fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

‘Na briga interna do PSDB, torço pela briga’, ironiza Marcelo Amil

O advogado disputa pela terceira vez um cargo majoritário no Estado. Ele, que em 2018 estava no PMN, passou pelo PCdoB em 2020 até chegar no PSOL, onde brigará pelo Governo.

7 de abril de 2022

Compartilhe

Marcelo Amil também 'discutiu' com o presidente do PSDB pelo Twitter (Foto: Divulgação)

Pré-candidato ao Governo do Amazonas pelo PSOL, o advogado Marcelo Amil falou, hoje (7), ao RealTime1, acerca das formações de chapas da legenda – que vai federar com o Rede para o pleito deste ano – e comentou sobre os últimos acontecimentos da política local.

Colocando-se como “confirmadíssimo” na disputa pela cadeira que hoje é ocupada por Wilson Lima (União Brasil), Amil disse que os filiados do PSOL já previam a federação com o Rede no intuito de somar forças para a disputa de outubro. Segundo ele, as legendas têm um diálogo “bem positivo”.

Marcelo Amil confirmou que o partido virá com chapa “quase completa” para as eleições. Ao RealTime1, ele contou que já há um nome para o Senado – incluindo as suplências -, além de seis indicações para a chapa federal e oito, para a estadual.

“Nossa tendência está apresentando o sociólogo Luiz Carlos Marques como candidato ao Senado, o matemático Andelison Brandão, como primeiro suplente, e a militante dos soropositivos Val do PSOL”, contou.

‘PSDB planta o que colheu’

Amil, que nas duas últimas eleições também concorreu aos cargos majoritários por partidos diferentes (em 2018 estava no PMN e, em 2020, no PCdoB), comentou sobre alguns temas do atual cenário político local, como a briga interna do PSDB.

Há meses, os tucanos Arthur Neto e Plínio Valério estão num entrave por conta da indicação do nome para a disputa ao Governo. Sem consenso, Plínio auto conclamou-se pré-candidato e, Arthur, garante que o PSDB irá trabalhar para eleger Amazonino Mendes (Cidadania).

Para Amil, o que acontece no PSDB-AM é um reflexo do que está acontecendo nacionalmente na sigla.

“Na briga interna do PSDB, eu torço pela briga”, ironizou Amil, destacando que a sigla tucana colhe o que plantou em 2016 quando, segundo ele, o partido “assumiu uma sabotagem no país ao participar do golpe contra a presidente Dilma [Rousseff]”.

“Disseram ali que o PT estava acabado, mas quem está se acabado é o PSDB”, completou.

Amil também comentou o fato de Amazonino seguir com a intenção de comandar o Estado pela quinta vez.

O pré-candidato do PSOL frisou que o ex-governador é um agente político relevante e que sua candidatura é legítima. No entanto, Marcelo Amil também alfinetou Amazonino.

“Eu não acho que ele deva se aposentar. Quem deve aposentá-lo é o povo amazonense”, disse.

Texto: Rosianne Couto

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson destina mais de R$ 57 milhões para os municípios Caapiranga e Anamã

Os investimentos do Governo do Amazonas têm o objetivo de melhorar a infraestrutura, o escoamento da produção agrícola e a trafegabilidade nos dois municípios.

20 de maio de 2022

Moraes bloqueia bens de Daniel Silveira para garantir pagamento de multas

Medida do ministro Moraes visa garantir que Daniel Silveira pague as multas acumuladas em mais de R$ 600 mil pelo descumprimento do uso de tornozeleira eletrônica.

20 de maio de 2022

Wilson anuncia R$ 1,3 milhão para equipamentos no Hospital de Caapiranga

O hospital recebeu reforma geral, passando por ampliações e adaptações, sendo necessário para o completo atendimento aos usuários, e reforço na estrutura.

20 de maio de 2022

Aliados de Bolsonaro indicam nova visita do presidente ao AM no dia 28 de maio

O anúncio da vinda do presidente foi feito por seus aliados no Amazonas. No entanto, a agenda presidencial ainda não foi divulgada oficialmente pelo Planalto.

20 de maio de 2022

Lula estabiliza em 44% contra 32% de Bolsonaro em nova pesquisa Ipespe

Pesquisa foi realizada por telefone, entre os dias 16 e 18 de maio, com 1 mil entrevistados com idade a partir de 16 anos, em todas as regiões do país.

20 de maio de 2022

Prefeitos do AM criam novo fórum e esvaziam Associação de Municípios

Desde a eleição de Jair Souto para o comando da AAM, os demais prefeitos reclamam da falta interlocução dele com o Governo do Estado para sanar demandas do interior.

20 de maio de 2022

Escolha de ouvidor-geral nas Defensorias deve ser em lista tríplice

Segundo relator Gilmar Mendes, as atribuições conferidas aos membros da Ouvidoria-Geral das Defensorias Públicas estão entre as previstas na Constituição Federal

20 de maio de 2022

‘Wilson levou asfalto onde jamais imaginavam’, diz pré-candidato do Republicanos

Pastor da Igreja Universal diz que não é bolsonarista e tem opinião própria sobre a corrida presidencial, mas se for eleito buscará parceria mesmo com Lula na presidência.

20 de maio de 2022