fbpx

sexta, 21 de janeiro de 2022

Erico Desterro: do movimento estudantil até a presidência do TCE-AM

Tribunal de Contas do Amazonas marcou para o próximo dia 21 a posse do conselheiro Érico Desterro na presidência da corte. Será a segunda vez dele no comando do TCE.

10 de dezembro de 2021

Compartilhe

Formado em Direito pela Ufam, Érico Desterro participou do movimento estudantil dos anos 80 com uma postura moderada e de oposição ao grupo do PCdoB. (Foto: Reprodução)

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) marcou para o dia 21 a posse do conselheiro Érico Desterro como novo presidente da corte em substituição ao conselheiro Mário de Melo, que deixa o posto após cumprir um biênio na presidência.

Érico Xavier Desterro e Silva é amazonense de Manaus, fará 58 anos em primeiro de janeiro e formou-se em Direito em 1985 na Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Na academia marcou sua trajetória no movimento estudantil que surgiu nos anos 80 com uma postura moderada e de oposição ao grupo liderado por ativistas do PCdoB, como os ex-deputados Vanessa Grazziotin, Eron Bezerra e João Pedro Gonçalves; o empresário Durango Duarte e o senador Omar Aziz (PSD), todos com passagens destacadas pelo movimento estudantil e também pela cena política amazonense.

Exerceu a advocacia e posteriormente ingressou como procurador no Ministério Público de Contas, função exercida entre 1999 e 2006, quando, por indicação do ex-governador Eduardo Braga (MDB) foi indicado para uma das vagas de conselheiro do TCE-AM.

Érico Desterro ainda é professor concursado de Direito Administrativo e Introdução ao Estudo do Direito na Faculdade de Direito da Ufam. No Tribunal de Contas é o atual Ouvidor-Geral, mas já exerceu as funções de vice-presidente e Coordenador da Escola de Contas Públicas, presidente da Primeira Câmara e presidente da Corte no biênio 2012-2013.

A eleição de Érico Desterro para um segundo mandato a frente do TCE-AM ocorreu porque o conselheiro Júlio Cabral, que pelo rodízio tradicional feito na corte seria eleito presidente declinou da missão alegando questões de saúde. O segundo na linha de sucessão era o conselheiro Júlio Pinheiro, que disputou a eleição, mas obteve apenas um voto e nessa nova gestão será presidente de uma das câmaras.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Sete governadores e 20 parlamentares anunciaram ter Covid-19 em 22

Doença se espalhou entre os políticos neste período de recesso parlamentar, mas não há informações sobre a variante que predominou no caso das infecções ou reinfecções.

21 de janeiro de 2022

Senador Omar Aziz revela que está com Covid, mas sem sintomas graves

O senador Omar Aziz, que presidiu a CPI da Covid do Senado, revelou, nas redes sociais, que tomava todas as precauções e seguia os protocolos, mas acabou contraindo a doença.

21 de janeiro de 2022

Mãe de Jair Bolsonaro morre aos 94 anos no interior de São Paulo

Olinda Bonturi Bolsonaro, morreu na madrugada desta sexta-feira (21), aos 94 anos, em Registro, no interior de São Paulo, onde estava internada desde a última segunda-feira.

21 de janeiro de 2022

PSOL aciona MPF contra aquisição da ‘DarkMatter’ pelo ‘gabinete do ódio’

Bancada do PSOL considera risco à democracia se 'gabinete do ódio' adquirir ferramenta de espionagem que pode ser usada para perseguir ativistas políticos e jornalistas.

21 de janeiro de 2022

Carol Braz e Luiz Castro ingressam no PDT durante convenção em Brasília

Defensora e ex-deputado vão liderar chapa majoritária do partido nas eleições. Filiação ocorrerá durante convenção que oficializará Ciro Gomes como candidato a Presidência.

21 de janeiro de 2022

Alas do MDB e do PSDB pressionam para união entre Doria e Simone

Doria tem dito que deseja ter uma mulher na sua chapa. Por meio de sua equipe de pré-campanha, ele afirmou que senadora estará ao seu lado na disputa pela presidência.

20 de janeiro de 2022

Presidente do TCE-AM determina retorno do regime híbrido de trabalho

Presidente Érico Desterro argumentou que o momento, onde os números de casos de Covid-19 voltaram a crescer no Amazonas, requer que se preserve a saúde dos servidores.

20 de janeiro de 2022

Mãe do presidente Bolsonaro continua internada em hospital no Sul de SP

Em agosto do ano passado, após uma visita à mãe, Jair Bolsonaro revelou que Olinda estava doente. “Ela não me reconhece mais”, disse, à época, a uma emissora de TV.

20 de janeiro de 2022