fbpx

sexta, 22 de outubro de 2021

Menezes, Pazuello e Mourão: candidatos de Bolsonaro ao Senado

Os três nomes do círculo militar mais próximo ao presidente devem concorrer ao Senado em 2022. Menezes e Pazuello correm o risco de ser concorrentes, segundo jornal.

6 de outubro de 2021

Compartilhe

Da esquerda para a direita, Menezes, Pazuello e Mourão (Fotos: Reprodução)

O ex-superintendente da Suframa, Coronel Menezes (Patriota), e o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuelo, podem ser as grandes apostas de Bolsonaro para o Senado nas Eleições de 2022. Os nomes dos dois militares surgem ao lado do vice-presidente Hamilton Mourão. A análise é do jornal “Folha de S. Paulo” e foi divulgada esta semana.

Entre eles, Pazuello seria o que tem mais opções de domicílio pelos quais concorrer. Se sair candidato ao Senado ou à Câmara dos Deputados, ele teria chances de concorrer pelo Rio de Janeiro, onde nasceu; Amazonas, onde mora parte da família; e Roraima, onde foi secretário.

Enquanto Mourão poderia concorrer ao senado pelo Rio Grande do Sul ou Rio de Janeiro.

O nome mais certo na disputa pelo Senado, até o momento, seria o de Menezes, segundo o jornal paulista. Ele é pré-candidato declarado a uma vaga pelo Senado Federal no Amazonas e mira a cadeira que hoje é ocupada por Omar Aziz (PSD), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

Ainda conforme análise da “Folha de S. Paulo”, ao menos seis ministros também miram o Senado na eleição do próximo ano: Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Fábio Faria (Comunicações), Tereza Cristina (Agricultura), Flávia Arruda (Governo) e Gilson Machado (Turismo).

Da Redação, com informações da Folha de São Paulo.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Governo pede correção na autorização de empréstimo de R$ 452 milhões

Governo alegou que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) solicitou garantias mais sólidas para a celebração do contrato entre as partes.

22 de outubro de 2021

Contratos realizados pela ManausCult são questionados por vereador

A dispensa de licitação envolve três empresas. Órgãos de controle e fiscalização foram acionados para investigar contratos da gestão de Alonso Oliveira na ManausCult.

22 de outubro de 2021

Marcelo Ramos é eleito o melhor deputado federal de 2021

Pelo terceiro ano consecutivo, o deputado federal pelo Amazonas e vice-presidente da Câmara dos Deputados esteve entre os premiados da seletiva do Prêmio Congresso em Foco.

22 de outubro de 2021

Após manobra para Auxílio de R$ 400, secretários de Guedes pedem demissão

A decisão ocorre no mesmo dia em que o governo definiu um acordo para rever a regra do teto de gastos em busca de garantir o Auxílio Brasil de R$ 400.

21 de outubro de 2021

Presidente do Senado quer mediar reunião entre estados e Petrobras

Os governadores reclamam que a matéria, que agora precisa passar pela análise do Senado, implica na perda de R$ 24,1 bilhões em arrecadação apenas para os estados.

21 de outubro de 2021

Militares perdem ação no TJAM e vão ter de pagar mais pela previdência

ADIN apresentada pela Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia e Bombeiros questionava lei que estabelece novas alíquotas de contribuição deles para a previdência.

21 de outubro de 2021

Confira: relatório da CPI não ficou só nas sugestões de indiciamentos

Além do indiciamento de 66 pessoas e duas empresas, relatório de Renan Calheiros propõe 15 projetos de lei, um projeto de lei complementar e uma PEC.

21 de outubro de 2021

Senado avalia projeto que destina 10% das vagas no Sine às mulheres violentadas

Pesquisa encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelou que, em 2020, uma em cada 4 mulheres acima de 16 anos afirmou ter sofrido algum tipo de violência.

21 de outubro de 2021