fbpx

quinta, 30 de junho de 2022

‘Não desisti, mas está muito difícil’, diz Plínio sobre candidatura ao Governo

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que nos próximos dias deve tomar a decisão final se premanece como pré-candidato ao Governo do Amazonas até as convenções partidárias.

26 de maio de 2022

Compartilhe

Plínio vem lutando para ser candidato ao governador pelo PSDB (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)

O imbróglio envolvendo a disputa por quem vai ser o candidato do PSDB ao governo do Amazonas parece estar com os dias contados. É que a vontade do senador Plínio Valério em lutar pela vaga parece ter desidratado após constantes indicativos de que a federação Cidadania-PSDB deve priorizar o nome de Amazonino Mendes (Cidadania). Nesta quinta-feira (26), o senador disse ao RealTime1 que ainda há uma esperança: ”não desisti, mas está muito difícil. Muita força contrária”.

Questionado sobre um possível prazo, o senador afirmou que a sua posição no pleito desse ano deve ser conhecida em breve. ”Tomarei minha decisão final por esses dias”, completou.

A saída do ex-governador de São Paulo, João Dória, da disputa pelo Palácio do Planalto, na última segunda-feira (23), e com o anúncio do apoio do Cidadania à pré-candidatura da senadora Simone Tebet (MDB-MS), na última terça-feira (24), a sigla de Plínio demonstrou que não está muito preocupada com candidaturas majoritárias próprias.

Questionado se o PSDB perde a força com essa decisão, o senador afirma que a condução do partido deixa a desejar. ”[O PSDB] perdeu o respeito que tinha. Essa Executiva é fraca, sem tamanho para comandar um partido tão grande como o PSDB”.

Plínio ou Amazonino?

No começo do mês, o RealTime1 questionou se a oficialização do nome de Amazonino como pré-candidato da federação entre PSDB e Cidadania representaria uma desistência de sua candidatura, o senador rebateu devolvendo a pergunta: ”quem desistiu?”.

Plínio afirmou que, apesar de tudo, ainda havia chances. ”Não há decisão definitiva. É o jogo”, completou, referindo-se à rixa interna que tem mantido no PSDB-AM, com o presidente estadual da sigla, Arthur Neto, pelo nome a ser lançado ao Governo.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Amazonino tenta se promover às custas de policiais que prometem greve

Amazonino divulga que policiais ameaçam entrar em greve este ano e diz que sempre esteve ao lado da classe, mas esquece que quando governador teve que contornar paralisação.

30 de junho de 2022

‘Não foi a melhor decisão’, admite Mourão sobre redução do IPI

Mostrando-se contrário à decisão do Palácio do Planalto, que reduziu o IPI de produtos da ZFM, o vice-presidente acredita que o tributo será recuperado para o Amazonas.

30 de junho de 2022

Projeto de Lei isenta templos religiosos de pagar IPTU em Manaus

Apresentado pelo vereador Rosinaldo Bual, o Projeto de Lei tira do papel direito à isenção previsto na Constituição, mas impacta arrecadação da Prefeitura de Manaus.

30 de junho de 2022

TSE define teto de gastos de campanha presidencial em R$ 88,3 milhões

A decisão unânime da corte foi no sentido de determinar que seja usado o mesmo teto de gastos de 2018, mas corrigido pela inflação. Ou seja, pelo IPCA.

30 de junho de 2022

Comissão realiza oitivas sobre falta de segurança em terra indígena

Comissão vai pedir providências sobre os assassinatos de Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, além de apurar a omissão do poder público na segurança dos indígenas.

30 de junho de 2022

Wilson entrega mais de R$ 10 milhões em materiais para Operação Enchente

A entrega de 19 lanchas rápidas e 300 purificadores, que juntos somam o investimento de R$ 10,8 milhões dão continuidade nas ações de enfrentamento da enchente 2022.

30 de junho de 2022

‘Wilson Lima tem habilidade e é um dos favoritos da eleição’ , diz Hissa

Pré-candidato pelo Avante, Hissa Abraão afirmar que vai lutar pela Reforma Tributária e pela revisão dos impostos para que a classe média pague menos que os mais ricos.

30 de junho de 2022

‘Mesmo sob ditadura camuflada, golpe não virá’, avalia um dos criadores do PT

Foragido político por 15 anos, Carlos Augusto, para muitos Raimundo Cardoso viveu escondido em Manaus; integrou o PCdoB na década de 70 e está no PT há 43 anos.

30 de junho de 2022