fbpx

terça, 25 de janeiro de 2022

Lira pauta votação do novo Código Eleitoral para esta quinta-feira

Os deputados e líderes partidários não conseguiram chegar a um consenso se votariam o projeto antes ou depois da apreciação de projetos de lei infraconstitucionais.

8 de setembro de 2021

Compartilhe

Arthur Lira (PP-AL) pauta votação do novo Código Eleitoral (Foto: Reprodução)

Depois de muitas divergências e precipitação por partes de alguns parlamentares, a votação do projeto de lei PLP 112/ 2021, que trata sobre o novo Código Eleitoral ficou para as 10h desta quinta-feira (8). ”Se os senhores não quiserem votar amanhã eu não pauto mais esse projeto”, essa foi a fala apressada do Presidente da Câmara dos Deputados, deputado Arthur Lira (PP-AL), aos colegas deputados.

Apesar de não terem analisado o PLP, eles votaram o regime de urgência para a apreciação de três projetos de lei vindos do Senado, são eles: o PL 4572/19, que regulamenta campanhas na internet e autoriza a propaganda partidária paga no rádio e na televisão, custeada com recursos do Fundo Partidário; o PL 1951/21, que estabelece uma porcentagem mínima das cadeiras nos legislativos (federal, estaduais e municipais) para candidatas de forma escalonada até a eleição de 2038, quando seriam garantidas 30% das vagas às mulheres; e o PL 783/2021, que define critérios para sobras eleitorais. Essas propostas deverão ser votadas nesta quinta-feira (8).

O novo Código Eleitoral

De acordo com a autora do projeto, deputada Soraya Santos (PL-RJ), além de unir em um só texto todas as regras, partidos, eleições, inelegibilidades, propaganda eleitoral, financiamento de partidos e de eleições, crimes eleitorais, entre outros – o texto, que tem 902 artigos, busca superar divergências em decisões tomadas pela Justiça Eleitoral. Para que as mudanças entrem em vigor nas eleições de 2022, o projeto precisa ser aprovado na Câmara e votado no Senado até o dia 2 de outubro.

A bancada amazonense se posiciona

Uma das mudanças trata da quarentena para membros do Ministério Público, juízes e policiais que desejarem disputar as eleições. O deputado Capitão Alberto Neto (Republicanos) apresentou uma emenda pedindo a retirada desse texto.

No parecer, o parlamentar, que é policial, alegou: ”Dispor sobre a inelegibilidade para qualquer cargo dos militares, ao menos que se afaste de suas atividades no prazo de até 5 (cinco) anos anteriores do ano em que se realizarem as eleições fere o princípio da isonomia que deve garantir que a lei será aplicada de forma igualitária entre todos os cidadãos”

O deputado Delegado Pablo (PSL) afirmou ao Real Time1 que, apesar de não ser afetado pela alteração, não concorda com o texto. Ele deixou claro que o mais importante é deixar que o povo escolha, com algumas exceções.

”Essas mudanças não têm lógica. Se o Luan Santana quiser se candidatar nas próximas eleições, ele pode, e ele é cantor. Eu sou contra a candidatura de pessoas nocivas à sociedade, como traficantes, por exemplo. De resto, acho que tem que julgar se a pessoas merece ou não o cargo público, é o povo por meio do voto”.

Texto: João Luiz Onety com informações da Câmara dos Deputados

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Reviravoltas e confirmações fortalecem chapa do Avante para Câmara

Partido do prefeito David Almeida, Avante tem praticamente fechada a lista dos candidatos que disputarão uma vaga na Câmara Federal na acirrada eleição de outubro deste ano.

25 de janeiro de 2022

Wilson Lima entrega itens para agricultores e promete novo terminal pesqueiro

O governador entregou mais de 16 mil sementes, kits para seringueiros e serrarias portáteis. Durante a entrega Wilson Lima prometeu construir o novo terminal pesqueiro.

25 de janeiro de 2022

Amazonino Mendes anuncia que testou positivo para o novo coronavírus

Ex-govenador e pré-candidato nas eleições deste ano, Amazonino Mendes informou que está com Covid-19 e já iniciou o período de isolamento social sob orientação médica.

25 de janeiro de 2022

Guru do governo Bolsonaro, Olavo de Carvalho morre nos Estados Unidos

Escritor e ex-astrólogo, Olavo de Carvalho foi classificado pelo presidente Jair Bolsonaro como "farol para milhões de brasileiros". A morte foi anunciada pela família.

25 de janeiro de 2022

Ciro Gomes volta a acenar a Marina Silva para vice-presidência

Pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro voltou a dizer que gostaria de Marina Silva (Rede) com ele em uma chapa, ao mesmo tempo em que atacou Lula e Bolsonaro.

25 de janeiro de 2022

‘Muito acima do necessário’, diz Zé Ricardo sobre Fundão de R$ 4,9 bi

Zé Ricardo disse que é a favor do financiamento público de campanha, mas defendeu que a quantia fosse calculada com base na eleição anterior, resultando em um valor menor.

25 de janeiro de 2022

Governo do AM vai lançar pacote de R$ 1,5 bilhão em investimentos

O governador Wilson Lima anunciou que 87% das promessas de campanha já foram cumpridas e a meta é que até dezembro deste ano 100% das promessas sejam cumpridas.

25 de janeiro de 2022

Governo investe R$ 3,8 milhões para levar água potável à população de Maraã

No município, a água é captada por meio de 17 poços submersos, sendo que 13 estão ativos e quatro inativos. O investimento de R$ 3,8 milhões será usado para tratar os poços.

25 de janeiro de 2022