fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

No PP ‘dos Lins’, Rotta mantém mistério sobre futuro no jogo político

Atual presidente do Progressista, sigla comandada pelos irmão Lins, o vice-prefeito de Manaus deixa no ar sua situação para o pleito de outubro deste ano.

5 de abril de 2022

Compartilhe

Marcos Rotta falou com o RealTime1 durante solenidade na Corte de Contas (Foto: Reprodução)

O Partido Progressistas no Amazonas, desde 2019 liderado pelos irmãos Lins – Átila e Belarmino – atualmente, busca se reerguer no estado sob o comando do vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, que assinou a ficha de filiação e assumiu o diretório regional já próximo do encerramento da janela partidária.

Na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o PP perdeu três parlamentares e, hoje, conta apenas com um deputado estadual na bancada.

Rotta, que estava sem partido desde outubro do ano passado, quando deixou o Democratas, conversou com o RealTime1 enquanto participava da solenidade de posse de Luis Fabian como novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

No entanto, ele evitou falar sobre seu futuro político, deixando no ar o ‘mistério’ sobre disputar algum cargo no pleito deste ano.

”Eu não venho nem para federal, nem para estadual. Estou alinhando com o prefeito David de que forma a gente vai se posicionar no pleito (…) estamos fazendo tudo às claras e esperando aí o que o futuro nos reserva”, disse o vice-prefeito.

Apesar de não confirmar uma candidatura para as eleições deste ano, Rotta deixa a possibilidade em aberto quando opta por seguir a legislação eleitoral e pede para se desincompatibilizar do cargo que mantinha na administração municipal, onde além de vice-prefeito, acumulava a função de secretário municipal de infraestrutura.

Segundo o ex-titular da Seminf, na dúvida sobre haver qualquer outra definição política quanto seu nome , ele preferiu deixar o cargo para não ficar inelegível por descumprir uma regra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Muita coisa pode acontecer até lá”, falou Rotta em relação ao período das convenções eleitorais.

Rosianne Couto, com colaboração de João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Dados desmentem Bolsonaro e apontam recorde de desmatamento na Amazônia

Nos últimos quatro anos, conforme levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe), o desmatamento na Amazônia saltou de 7.536 km² para 13.235 km² ao ano.

21 de maio de 2022

PT vai liderar candidaturas da Federação para estadual e federal no AM

Reunião nesta sexta-feira (20) entre os presidentes regionais do PT, PCdoB e PV estabeleceu o número de vagas que cada partido lançará pela Federação Brasil da Esperança.

21 de maio de 2022

Wilson destina mais de R$ 57 milhões para os municípios Caapiranga e Anamã

Os investimentos do Governo do Amazonas têm o objetivo de melhorar a infraestrutura, o escoamento da produção agrícola e a trafegabilidade nos dois municípios.

20 de maio de 2022

Moraes bloqueia bens de Daniel Silveira para garantir pagamento de multas

Medida do ministro Moraes visa garantir que Daniel Silveira pague as multas acumuladas em mais de R$ 600 mil pelo descumprimento do uso de tornozeleira eletrônica.

20 de maio de 2022

Wilson anuncia R$ 1,3 milhão para equipamentos no Hospital de Caapiranga

O hospital recebeu reforma geral, passando por ampliações e adaptações, sendo necessário para o completo atendimento aos usuários, e reforço na estrutura.

20 de maio de 2022

Aliados de Bolsonaro indicam nova visita do presidente ao AM no dia 28 de maio

O anúncio da vinda do presidente foi feito por seus aliados no Amazonas. No entanto, a agenda presidencial ainda não foi divulgada oficialmente pelo Planalto.

20 de maio de 2022

Lula estabiliza em 44% contra 32% de Bolsonaro em nova pesquisa Ipespe

Pesquisa foi realizada por telefone, entre os dias 16 e 18 de maio, com 1 mil entrevistados com idade a partir de 16 anos, em todas as regiões do país.

20 de maio de 2022

Prefeitos do AM criam novo fórum e esvaziam Associação de Municípios

Desde a eleição de Jair Souto para o comando da AAM, os demais prefeitos reclamam da falta interlocução dele com o Governo do Estado para sanar demandas do interior.

20 de maio de 2022