fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Dermilson relata pedido de cassação contra Joana Darc na Aleam

Deputada está de licença maternidade, mas quando retornar ao trabalho terá de encarar um processo espinhoso que pode culminar com a perda do mandato

9 de abril de 2021

Compartilhe

Joana Darc acusou o presidente da Casa, Roberto Cidade, de comprar votos na eleição antecipada ocorrida em 3 de dezembro

O presidente da comissão de Ética da Assembleia Legislativa, deputado Sinésio Campos (PT), indicou o oposicionista Dermilson Chagas (Podemos) para relatar o pedido de cassação apresentado contra a líder do governo na Casa, deputada Joana Darc (PL), por quebra de decoro parlamentar.

Em uma sessão tumultuada em 3 de dezembro do ano passado, quando o então presidente da Casa, Josué Neto, manobrou para adiantar a escolha do sucessor dele no comando da Assembleia, Joana Darc acusou deputados de terem recebido R$ 200 mil para votar a mudança do regimento e no nome indicado por Josué, no caso o atual presidente Roberto Cidade (PV), que seria o responsável pela compra de votos.

Pelo regimento da comissão de Ética e da própria ALE-AM, Dermilson Chagas tem cinco dias para elaborar um parecer sobre o caso que será apreciado pelo colegiado, que tem direito a apresentar emendas. Aprovado, Joana será notificada para apresentar defesa, que será juntada ao relatório e submetida ao plenário em votação aberta.

Atualmente Joana Darc cumpre licença maternidade e só poderá responder sobre o caso quando retornar ao trabalho.

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021