fbpx

domingo, 23 de janeiro de 2022

Comitê Anticorrupção questiona cotão turbinado dos vereadores

No apagar das luzes da última sessão da CMM, os vereadores aprovaram de última hora um aumento de 83% do cotão, passando dos atuais R$ 18 mil para R$ 33 mil.

21 de dezembro de 2021

Compartilhe

O projeto aprovado de supetão está sendo chamado pela oposição, que tenta derrubá-lo, de 'pacote de bondades' (Foto: Divulgação)

O Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção ingressou no Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) com uma representação para tentar derrubar o aumento de 83% da Cota para o Exercício Parlamentar (Ceap), popularmente conhecida como ‘Cotão’, aprovada pelos vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) na última sessão do ano.

Para isso, o Comitê decidiu processar o presidente da CMM, vereador David Reis (Avante) por agir contra o princípio constitucional da moralidade da Administração Pública.

“Nesse ambiente pandêmico, a Câmara de Vereadores de Manaus vem agindo para majorar os seus benefícios, uma vez que em 2020, elevou os subsídios (salariais) dos vereadores, e agora, é a vez da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar”, denunciou o Comitê Anticorrupção.

Na última quarta-feira, o RealTime1 mostrou que a Mesa Diretora da CMM apresentou – de última hora – um Projeto de Lei para aumentar o cotão dos atuais R$ 18 mil para R$ 33 mil mensais. O cotão banca desde serviços de assessorias de advocacia e de imprensa até aluguel de veículos para os 41 vereadores.

O mesmo projeto aumentou ainda o número de assessores parlamentares que os vereadores podem nomear, passando de 20 a 45 assessores. Anteriormente, o número era de 15 a 30 assessores parlamentares por gabinete de vereador.

O Projeto de Lei não alterou o valor da Cota de Gabinete que se manteve em R$ 60 mil. No entanto, aumentou o valor do auxílio alimentação de R$ 400 para R$ 1,1 mil.

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Prefeito de Manaus, David Almeida, testa positivo para Covid-19

Esta é a segunda vez que David Almeida (Avante) foi diagnosticado com Covid-19. A primeira foi em setembro de 2020, durante a pré-campanha para prefeito de Manaus.

22 de janeiro de 2022

Governo vai enviar doses pediátricas para estados com baixos estoques

Remessa emergencial de vacinas para crianças será enviada a estados com estoques abaixo das 40 mil doses. Segundo o Ministério da Saúde, doze estados estão nessa situação.

22 de janeiro de 2022

‘De novo’: Bolsonaro minimiza números de mortes de crianças por Covid

Bolsonaro voltou a citar remédios sem eficácia comprovada contra o coronavírus e disse que o número de mortes de crianças pela doença foram insignificantes.

22 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde prorroga contrato do Programa Mais Médicos em Manaus

O contrato seria encerrado no final deste mês, mas foi prorrogado a pedido da Prefeitura por conta do aumento dos atendimentos por Covid-19 e outras síndromes respiratórias.

22 de janeiro de 2022

Em Manaus, Queiroga defende vacinação mas critica passaporte vacinal

Marcelo Queiroga pediu esforço dos estados para aumentar os níveis de vacinação, mas criticou a adoção do passaporte vacinal ao dizer que o documento não ampliaria os números

22 de janeiro de 2022

Ciro diz que falhas do PT são responsáveis pela vitória de Bolsonaro

Na sua avaliação, os presidentes do PT não diferem de Bolsonaro em suas agendas econômicas, criticadas por não estabelecer políticas de tributação de grandes fortunas.

22 de janeiro de 2022

Enchente 2022: Governo do Estado institui Grupo de Ações Coordenadas

As 27 instituições integrantes do Grupo de Ações Coordenadas utilizarão seus recursos e infraestrutura já existentes para atuação integrada aos demais membros.

22 de janeiro de 2022

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias atacam publicamente os irmãos Weintraub

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias trocaram farpas nas redes sociais com os irmãos Weintraub, agora ex-aliados do presidente Jair Bolsonaro e que estão de volta ao País.

22 de janeiro de 2022