fbpx

domingo, 01 de agosto de 2021

Eron suaviza saída de Flávio Dino do PCdoB e possível ida para PSB

Presidente do Partido Socialista no Estado afirmou que desfiliação de governador do Maranhão não afeta legenda; deputado do Partido Socialista, Serafim Corrêa, elogia Dino.

18 de junho de 2021

Compartilhe

Eron Bezerra declarou que Flávio Dino cresceu politicamente no PCdoB e lamentou saída de amigo do partido (Foto: Divulgação)

A desfiliação do governador do Maranhão, Flávio Dino, do PCdoB, nesta quinta-feira (17), e possível ida ao PSB, foi amenizada pelo presidente do Partido Socialista no Estado, Eron Bezerra. Por outro lado, o líder do Partido Socialista na Aleam, deputado Serafim Corrêa, analisou como um grande reforço para a legenda, caso a migração de Dino se confirme.

“Eu costumo dizer que o processo revolucionário é como um recreio (embarcação). Em cada porto desce um tanto e sobe outro tanto. O Flávio Dino é um quadro político importante, mas evidentemente o partido (PCdoB) não é composto de uma pessoa e, sim, de milhares. Portanto, eu lamento a saída dele, mas o partido segue em frente”, disse Bezerra.  

Ainda conforme o presidente do PCdoB-AM, nenhuma pessoa [entenda-se político] é “imprescindível”. “Vou dar um exemplo extremo, o João Amazonas morreu [em 2002], que era presidente nacional (de honra) do partido [PCdoB] e responsável pela reconstrução da legenda em 1962. Ele morreu e fez uma falta danada, mas o partido continuou em frente”, afirmou o líder comunista no Estado. 

E sobre as motivações anunciadas pelo governador do Maranhão nas redes sociais para sair do PCdoB, como “diferenças de estratégias e táticas políticas”, Eron Bezerra defendeu o lado que o convém como representante do partido. “Se tem um partido que não atrapalhou [as pretensões políticas] do Flávio Dino foi o PCdoB. Pelo partido, ele foi deputado federal, presidente da Embratur e governador do Maranhão. Claro, tem os méritos dele, mas o partido não foi um obstáculo”, argumentou.

Tapete vermelho

Sem informações de bastidores que confirmem a ida de Flávio Dino para o PSB, o deputado estadual Serafim Corrêa garante que o governador do Maranhão será bem-vindo ao partido. Ele também acredita que a troca de legenda não causará um racha nacional na relação de aliados entre o Partido Socialista e o PCdoB.

“O governador Flávio Dino é um grande quadro da política brasileira. Se a opção dele for o PSB, será recebido de braços abertos e com o tapete vermelho. Isso não significa dizer que nós vamos brigar com o PCdoB, que é um aliado tradicional do PSB e manteremos a mesma boa relação”, declarou Corrêa.

O deputado estadual lembrou que o possível novo integrante do PSB tem “raízes” no Amazonas. “O seu pai e avô eram de Itacoatiara. Ele [Flávio Dino] é da família Castro Costa, o que é uma alegria muito grande e maior para todos nós”, disse o líder do PSB na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Lula e Dino?

Em relação às especulações de que Flávio Dino irá para o PSB para ser vice de Lula (PT) na candidatura do petista à presidência da República, em 2022, Serafim Corrêa preferiu se abster de opinar. “Não tenho informações a esse respeito, portanto, não posso dizer nada sobre isso”, afirmou.

Diferente do deputado, o presidente do PCdoB no Amazonas analisou como um erro estratégico do PT, caso Flávio Dino migre, realmente, para o Partido Socialista para ser candidato a vice-presidente da chapa de Lula.

“O Flávio Dino é do Nordeste, onde o Lula já tem uma força considerável. Em um arranjo político de composição [de chapa], a tendência natural é procurar se fortalecer [com o eleitorado] onde você é fraco [nacionalmente]. O Lula é muito forte no Nordeste todo, então, não sei exatamente se essa é a melhor tática”, analisou Eron Bezerra.

Texto: Diogo Rocha

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Presidente diz que eleição sem voto impresso será ‘farsa’ inaceitável

Presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste sábado de 'motociata' em Presidente Prudente, criticou a urna eletrônica e ameaçou não aceitar o resultado da eleição.

31 de julho de 2021

Wilson celebra o ritmo da vacinação da população em 53 municípios

Governador Wilson Lima comemorou que o avanço da vacinação permitiu que 53 municípios já tenham vacinado ou estejam vacinando toda a população adulta alvo do PNI.

31 de julho de 2021

Vice do TRE-AM critica Bolsonaro e alerta para ‘clima de guerra’

Desembargador Jorge Lins falou ao RealTime1 sobre as acusações do presidente de eleições fraudadas e o clima de intranquilidade que elas trazem a paz social no País.

31 de julho de 2021

Pazuelo mentiu sobre o TrateCov na CPI, atesta análise do TCU

Conclusão dos técnicos do TCU desmente argumento apresentado pelo ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello à CPI da Covid de que a plataforma teria sido adulterada por hackers.

31 de julho de 2021

PF deve retomar investigação sobre interferência de Bolsonaro

Decisão é do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. Inquérito apura se o presidente tentou interferir na Polícia Federal, buscando proteger os filhos.

31 de julho de 2021

Bolsonaristas promovem manifestação em apoio ao voto impresso

Grupo Conservador Amazonas espera reunir, neste domingo, na avenida das Torres, apoiadores da proposta defendida pelo presidente em transmissão ao vivo nesta quinta-feira.

31 de julho de 2021

CPI vai analisar 28 requerimentos que envolvem amazonenses

Destaque na lista de requerimentos, está o pedido contra o deputado estadual Fausto Júnior (MDB), a mãe dele, a conselheira do Tribunal de Contas do Estado, Yara Lins.

31 de julho de 2021

MPAM recomenda exoneração de 35 servidores públicos em Itapiranga

A recomendação é dirigida à prefeita, ao presidente da Câmara Municipal e a agentes que detenham a atribuição de nomear e de exonerar ocupantes de cargos comissionados.

30 de julho de 2021