fbpx

domingo, 16 de janeiro de 2022

Moro entra de novo na mira de Ciro Gomes que o cobra sobre debate

Moro é chamado de "figura exótica" em vídeo de Ciro Gomes postado em sua conta no Twitter onde acusa o o ex-juíz e ex-ministro de Bolsonaro de fugir do debate.

13 de janeiro de 2022

Compartilhe

Segundo Ciro Gomes, há três meses Sério Moro não responde se aceita fazer um debate com o pedetista (Foto: Divulgação)

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) voltou a criticar o também pré-candidato, ex-ministro de Bolsonaro e ex-juiz Sérgio Moro (Podemos). Ciro chamou Moro de “figura exótica” em um vídeo, nesta quarta-feira, 12, no Twitter, onde cobra resposta de Moro ao seu convite para um debate, meses atrás.

“Ontem, essa figura exótica, para ficar aqui numa palavra mais delicada, Sérgio Moro, esteve numa entrevista com meu amigo Mário Kertész na Rádio Metrópoles, Salvador. E você precisava ver a valentia do homem, parecia ele enfrentando os corruptos do PT, que era moleza. Dizia assim: eu aceito debater com quem quer que seja, porque eu sou o mais preparado”.

Há três meses, Ciro mandou uma carta ao candidato do Podemos o convidando para debater com ele, e que o ex-ministro respondeu que “tá lá no ponto, para o Mário Kertész chamar o debate agora”. Ciro disse ainda que topa fazer o debate na Globo, e até na sede da CIA se Moro quiser.

O pedetista afirmou que ainda não recebeu nenhuma resposta do ex-ministro. “Mas um tema que gostaria de debater com ele é a sua intenção absurda de privatizar a Petrobras, crime que nem a dupla Guedes-Bolsonaro cometeu”, criticou.

Ciro questiona ainda se o ex-juíz propõe a privatização da estatal “por pura ignorância ou se faz parte da estratégia entreguista, de destruição do patrimônio nacional”, que, segundo o pedetista, o ex-ministro começou com a Operação Lava Jato.

Com informações do Estadão Conteúdo

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Sindicato diz que MP-AM coloca servidores em risco de infecção por covid-19

Entidade que representa servidores do MP pede para que o órgão reconsidere a decisão de revezamento do trabalho. Servidores do grupo de risco foram colocados no revezamento.

16 de janeiro de 2022

Militares ensaiam retorno a posição mais discreta depois de fiasco no governo Bolsonaro

Desde o início a posse do presidente Bolsonaro, militares das três forças embarcaram no governo do ex-capitão expulso do Exército baseados na alta avaliação da população.

16 de janeiro de 2022

Ministros do STF atuam na disputa por indicação de vagas do STJ

Gilmar, Fux, Toffoli e Nunes Marques apoiam postulantes às duas cadeiras que serão preenchidas no Superior Tribunal. O STJ está há um ano com menos dois ministros.

16 de janeiro de 2022

Bolsonaro fala com donos de pousada interditada por não se vacinarem

Proprietários de pousada em Fernando de Noronha (PE) haviam se recusado a tomar vacina. Bolsonaro criticou decisão do governador pernambucano Paulo Câmara (PSB).

16 de janeiro de 2022

Bolsonarista Luciano Hang recupera conta no Twitter após 3 dias suspenso

Hang foi suspenso do Twitter nesta quarta-feira (12) por compartilhar fake news. A assessoria do empresário argumentou que a decisão viola a liberdade de expressão dele.

16 de janeiro de 2022

Capitã Cloroquina é condenada a pagar R$ 10 mil em ação contra Aziz

Capitã Cloroquina alegou no processo “demonstração de misoginia” em críticas feitas pelo senador Omar Aziz em entrevistas à imprensa. O senador alegou imunidade parlamentar.

16 de janeiro de 2022

TV RealTime1 promove série de entrevistas para explicar regras eleitorais

A minireforma eleitoral, aprovada em 2021, trouxe dúvidas para candidatos e eleitores e, por isso, a TV RealTime1 fará três programas especiais sobre o tema nesta semana.

16 de janeiro de 2022

Érico Desterro diz que Tribunal de Contas tem autonomia para analisar gastos da ALE-AM

Érico Desterro preside pela segunda vez o Tribunal de Contas do Amazonas. Na avaliação dele, o Tribunal de Contas é totalmente independente apesar de orçamento compartilhado.

15 de janeiro de 2022