fbpx

sexta, 28 de janeiro de 2022

José Melo quer lei para dar segurança aos investidores do Amazonas

De volta ao cenário político, o ex-governador do Estado disse ao RealTime1 que quer retomar a vida pública "degrau por degrau", colaborando com a criação de leis na Aleam.

21 de dezembro de 2021

Compartilhe

José Melo já se declarou pré-candidato a deputado estadual (Foto: Reprodução)

Desde que voltou a aparecer nos meios de comunicação locais no mês passado, o ex-governador do Amazonas, José Melo (PROS), vem tentando maior aproximação com a mídia. Ele comentou ao RealTime1 que quer começar pelo ‘primeiro degrau’, fazendo uma referência ao cargo de deputado estadual.

”Eu sou pré-candidato a deputado estadual porque é lá [na Assembleia Legislativa] que vão ser feitas as leis que vão dar a segurança que o investidor precisa para poder investir no Amazonas”, destacou Melo.

O ex-governador garante que é preciso um esforço coletivo para que a economia do Estado possa, de fato, evoluir e tornar-se independente da Zona Franca de Manaus.

”A minha volta ao cenário político é para me unir a esses homens, no sentindo de que as nossas riquezas regionais prevaleçam e que o Amazonas possa transformá-las em renda para o nosso povo. Se nós não nos unirmos, não venceremos o grande desafio que é ver o nosso estado rico e com potencial fantástico independente da Zona Franca”.

Fundador do PROS no Amazonas, é com esse objetivo que José Melo disse estar observando as movimentações políticas para que possa se unir àquelas pessoas que compartilhem da mesma visão sobre as diferentes fontes de recursos para alavancar a economia do Estado.

“Estou vendo os movimentos que estão sendo feitos na política e espero somar com alguém que veja a matriz econômica ambiental como futuro para o Estado. Aquele que enxergar, terá não só o meu apoio mas o meu voto”, garantiu Melo.

As declarações foram dadas ao RealTime1 nesta terça-feira (21), durante a cerimônia de posse do conselheiro Érico Desterro, que assumiu a presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM).

Veja, abaixo, o momento em que José Melo fala ao RealTime1:

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Amazonas investe R$ 61 milhões em pesquisas e quer popularizar Ciência

O anúncio do investimento foi feito pelo Wilson Lima na tarde desta quinta (27). Na ocasião, Márcia Perales destacou que o Governo tem honrado compromissos com a Ciência.

27 de janeiro de 2022

‘Livre da Covid e de volta ao trabalho’, anuncia David Almeida

O prefeito de Manaus havia anunciado que estava infectado pelo coronavírus no dia 22 de janeiro. Hoje, pelas redes sociais, disse estar curado, dando destaque à vacinação.

27 de janeiro de 2022

Wilson Lima investe R$ 453 milhões em asfaltamento de ramais no AM

Na manhã desta quinta-feira (27), governador do Amazonas reinaugurou o ramal da Cachoeira do Castanho; atual gestão já recuperou 100 quilômetros de ramais.

27 de janeiro de 2022

XP/Ipespe coloca Lula 20 pontos percentuais à frente de Bolsonaro

Lula registrou 44% das intenções de votos. Na terceira posição, aparecem empatados na pesquisa com 8% o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

27 de janeiro de 2022

Ida de Moro ao União Brasil facilita vida de filiados do Podemos no AM

Presidenciável estuda se filiar ao União Brasil e assim facilitar a vida dos filiados do Podemos no Amazonas, que poderão apoiar livremente Bolsonaro e ter mais recursos.

27 de janeiro de 2022

Câmara de Manaus vai desembolsar mais de meio milhão para limpar carpetes

Os trabalhos legislativos em 2022 ainda nem começaram, mas os contratos expressivos da CMM em 2021, assinados por David Reis, seguem aparecendo no Diário Oficial da Casa.

27 de janeiro de 2022

Pela segunda vez, vereadores tentam derrubar aumento de 83% do Cotão

Na última tentativa, a desembargadora Joana Meirelles negou pedido de liminar dos vereadores Rodrigo Guedes e Amom Mandel para suspender a votação que aprovou o aumento.

27 de janeiro de 2022

Arthur e Plínio evitam choque, mas corda entre os dois vai esticar

Questionados sobre para qual cargo vão concorrer em 2022, Arthur Neto e Plínio Valério não disseram aonde vão fincar seus esforços pois aguardam as definições partidárias.

27 de janeiro de 2022