fbpx

sexta, 12 de agosto de 2022

Keitton Pinheiro é eleito prefeito de Coari com 53% dos votos

Keitton é primo do prefeito cassado Adail Filho e sobrinho do ex-prefeito Adail Pinheiro, preso acusado de favorecimento à prostituição e exploração de criança e adolescente.

5 de dezembro de 2021

Compartilhe

Keitton Pinheiro foi eleito com X% dos votos válidos (Foto: Reprodução)

Com 100% das urnas apuradas, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a eleição do candidato Keitton Pinheiro (PP) como novo prefeito de Coari. De acordo com os dados totalizados, Keitton foi eleito com 53,24% dos votos válidos (17.765 votos), em eleição suplementar reaalizada neste domingo (5). Ele superou os opositores Robson Tiradentes Junior (PSC), que obteve 35,0% dos votos (11.680 votos); Zé Henrique (PL), com 11,31% (3.774 votos); e Mil Mitouso (PSB), que ficou com apenas 0,44% dos votos válidos (148 votos).

Os votos brancos somaram 0,67% (229 votos) e nulos foram 1,15% (391 votos).

Keitton é primo do prefeito cassado Adail Filho (PP) e sobrinho do também ex-prefeito Adail Pinheiro, preso acusado de envolvimento em crimes de favorecimento à prostituição e exploração de crianças e adolescente em novembro de 2014.

Após a confirmação do resultado, o candidato Robson Tiradentes Jr, que ficou em segundo lugar no pleito, divulgou nota na qual agradece os votos recebidos e aos apoiadores que participaram da campanha.

A eleição suplementar em Coari foi determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) em outubro deste ano, após cassação da chapa composta por Adail Filho como prefeito e o próprio Keitton como vice, eleita 2020.

A eleição de Adail Filho representava o terceiro mandato consecutivo do mesmo núcleo familiar no município, prática vedada pela legislação eleitoral.

O prefeito eleito ficará responsável pela gestão de um orçamento anual de R$ 200 milhões, o segundo maior entre os municípios do Amazonas, atrás apenas da capital Manaus.

Promessas de campanha

Em entrevista ao RealTime1 no início de novembro, durante campanha eleitoral, Keitton afirmou que, se fosse eleito, a realização de concursos públicos ocorrerá na medida em que a prefeitura necessitar de novos servidores.

Sobre governabilidade no município, Keitton – que presidiu por dois mandatos à Câmara de Vereadores – disse que teria uma relação excelente com os 15 vereadores. Segundo ele, apenas um não declarou apoio à sua candidatura.

Apesar de sinalizar normalidade na relação com o Legislativo, em 2019, Keiton presidiu sessão plenária que cassou, por unanimidade, quatro vereadores de oposição. Os vereadores relataram que a cassação aconteceu por causa da atuação oposicionista.

Keitton prometeu ampliar o uso de tecnologias na área da Educação e Saúde, além de ampliar a cobertura de saúde básica e especializada de Coari.

“Quero fazer de nossa educação um celeiro de mentes preparadas para essa nova revolução tecnológica no Amazonas. Pensamos Coari como o próximo Vale do Silício em inovação. Vamos ampliar nossa saúde básica, além da Vigilância em Saúde. Ampliar nossa atenção especializada e hospitalar, além da questão do monitoramento de (doentes) crônicos”, prometeu.

Texto: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Aliados de Bolsonaro atrelam à esquerda o manifesto pela democracia

Aliados de Bolsonaro sabem que o saldo do dia é negativo, por isso criaram nas redes sociais a hashtag #ADemocraciaÉdeTodos para se contraporem aos atos.

11 de agosto de 2022

Em vídeo, Wilson reitera compromisso de entregar rodovia AM-010

O governador do Amazonas diz que este ano serão entregues 100 quilômetros pavimentados da estrada e a meta é reduzir em uma hora o tempo da viagem Manaus-Itacoatiara.

11 de agosto de 2022

Bens de Ricardo Nicolau diminuem R$ 156 mil de uma eleição para outra

Em 2020, quando disputou a Prefeitura de Manaus, Ricardo Nicolau declarou R$ 296 mil em bens. Agora, na disputa pelo Governo, o total é de apenas R$ 141 mil.

11 de agosto de 2022

No AM, PCO aposta em candidatura única e feminina à Câmara Federal

O partido de esquerda aposta na candidatura de Tereza Cristiny Lima Cavalcante à deputada federal e apoia Lula na disputa pela presidência, mas rejeita Geraldo Alckmin.

11 de agosto de 2022

Deputados federais do AM registram bens que somam R$ 10,2 milhões

O patrimônio dos sete deputados que buscam a renovação do mandato cresceu R$ 3 milhões em quatro anos. Parlamentares bolsonaristas registram os maiores ganhos nesse período.

11 de agosto de 2022

Amazonenses realizam ato pela democracia na Praça da Saudade

Evento está programado para iniciar às 15h desta quinta-feira (11), com a presença de entidades estudantis, sindicatos e partidos políticos locais.

11 de agosto de 2022

Ato pró-democracia mira Bolsonaro com pedido de respeito às urnas

O documento reúne mais de 600 mil assinaturas de membros do setor produtivo e presidenciáveis. A carta reage às falas do presidente contra as urnas.

11 de agosto de 2022

Decisão do TSE tira Pros de Amazonino e o entrega para Henrique

O julgamento do TSE, que decidiu por 4 a 3 manter Eurípedes Júnior na presidência nacional do Pros, beneficiou candidatura majoritária de Henrique Oliveira no AM.

11 de agosto de 2022