fbpx

sábado, 28 de maio de 2022

Entidade sai em defesa de promotor de Justiça atacado por Arthur Neto

Entidade dos ministérios públicos do Amazonas saiu em defesa do procurador-geral do MPAM, chamado de "moleque de recados" pelo ex-prefeito Arthur Neto.

27 de março de 2022

Compartilhe

As declarações polêmicas de Arthur Neto foram ditas no lançamento de sua pré-campanha ao Senado (Foto: Reprodução)

Nota divulgada pela Associação Amazonense do Ministério Público (AAMP), entidade representativa de classe que congrega Promotores e Procuradores de Justiça repudiou as declarações do ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) consideradas pelos associados ofensivas ao promotor e procurador-geral do Ministério Público do Amazonas (MPAM), Alberto Rodrigues Nascimento Júnior.

As declarações foram feitas por Arthur no evento de lançamento de sua pré-campanha ao Senado, no sábado (26). Ele discursava sobre sua trajetória política e passou a direcionar ataques aos adversários políticos, com acusações de que estariam aparelhando instituições sérias como o Ministério Público em benefício próprio. Nesse momento, Arthur disse que o procurador do MPAM era “moleque de recados”.

Segundo a nota, a AAMP diz que “vem a público apresentar o seu total apoio ao promotor de justiça e associado Dr. Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, ao tempo em que assevera que o Ministério Público é instituição permanente e fundamental ao desenvolvimento da Justiça e à proteção do interesse público e dos direitos humanos, especialmente a guarda do regime democrático. Assim, ataques ou campanhas difamatórias com ilações infundadas e rancorosas contra quem cumpre sua missão com zelo e reconhecimento social representam agressões severas ao Estado Democrático de Direito e ao regime republicano”.

A continua nota afirmando que “as falas desconectadas da verdade feitas pelo Sr. Arthur Virgílio Neto e os ataques ao atual chefe da instituição, em discursos distribuídos em rede social, apenas evidenciam a tentativa de obter algum ganho político a partir de estratagema. A verdade é que o Ministério Público só tem um senhor: o povo; e a ele serve com toda devoção e impessoalidade”.

Confira a nota da AAMP na íntegra:

Da Redação com Assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Edson Fachin diz que acatar resultado da eleições é inegociável

Em várias ocasiões, o presidente Jair Bolsonaro deu a entender que não aceitará outro resultado que não seja a sua vitória em outubro deste ano.

27 de maio de 2022

Terra Yanomami demarcada há 30 anos vê crescimento de garimpo

Bolsonaro é um defensor da mineração em terras indígenas, apesar da visível destruição e dos problemas que o garimpo ilegal leva para essas áreas socioambientais protegidas.

27 de maio de 2022

Radicalização explica revés de Bolsonaro no Datafolha, diz Lira

Pesquisa Datafolha divulgada nessa quinta-feira (26) mostra que Lula lidera a disputa presidencial com 48% das intenções de voto no primeiro turno, ante 27% de Bolsonaro.

27 de maio de 2022

Ex-militante defende que esquerda deve apostar na rebeldia de jovens

O advogado George Tasso avalia que hoje "falta formação política nas bases da educação e do trabalho para a esquerda avançar pelas ruas de Manaus e reconquistar espaço".

27 de maio de 2022

Como em 2018, vereadores querem fazer CMM de trampolim este ano

Nas eleições de 2018, oito vereadores da legislatura 2016-2020 foram eleitos deputados estaduais e um para o Senado. Políticos aproveitam a visibilidade do cargo.

27 de maio de 2022

Livre de acusação por crise de oxigênio, Pazuello visita obras em Manaus

Na manhã desta sexta-feira (27), Pazuello acompanhou o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) e o governador Wilson Lima (UB) que visitaram obras de asfaltamento.

27 de maio de 2022

Projeto que limita ICMS deve ter tramitação lenta, avaliam senadores

Senadores avaliam que a proposta que fixa o ICMS de combustívveis e energia em 17%, aprovada pela Câmara dos Deputados, deverá deixar um grande rombo nos cofres regionais.

27 de maio de 2022

Petrobras e Minas e Energia devem explicar alta dos combustíveis na Câmara

Sidney Leite propôs audiência para discutir as constantes subidas nos preços dos combustíveis e a inflação com o presidente da Petrobras e o ministro de Minas e Energia.

27 de maio de 2022