fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

De cocar, Bolsonaro recebe medalha de mérito indigenista; ato gera polêmica

Com uma criança indígena no colo, Jair Bolsonaro ainda afirmou que seu governo foi o que mais se aproximou dos povos originários e disse que todos são iguais perante Deus.

18 de março de 2022

Compartilhe

Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) afirmou hoje que vai contestar o ato na Justiça (Foto: Reprodução)

Em meio a polêmicas, o presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu a medalha de mérito indigenista nesta sexta-feira (18). O chefe do Executivo recebeu a honraria vestindo um cocar na cabeça e carregando uma criança no colo. Um trecho da cerimônia foi postado no Twitter do presidente. Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) afirmou que vai contestar o ato na Justiça.

“Me sinto muito feliz com este cocar graciosamente ofertado. Somos exatamente iguais e todos nós viemos à terra pela graça de Deus. Cada vez mais, nos transformamos iguais. Isso não tem preço. O que nós sempre quisemos foi fazer com que vocês se sentissem exatamente como nós”, afirmou na solenidade ocorrida no Ministério da Justiça.

Bolsonaro ainda afirmou que seu governo foi o que mais se aproximou dos povos originários. Frisou também que quer que “façam em suas terras exatamente o que nós fazemos nas nossas”.

Sobre a medalha

A medalha de mérito indigenista foi criada em 1972 e é concedida a pessoas que se destacam na proteção dos povos indígenas. A condecoração é definida pelo ministro da Justiça, Anderson Torres.

Em protesto, condecorado devolve medalha

O sertanista Sydney Possuelo, ex-presidente da Funai e uma das maiores autoridades sobre a questão indígena do país, devolveu, ontem, a Medalha do Mérito Indigenista, que recebeu há 35 anos. O gesto foi um protesto à concessão da honraria ao presidente Bolsonaro, que, segundo ele, em várias oportunidades se colocou contra os direitos dos povos originários — como, por exemplo, quando criticou a possibilidade de o Supremo Tribunal Federal (STF) não acatar a tese do novo marco temporal da demarcação das terras indígenas.

Com informações do Correio Brasiliense

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro adia live em dia de derrota nas pesquisas para Lula nos dois turnos

Bolsonaro estabiliza e Lula cresce em nova pesquisa Datafolha divulgada no dia que o presidente adia tradicional live de quinta-feira para falar com apoiadores .

26 de maio de 2022

Datafolha: cresce diferença entre Lula e Bolsonaro para o segundo turno

Pesquisa do Datafolha divulgado nesta quinta-feira aponta que Lula tem 58% das intenções de voto no segundo turno, enquanto Bolsonaro chega a 33%

26 de maio de 2022

TSE aprova federação partidária do PSol com o Rede Sustentabilidade

PSol e Rede formalizam federação no TSE no mesmo dia que o PSDB e Cidadania e agora as legendas devem manter unidade política pelos próximos quatro anos.

26 de maio de 2022

‘Criar municípios é política de pão e circo’, diz cientista político

Para Carlos Santiago, discurso de criar novos municípios, às vésperas das eleições, para sanar o problema de comunidades que sofrem descaso e miséria, não é melhor caminho.

26 de maio de 2022

Serafim alerta para manobra de empresário que prejudica mercado de gás no AM

O líder do PSB na Casa Legislativa lembrou que a nova Lei do Gás, de iniciativa da Aleam, aprovada em março de 2021, contraria os interesses do empresário baiano.

26 de maio de 2022

Maria do Carmo é suplente de Arthur, mas corteja vaga de vice de Amazonino

Ex-pré-candidata ao Governo do Amazonas, Maria do Carmo confirma que é primeira suplente de Arthur ao Senado, mas se coloca como opção a vice de Amazonino.

26 de maio de 2022

Portela endossa discurso de Bolsonaro e questiona lisura das eleições

Novo vice da Câmara se alinha às manifestações de teor golpista do presidente que, sem prova ou indício relevante, tem levantado dúvidas sobre a lisura do sistema eleitoral

26 de maio de 2022

TCE-AM multa ex-presidente da Câmara de Beruri por falta de transparência

TCE-AM vê deficiências nos atos de transparência e descumprimento da Lei de Acesso à Informação e multa ex-gestor da Câmara de Beruri em R$ 14 mil.

26 de maio de 2022