fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

‘Muito acima do necessário’, diz Zé Ricardo sobre Fundão de R$ 4,9 bi

Zé Ricardo disse que é a favor do financiamento público de campanha, mas defendeu que a quantia fosse calculada com base na eleição anterior, resultando em um valor menor.

25 de janeiro de 2022

Compartilhe

Zé Ricardo foi o único deputado do Amazonas a votar contra o fundão de R$ 4.9 bilhões (Foto: Reprodução)

Apesar dos vetos do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Orçamento de 2022 que chegam a R$ 3,1 bilhões para diversas áreas como pesquisa e desenvolvimento e com ações para povos indígenas e quilombolas. Algumas verbas ficaram intocadas pelo Executivo, como é o caso do ”Fundão eleitoral” de R$ 4,9 bilhões.

O RealTime1 procurou os deputados federais que atual pelo Amazonas para repercutir o tema. Até o fechamento desta reportagem, apenas o deputado Zé Ricardo (PT) havia respondido.

Sobre o fundo eleitoral, que é a verba repassada aos partidos para financiar campanhas eleitorais, Zé Ricardo afirmou que foi o único deputado do Amazonas e o único do PT a votar contra esse valor. Ele entende que a quantia está além do necessário, mas afirmou que não é contra esse tipo de repasse.

”Eu defendo financiamento público de campanha […], mas eu acho que tem que ter transparência em relação aos gastos, para as empresas não financiarem os candidatos e depois comandarem os mandatos. Tem que ser dinheiro público, mas o valor da eleição anterior com um pequeno reajuste seria suficiente na minha avaliação, por isso que eu votei contra”, ressaltou o parlamentar.

Paralelamente, com um fundão eleitoral ‘turbinado’, o Governo Federal deixou de repassar verbas para áreas mais importantes ao vetar recursos que haviam sido aprovados para as áreas de pesquisas científicas e para políticas públicas voltadas para indígenas e quilombolas. Questionado sobre isso o petista afirmou que o orçamento não contempla o que o país precisa.

”O orçamento que foi aprovado para esse ano é extremamente reduzido em relação a investimentos que o Brasil precisa realizar na infraestrutura para gerar emprego, não é um orçamento que vai tirar o país da pobreza. Aliás, ano a ano o governo Bolsonaro vem reduzindo investimentos na área da assistência”, criticou o deputado.

Zé Ricardo criticou também a falta de investimentos na área da saúde, criticou o Auxílio Brasil por não atender milhões de pessoas que recebiam antes o Auxílio emergencial e falou ainda sobre a precariedade dos investimentos na educação que atingem o estado.

”Todas as instituições de pesquisa do Amazonas sofrem com esses cortes, o orçamento para esse ano não tem previsão de melhorias, pelo contrário, reduziu mais ainda, portanto não posso apoiar um orçamento que não investe em Ciência e Tecnologia”, disparou.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais

Leia mais sobre Política

Wilson destina mais de R$ 57 milhões para os municípios Caapiranga e Anamã

Os investimentos do Governo do Amazonas têm o objetivo de melhorar a infraestrutura, o escoamento da produção agrícola e a trafegabilidade nos dois municípios.

20 de maio de 2022

Moraes bloqueia bens de Daniel Silveira para garantir pagamento de multas

Medida do ministro Moraes visa garantir que Daniel Silveira pague as multas acumuladas em mais de R$ 600 mil pelo descumprimento do uso de tornozeleira eletrônica.

20 de maio de 2022

Wilson anuncia R$ 1,3 milhão para equipamentos no Hospital de Caapiranga

O hospital recebeu reforma geral, passando por ampliações e adaptações, sendo necessário para o completo atendimento aos usuários, e reforço na estrutura.

20 de maio de 2022

Aliados de Bolsonaro indicam nova visita do presidente ao AM no dia 28 de maio

O anúncio da vinda do presidente foi feito por seus aliados no Amazonas. No entanto, a agenda presidencial ainda não foi divulgada oficialmente pelo Planalto.

20 de maio de 2022

Lula estabiliza em 44% contra 32% de Bolsonaro em nova pesquisa Ipespe

Pesquisa foi realizada por telefone, entre os dias 16 e 18 de maio, com 1 mil entrevistados com idade a partir de 16 anos, em todas as regiões do país.

20 de maio de 2022

Prefeitos do AM criam novo fórum e esvaziam Associação de Municípios

Desde a eleição de Jair Souto para o comando da AAM, os demais prefeitos reclamam da falta interlocução dele com o Governo do Estado para sanar demandas do interior.

20 de maio de 2022

Escolha de ouvidor-geral nas Defensorias deve ser em lista tríplice

Segundo relator Gilmar Mendes, as atribuições conferidas aos membros da Ouvidoria-Geral das Defensorias Públicas estão entre as previstas na Constituição Federal

20 de maio de 2022

‘Wilson levou asfalto onde jamais imaginavam’, diz pré-candidato do Republicanos

Pastor da Igreja Universal diz que não é bolsonarista e tem opinião própria sobre a corrida presidencial, mas se for eleito buscará parceria mesmo com Lula na presidência.

20 de maio de 2022