fbpx

segunda, 23 de maio de 2022

Marcelo Ramos quer amenizar perdas da ZFM com PL para polo de informática

Marcelo Ramos busca restituir a competitividade do polo de informática e telecomunicações, prejudicado com o decreto presidencial que reduziu o IPI em 35%.

6 de maio de 2022

Compartilhe

Marcelo Ramos é vice-presidente da Câmara dos Deputados. (Foto: Divulgação)

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PSD-AM), protocolou nesta quinta-feira (5) o Projeto de Lei 1139/22, que busca compensar ataques ao polo de informática da Zona Franca de Manaus (ZFM). Com a proposta, o deputado quer restituir a competitividade do polo de informática e telecomunicações, prejudicado com o decreto presidencial que reduziu o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em 35%.

O PL estabelece novas regras a política industrial do setor de tecnologia da informação, comunicação da Zona Franca de Manaus.

“Estamos propondo criar um crédito financeiro complementar, nos moldes da Lei 13.969 de 26 de dezembro 2019, e reduzir o Imposto sobre Importação incidente sobre a aquisição de insumos de origem estrangeira empregados nos produtos industrializados na ZFM. São medidas compensatórias que tem como objetivo proteger 10 mil empregos, gerados pelos 200 empreendimentos do setor instalados na ZFM”, explicou Marcelo Ramos.

Segundo o parlamentar, com o decreto do IPI, produzir bens de informática em Manaus ficou 44% mais caro que em São Paulo. Para ele, isso, claramente, afronta a Constituição Federal.

O deputado afirmou que, embora possam parecer positivas, as mudanças abruptas diminuem os diferenciais da ZFM em relação a outros estados, desindustrializam o Brasil ao tornar os bens finais importados mais baratos do que os produzidos internamente, e transferem os empregos a outros países.

Recomposição de perdas

A intenção do PL é minimizar os impactos do decreto publicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). “A ideia é recompor, ao menos em parte, os diferenciais da região em relação ao restante do País, e favorecer a permanência das empresas instaladas no Amazonas. Trata-se de evitar a fuga de milhares de empregos diretos e indiretos e de uma tragédia social e ambiental devastadora”, afirma o vice da Câmara.

Marcelo Ramos enfatizou que não é contra a redução de impostos, mas de afastar qualquer medida que coloque em xeque o modelo ZFM, os empregos e a economia do Amazonas.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Saiba quem são os famosos que já anunciaram em quem votam para presidente

Na lista estão a cantora Pabllo Vittar, que segurou uma bandeira de Lula no Lollapalooza, e a modelo Andressa Urach, que quis registrar o filho com o nome de Bolsonaro.

22 de maio de 2022

Escorregões de Lula em linguagem inclusiva viram alvo de aliados e rivais

Em defesa do ex-presidente Lula, auxiliares minimizam a gravidade das falhas e evitam expô-las em público para não criar mais ruídos na comunicação com o eleitor.

22 de maio de 2022

Justiça Eleitoral reformula cinco aplicativos para as eleições no Brasil

Além do aplicativo e-Título, em que é possível obter a via digital do Título de Eleitor, o app Boletim na Mão dá cópia digital do boletim de urna e o Pardal recebe denúncias.

22 de maio de 2022

Presidente descarta taxar compra por meio de aplicativos estrangeiros

Para Bolsonaro, irregularidades devem ser combatidas com fiscalização e o aumento dos impostos não é uma saída para o Governo com as empresas que ofertam compras online.

22 de maio de 2022

Temor com lei eleitoral trava medidas econômicas do governo federal

A lei eleitoral proíbe, no ano da disputa, a "distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte do governo", o que impossibilita alguns planos de Bolsonaro.

22 de maio de 2022

João Pedro se lança ao Governo do AM, mas apoio da Federação ainda é incerto

O ex-senador João Pedro inscreveu pré-candidatura no Partido dos Trabalhadores e defende legado do ex-presidente Lula com o Estado do Amazonas.

22 de maio de 2022

Bolsonaro diz na Marcha para Jesus que ‘só Deus’ o tira do Palácio do Planalto

Em Curitiba, com um discurso com várias citações bíblicas, Jair Bolsonaro voltou a fazer críticas aos ministros do Supremo e a falar sobre "liberdade de expressão".

21 de maio de 2022

STF nega por unanimidade obrigar Lira a analisar impeachments

Decisão unânime do STF que desobriga Lira a cumprir prazos de análise de impeachment ocorreu nesta sexta-feira (20), mantendo 144 processos engavetados.

21 de maio de 2022