fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Durango Duarte explica fatores que derrubaram Bolsonaro no Amazonas

O presidente Jair Bolsonaro apareceu 12% atrás de Lula no quesito potencial de votos no Amazonas, Estado em que o resultado costuma espelhar o que acontece em todo o País

25 de março de 2021

Compartilhe

O pesquisador Durango Duarte identifica quatro fatores que jogaram para baixo a intenção de votos em Bolsonaro (Foto: Divulgação)

O pesquisador chefe da Perspectiva Mercado e Opinião, Durango Duarte, elencou, nesta quinta-feira (25), quatro fatores que jogaram contra o presidente Jair Bolsonaro na pesquisa de intenção de votos feita em Manaus e em mais sete municípios do interior, e na qual ele aparece 12% abaixo da intenção de votos no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele ainda alertou que intenção de votos em Manaus, nas últimas seis eleições presidenciais, espelharam o resultado final da eleição.

O primeiro fator é o desgaste natural de um governo que vem errando muito no combate à pandemia de Covid-19. “Ele venceu a eleição no Amazonas, mas com dois anos de governo é natural que aconteça um desgaste”, afirma Durango.

O segundo fator é a entrada em cena de um opositor com grande recall positivo no Amazonas, no caso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que mesmo ausente da eleição de 2018, conseguiu fazer com que o candidato petista Fernando Haddad perdesse apenas nos municípios de Apuí e em Manaus.

A suspeição e o desgaste sofrido pelo ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sérgio Moro também impulsionou a intenção de votos dos eleitores amazonenses no ex-presidente, considerado uma vítima do ex-juiz.

Por fim, um ponto enfatizado por Durango para a queda das intenções de voto do presidente é a atuação atrapalhada e as promessas feitas aos amazonenses e não cumpridas pelo ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. “Ele veio aqui e prometeu que Manaus, já em abril, estaria bem, com a maioria da população vacinada. Depois prometeu vacinar o grupo de mais de 50 anos (isso para o dia 15 de fevereiro), mas até hoje isso não aconteceu. Isso gerou um desgaste a mais no desgaste natural que um presidente tem no cargo”, analisou.

Durango também lembrou que nas últimas seis eleições presidenciais, desde o embate entre Fernando Henrique Cardoso e Lula, em 1998, o resultado obtidos pelos candidatos no Amazonas corresponderam ao resultado registrado nas urnas em todo o País. Ou seja, quem ganha eleição no Amazonas costuma ser o vencedor da eleição presidencial no País inteiro.

Leia mais:

Bancada vê erros de Bolsonaro refletidos na pesquisa da Perspectiva | RealTime1

Gestão de Bolsonaro é considerada ‘péssima’ por 54% dos brasileiros | RealTime1

‘Lula Livre’ muda comportamento negacionista de Bolsonaro | RealTime1

Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021