fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Menezes, Pazuello e Mourão: candidatos de Bolsonaro ao Senado

Os três nomes do círculo militar mais próximo ao presidente devem concorrer ao Senado em 2022. Menezes e Pazuello correm o risco de ser concorrentes, segundo jornal.

6 de outubro de 2021

Compartilhe

Da esquerda para a direita, Menezes, Pazuello e Mourão (Fotos: Reprodução)

O ex-superintendente da Suframa, Coronel Menezes (Patriota), e o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuelo, podem ser as grandes apostas de Bolsonaro para o Senado nas Eleições de 2022. Os nomes dos dois militares surgem ao lado do vice-presidente Hamilton Mourão. A análise é do jornal “Folha de S. Paulo” e foi divulgada esta semana.

Entre eles, Pazuello seria o que tem mais opções de domicílio pelos quais concorrer. Se sair candidato ao Senado ou à Câmara dos Deputados, ele teria chances de concorrer pelo Rio de Janeiro, onde nasceu; Amazonas, onde mora parte da família; e Roraima, onde foi secretário.

Enquanto Mourão poderia concorrer ao senado pelo Rio Grande do Sul ou Rio de Janeiro.

O nome mais certo na disputa pelo Senado, até o momento, seria o de Menezes, segundo o jornal paulista. Ele é pré-candidato declarado a uma vaga pelo Senado Federal no Amazonas e mira a cadeira que hoje é ocupada por Omar Aziz (PSD), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

Ainda conforme análise da “Folha de S. Paulo”, ao menos seis ministros também miram o Senado na eleição do próximo ano: Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Fábio Faria (Comunicações), Tereza Cristina (Agricultura), Flávia Arruda (Governo) e Gilson Machado (Turismo).

Da Redação, com informações da Folha de São Paulo.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Disputa para o Governo do AM tem recorde de mulheres para posto de vice

Anne Moura, Ana Milena, Cristiane Balieiro, Rita Nobre e Vera Castelo Branco disputam a vaga. A lista de candidatos inclui Michiles, Tadeu de Souza e o Engenheiro Machadão.

8 de agosto de 2022

Wilson e Braga terão 60% do tempo de propaganda na TV e no rádio

O tempo que cada candidato terá na propaganda eleitoral está relacionado ao tamanho da bancada eleita em 2018 para a Câmara dos Deputados e abrangência das alianças formadas.

8 de agosto de 2022

Wilson garante ter dado condições para novas matrizes econômicas no AM

O governador disse que os investimentos em gás natural e potássio têm avançado e que tem criado condições para desenvolver os novos mercados para reduzir dependência da ZFM.

8 de agosto de 2022

Confira os candidatos às eleições 2022 pelo MDB no Amazonas

O MDB aposta na candidatura de Eduardo Braga e Anne Moura ao Governo do Amazonas, além de apoiar a reeleição de Omar Aziz. 25 nomes concorrem à Aleam e nove à Câmara Federal.

8 de agosto de 2022

Das seis candidaturas ao Senado no Amazonas, apenas uma é feminina

Apesar de os partidos terem confirmados os nomes dos candidatos ao Senado em convenções partidárias, nenhuma candidatura foi registrada ainda oficialmente no TSE.

8 de agosto de 2022

PMB é o primeiro partido do AM a registrar candidaturas no TSE

Entre os 25 candidatos, cinco são ex-vereadores. A lista inclui ex-secretário, professores, empresários, militares, líderes religiosos, contador e digital influencer.

8 de agosto de 2022

Lula declara ao TSE patrimônio de R$ 7,4 milhões menor do que em 2018

O valor é inferior ao declarado por Lula em 2018, quando afirmou ter R$ 8 milhões –na época, ele teve a candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa.

8 de agosto de 2022

Justiça de São Gabriel da Cachoeira determina suspensão de shows

Shows de Barões da Pisadinha, Naiara Azevedo, Amado Batista e Anderson Freire em São Gabriel da Cachoeira está suspensão por liminar da Justiça do município.

8 de agosto de 2022