fbpx

terça, 20 de abril de 2021

Compra direta de vacinas terá tramitação rápida e fácil na Câmara Municipal de Manaus

Vereadores ouvidos pelo RealTime1 já se mostraram favoráveis a participação de Manaus no consórcio da Frente Nacional de Prefeitos para compra dos imunizantes.

1 de março de 2021

Compartilhe

Vereadores vão votar a favor da compra de vacinas para Manaus (Foto: Reprodução)

Como já anunciado pelo prefeito de Manaus, David Almeida, até esta sexta-feira (5) o projeto de Lei sobre a participação da capital no consórcio para compra de vacinas deve ir à Câmara de Manaus. Mas antes mesmo do PL chegar na Casa Legislativa, vereadores já sinalizaram que são favoráveis.

Mesmo com a aprovação do legislativo municipal para essa compra, é bom destacar que ainda não há vacinas disponíveis para venda, como já noticiou o RealTime1.

Entre os parlamentares favoráveis à compra direta está o presidente da Comissão de Orçamento da Câmara, vereador Lissandro Breval (Avante). “Concordo que o município abra orçamento para essa compra emergencial. Questão de sobrevivência para nossa economia”, disse.

Outro que também já avisou que vai votar a favor da compra é o vereador Rodrigo Guedes (PSC). “Já defendia a compra de vacinas pelo capital e Estado, desde o dia 1º de fevereiro. Um mês depois a Prefeitura anuncia que irá enviar projeto de lei para Câmara Municipal de Manaus para comprar vacinas”, afirmou.

O vereador Joelson Silva (Patriota), que é o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, também disse que é favorável e, inclusive, aproveitou para lembrar que destinou o valor de R$ 5 milhões para a compra de vacinas, ainda em 2020.

“Essa foi uma emenda apresentada que será de extrema importância para o prefeito adquirir a vacina contra o coronavírus. Não é muito, mas mostra o compromisso desta Casa no combate a este mal”.

Vale lembrar que como o próprio prefeito sempre faz questão de enfatizar, o orçamento do município em 2021 é R$ 600 milhões a menos que de 2020. Desse valor, os repasses para área de saúde são de R$ 1,1 bilhão. Ainda nesta semana, o prefeito deve divulgar quanto será destinado para a compra dos imunizantes.

Texto: Milena Soares

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Crítico de Bolsonaro, Mandetta será o primeiro a ser ouvido na CPI

Sugestão foi feita pelo virtual presidente da comissão, o senador Omar Aziz, que trabalha para ouvir o ex-ministro da Saúde já na primeira sessão de trabalho da CPI.

19 de abril de 2021

Plano de trabalho prevê convite a Guedes e ex-ministros da Saúde

Versão inicial do plano ainda será discutido na sessão de instalação da CPI, o que só deve acontecer na quinta-feira ou na terça-feira da semana seguinte.

19 de abril de 2021

Vestindo carapuça, vereador Sassá promete blindar gazeteiros da Câmara

Magoado com fala de Glória Carrate sobre vereadores que fingem estar on-line durante sessões híbridas, Sassá da Construção convocou colegas a se blindarem contra denúncias.

19 de abril de 2021

Wilson Lima prepara pacote de ações para o segundo semestre

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

19 de abril de 2021

Vereador notifica Instituto Municipal de Mobilidade Urbana por falta de ônibus

Além de notificação verbal, Jaildo Oliveira prometeu formalizar pedido para que o diretor-presidente do IMMU apresente um relatório sobre os primeiros 100 dias de gestão.

19 de abril de 2021

Assembleia vota concessão de auxílio emergencial para três setores

A proposta prevê o pagamento de um auxílio de R$ 200, em três parcelas, já tramita em regime de urgência na ALEAM e beneficiará trabalhadores do esporte, turismo e cultura.

19 de abril de 2021

‘Manaus vacina hoje 59,02% a menos do que poderia’, alerta Amon Mandel

Segundo Amon Mandel, número de pessoas vacinadas por dia pela Secretaria Municipal de Saúde, que no dia 8 de fevereiro chegou a 15 mil, gira hoje em torno de 5 mil a 6 mil.

19 de abril de 2021

Justiça Federal manda pagar R$ 703 mi em precatórios durante pandemia

Valor corresponde a dívidas que órgãos públicos federais tinham com cidadãos de todos os municípios do Amazonas e cujo valor eram considerados de pequeno porte.

19 de abril de 2021