fbpx

sexta, 23 de julho de 2021

Deputados esquecem agenda antiambiental e fazem média com indígenas

Durante cessão de tempo para lideranças indígena, os deputados fizeram várias promessas aos povos indígenas, ações que não são uma realidade na Aleam.

30 de junho de 2021

Compartilhe

A enfermeira Vanda Witoto lembrou que meses atrás os deputados votaram a favor no corte de R$ 60 milhões para os indígenas (Foto: Hudson Fonseca/Aleam)

Para conquistar novos redutos eleitorais a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) deixou o discurso antiambiental das semanas anteriores para prover uma cessão de tempo a grupos indígenas, que pediram apoio aos parlamentares, nesta quarta-feira (30), para interlocução com o Congresso Nacional, a fim de barrar o Projeto de Lei 490/07 que pretende afrouxar regras do Estatuto do Índio.

O deputado Dermilson Chagar (Podemos) afirmou que existe uma entendimento distorcido sobre a questão dos povos indígenas e a aprovação do marco temporal que planeja reconhecer apenas os territórios demarcados até 1988 é uma afronta à Constituição e à História do País.

“Tem lugar que nem tem cartório funcionando. Tem lugar que não tem histórico, não tem memória. Aqui no Amazonas mesmo tem muitos lugares que não têm memória. Quantos indígenas viveram naquelas terras? É um erro muito grave”, declarou o deputado.

Muitas promessas

Wilker Barreto (Podemos) revelou que a PL 490 será uma das pautas que ele levará a Brasília durante a conversa com o líder do seu partido, o senador Álvaro Dias. Segundo ele, as bandeiras partidárias devem ser deixadas de lado para que os deputados possam se reunir na próxima semana e tecer um posicionamento público da Aleam acerca do assunto.

“O que está sendo debatido é uma política para o mundo. Como o mundo verá isso? Nós temos que dar uma resposta. É um país que ataca a sua história. Porque atacar as demarcações já consolidadas é faltar com respeito com a história do país”, disse Barreto.

Além da intermediação das conversas com a Câmara e o Senado, o parlamentar sugeriu ainda a criação de emendas à Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO), que tramita no poder legislativo, para que recursos sejam destinadas aos povos indígenas.

Discurso não é a prática da Aleam

Porém, a tentativa de conquistar um novo nicho eleitoral caiu por terra quando a líder indígena e enfermeira, Vanda Ortega Witoto subiu à tribuna e lembrou que os territórios indígenas do Amazonas estão sob constante ameaça de mineradores e hidrelétricas e o assunto nunca foi debatido na Aleam.

Vanda Witoto lembrou também que, meses atrás, os próprios deputados votaram a favor do corte de recursos para as comunidades indígenas.

“Eu quero deixar registrado aqui para que a gente não esqueça que essa Casa também há poucos meses votou para retirada dos R$ 60 milhões que foram direcionadas para a saúde e educação dos povos indígenas no estado do Amazonas”, lembrou Vanda.

A líder indígena pediu ainda um posicionamento dos deputados e senadores amazonenses em relação à PL 490, que recebeu parecer favorável na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, na semana passada.

Texto: Giovanna Marinho

Leia mais:

Leia mais sobre Política

E-mails da Saúde atestam que Manaus serviu como ‘cobaia’ na pandemia

Documentos encaminhados a CPI da Covid mostram que Ministério mandou 11 médicos para Manaus no auge da segunda onda com a missão de disseminar uso do tratamento precoce.

23 de julho de 2021

Joice Hasselman é agredida e recebe solidariedade da bancada feminina

Deputada federal por São Paulo revelou que sofreu um possível 'atentado' enquanto assistia séries de televisão na sala do apartamento funcional onde mora em Brasília.

23 de julho de 2021

Criação de leis relacionadas à pandemia não foi prioridade na Aleam

Mesmo com 12% dos projetos de lei apresentados pelos deputados estaduais tratando de temas relacionados à pandemia, apenas seis deles foram transformados em Lei.

22 de julho de 2021

Flávio Bolsonaro é vacinado no Rio e agradece ao pai ‘negacionista’

Após publicar, em janeiro, post em rede social dizendo que não se vacinaria, filho do presidente foi, nesta quinta-feira, a um posto de saúde e recebeu a dose da AstraZeneca.

22 de julho de 2021

Parceria entre Governo e Infraero vai modernizar aeródromos do AM

Há 13 aeródromos em oito calhas do Amazonas. Haverá a execução de projetos, captação de recursos e fiscalização de obras aeroportuárias no Estado.

22 de julho de 2021

Tenente do Exército fala em ‘meter fogo’ em índios isolados no AM

"Vocês têm de cuidar dos índios isolados, porque senão eu vou, junto com os marubos, meter fogo nos isolados”, disse Henry, durante reunião na aldeia Paulinho.

22 de julho de 2021

Guedes: Onyx e Nogueira melhoram laços de Bolsonaro com Senado

O anúncio dos nomes de Lorenzoni e Nogueira para comandar as duas pastas foi feito nesta quinta-feira pelo presidente Jair Bolsonaro.

22 de julho de 2021

Alexandre Saraiva adverte Braga Netto sobre o risco de prisão por desordem

Ex-superintendente da Polícia Federal no Amazonas escreveu numa rede social que o ministro poderia ser preso por tentativa de atrapalhar a eleição e promover a desordem.

22 de julho de 2021