Aziz assina requerimento para instalação de nova CPI da Covid

A nova CPI do senador Randolfe Rodrigues quer apurar o apagão de dados da pandemia que ocorre desde dezembro. Mesmo assinando, Omar Aziz duvida que requerimento prospere.

14 de janeiro de 2022

Compartilhe

Senadores que integraram o G7 da do colegiado que finalizou em outubro suspeitam de sabotagem do sistema ConecteSUS (Foto: Divulgação)

O senador Omar Aziz (PSD), que comandou os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid do Senado, afirmou que assinou o requerimento do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para instalação de uma outra CPI para apurar o apagão do registro de casos de Covid-19 no site do Ministério da Saúde, que já dura 34 dias.

No entanto, Omar Aziz duvidou que o requerimento vá prosperar por conta das eleições de outubro. O senador pelo Amazonas informou que assinou o requerimento de Randolfe para ajudá-lo, mas acredita que a eleição iria politizar a discussão de responsabilização do presidente. 

“Mandei assinar, mas eu não creio que avance, não. Este é um ano político. A gente dá apoio para o colega, mas acho difícil ter alguma coisa de mais. Temos que cobrar a apuração daquilo que apuramos na CPI da Covid. Vão politizar muito as coisas, não sou favorável a politizar absolutamente nada quando se trata de investigação”, destacou Omar. 

O senador Plínio Valério (PSDB), que assinou o requerimento de instalação da CPI da Covid, afirmou que a instalação de outra CPI é desnecessária e garantiu que desta vez não vai assinar o requerimento de Randolfe. 

Plínio disse que o Senado precisa retomar o seu curso natural para focar, entre outras coisas, na aprovação da reforma tributária.

 “Não vou mais poder admitir que alguma CPI seja instalada antes da CPI das ONGs que é a que está na lista, mas não é só por isso que não vou assinar. Não vou assinar porque não vejo motivação para uma nova CPI”, analisou o senador. 

Eduardo Braga (MDB), que foi membro permanente da CPI da Covid, evitou se manifestar. O RealTime1 entrou em contato com o senador, mas ele não respondeu se vai assinar o requerimento.

Senadores que integraram o G7 do colegiado que finalizou em outubro suspeitam de sabotagem do sistema ConecteSUS, que compila os dados da doença e fornece também o chamado passaporte vacinal.

Desde que a plataforma saiu do ar, tem sido mais difícil para estabelecimentos cobrarem o comprovante de vacinação ou, ainda, das pessoas provarem que tomaram a vacina contra a Covid. 

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Depois de críticas à aglomeração por testagem, prefeito suspende eventos

David Almeida suspendeu por 30 dias a concessão de permissão e licenças para eventos de qualquer natureza. A decisão não proibiu eventos esportivos que serão analisados.

20 de janeiro de 2022

TSE estuda bloquear Telegram no Brasil para evitar fake news nas eleições

Ao menos 11 países já bloquearam ou ainda bloqueiam a plataforma do Telegram, um deles é a Rússia, país de origem, onde o acesso ficou suspenso entre os anos de 2018 e 2020.

20 de janeiro de 2022

Lewandowski manda Ministério Público fiscalizar pais antivacina

No ofício, Lewandowski diz que os MP´s devem garantir que as medidas necessárias para fiscalizar a vacinação das crianças estão sendo adotadas conforme prevê o ECA.

20 de janeiro de 2022

Pandemia pode suspender concursos da Segurança; TCE-AM analisa pedido

A principal linha de questionamento da representação é que a realização do concurso no cenário de alta de casos de Covid-19 colocará em risco a saúde dos candidatos.

20 de janeiro de 2022

MP-AM quer exoneração de parentes do prefeito e vice de Canutama

A recomendação foi feita após denúncias de suposta prática de nepotismo na nomeação de familiares do prefeito José Torres (PSC) e do seu vice, Raimundo Cordeiro (MDB).

20 de janeiro de 2022

Alexandre Saraiva questiona decisão que liberou madeira apreendida pela PF

Ex-superintendente da PF no Amazonas, delegado Alexandre Saraiva, foi o pivô da queda do então ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Saraiva foi transferido para o Rio.

20 de janeiro de 2022

Congresso começa o ano com 36 vetos presidenciais pendentes de votação

O veto mais recente é o 10/22, que retirou 14 dispositivos do PL 4199/20, transformado na Lei 14.301/22, que criou o Programa de Estímulo ao Transporte por Cabotagem.

20 de janeiro de 2022

Nejmi ‘vence’ prazo de licença médica e suplente pode ocupar vaga na Aleam

Suplente da deputada Nejmi Aziz, pastor Antônio Alves, alega que ela está com licença médica com prazo vencido e reivindica a vaga. TJAM deve julgar o caso dia em fevereiro.

20 de janeiro de 2022