fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Comissão do TSE ampliará participação indígena nas eleições

Comissão, instituída nesta terça (19), Dia do Índio, vai elaborar estudos e projetos para promover e ampliar a presença dos povos indígenas nas diversas fases das eleições.

19 de abril de 2022

Compartilhe

(Foto: Marcello Casal Jr. Agência Brasil)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) instituiu a Comissão de Promoção da Participação Indígena no Processo Eleitoral. O grupo vai elaborar estudos e projetos para promover e ampliar a presença dos povos indígenas nas diversas fases das eleições.

A Portaria TSE nº 367/2022, que institui a comissão foi publicada no Dia do Índio, celebrado nesta terça-feira (19).

Coordenado pela assessora do Núcleo de Inclusão e Diversidade do TSE, Samara Pataxó, na prática, o colegiado vai planejar ações com objetivo de fortalecer o exercício da capacidade eleitoral dos indígenas, respeitando os respectivos costumes, linguagens e organização social.

Samara ressalta que a comissão, composta por outros indígenas, também deverá atuar em atividades que promovam o enfrentamento da sub-representatividade indígena na política, de forma a auxiliar a Justiça Eleitoral no compromisso de ampliar o exercício da cidadania dos povos originários brasileiros.

“A nível institucional, o TSE já tem se esforçado nesse sentido, não só com relação aos povos indígenas, mas a outros grupos sub-representados. Mas precisamos enriquecer ainda mais esse debate dentro da estrutura da Justiça Eleitoral. Esses pequenos avanços são significativos e têm de ser celebrados, pois apontam para um futuro melhor visando uma maior participação indígena no processo eleitoral”, disse Samara.

Inclusão e diversidade

Essa não é a primeira iniciativa do TSE este ano com foco em minorias. Já sob a presidência do ministro Edson Fachin, que assumiu a Corte Eleitoral em fevereiro, foi criado o Núcleo de Inclusão e Diversidade do Tribunal. A função do grupo é fortalecer a atuação da Corte em temas relacionados ao aumento da participação política de públicos variados, com foco nas mulheres, nos negros, na população LGBTQIA+ e nos povos originários.

Samara Pataxó disse que espaços para discussão do tema são uma forma de retomar o debate plural sobre a participação dessas pessoas na democracia do país, uma vez que, segundo ela, os povos indígenas do Brasil somente conquistaram a cidadania plena, no sentido normativo, após a Constituição Federal de 1988. “Antes disso, a condição de ser indígena era muito limitada e éramos tidos como relativamente incapazes na vida civil, o que implicava também o exercício dos direitos políticos. Desde então, o indígena se tornou um cidadão pleno, votando, se candidatando e exercendo seus direitos e deveres”, lembra.

Números

De acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população estimada de indígenas no país é de mais de 857 mil pessoas, sendo 305 povos e 274 línguas diferentes. Nas eleições gerais de 2018, 133 indígenas se candidataram aos cargos de governador, senador, deputado federal e deputado estadual e distrital. No pleito municipal de 2020, 2.216 candidatos indígenas concorreram às prefeituras e às câmaras de vereadores do Brasil.

Com informações da Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima acompanha retomada das obras dos anéis viários Sul e Leste

Com 27 quilômetros, os anéis Viários Leste e Sul interligarão as zonas norte, leste e centro-sul de Manaus, proporcionaram maior fluidez no tráfego de veículos.

25 de maio de 2022

Governo do AM destina R$ 2 mi a São Paulo de Olivença, Novo Airão e Anamã

Em Novo Airão, a construção do Parque Pinheiral, em uma área de 5014 m², proporcionará à população um local de caminhada ao ar livre, promovendo saúde e bem-estar.

25 de maio de 2022

Sinésio se irrita com ausência de Nicolau e sai do plenário da Aleam

Incomodado com faltosos, Sinésio Campos afirmou que irá propor que sejam votados apenas Projetos de Lei de deputados que estejam presentes no plenário da Aleam.

25 de maio de 2022

TCE-AM adere a Programa para mapear sites da administração pública

Durante o evento, realizado no plenário do Tribunal de Contas do Município de São Paulo, foram apresentadas a metodologia e as ferramentas que serão utilizadas no projeto.

25 de maio de 2022

Tebet é confirmada pré-candidata do MDB e acredita no apoio do PSDB

Confirmada pré-candidata do MDB à Presidência, Simone Tebet diz que representa o centro democrático e acredita que pode avançar sobre os eleitorados de Lula e Bolsonaro.

25 de maio de 2022

Carpê faz ação midiática contra suposto roubo de medicamentos em UBS

Em 2020, Capitão Alberto Neto (PL) disputava a Prefeitura de Manaus e interviu em um suposto assalto a ônibus e prendeu um pedreiro. Na época, ele também divulgou o fato.

25 de maio de 2022

Lincoln Portela é eleito vice-presidente da Câmara no lugar de Marcelo Ramos

Lincoln Portela foi eleito com 232 votos e o mandato será até fevereiro de 2023. Ele assume o cargo que era ocupado pelo deputado federal Marcelo Ramos.

25 de maio de 2022

PL descarta Alberto Neto e escolhe evangélico para lugar de Marcelo Ramos

A eleição para três cargos da Mesa Diretora, está marcada para hoje (25) com votação exclusivamente presencial no plenário Ulysses Guimarães.

25 de maio de 2022