fbpx

sexta, 25 de junho de 2021

Campelo será o primeiro amazonense a depor na CPI da Covid

Secretário de Saúde do Amazonas deverá depor no próximo dia 18, um dia antes do ex-ministro Eduardo Pazuello, para explicar a crise do abastecimento de oxigênio em Manaus.

5 de maio de 2021

Compartilhe

Secretário Marcellus Campello irá depor na CPI ao lado do ex-secretário-executivo da pasta João Paulo Marques. (Foto: Reprodução)

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 aprovou, nesta quarta-feira (5), uma série de requerimentos convocando testemunhas para depor em Brasília. Dentre os futuros convocados estão o secretário de Estado da Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, e o ex-secretário-executivo da pasta, José Paulo Marques. Eles devem depor no dia 18 deste mês.

O depoimento deles deve acontecer em duas semanas, após os representantes de laboratórios farmacêuticos e do ex-chanceler Ernesto Araújo e do ex-secretário de Comunicação da presidência, Fabio Wajngarten.

De acordo com o cronograma de depoimentos elaborado pelo presidente da CPI, Omar Aziz (PSD), as sessões da próxima semana serão usadas para ouvir na terça-feira Wajngarten e os representantes da Pfzier/BionTech.

Wajngarten terá que explicar a intermediação que ele revelou, à revista Veja, ter feito com Pfizer em função de ter visto a incompetência e ineficiência do então ministro da Saúde Eduardo Pazuello. Os representantes da farmacêutica também serão questionados sobre a oferta de 70 milhões de doses feitas a Pazuello em agosto de 2020 e as razões para o negócio não ter sido firmado

Na quarta-feira (12), a CPI vai ouvir os representantes dos Instituto Butantan, que produz a vacina CoronaVac em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac; e da Fundação Oswaldo Cruz, que produz em parceria com a farmacêutica inglesa AstraZeneca e a Universidade de Oxford, a vacina AstraZeneca.

Na quinta-feira (13) será a vez do ex-chanceler Ernesto Araújo, que recusou o ingresso do Brasil no consórcio Covax/Facility da Organização Mundial de Saúde e atacou por diversas vezes a China. Também neste dia será ouvido o representante do laboratório União Química, que pretende trazer para o Brasil a vacina russa Sputnik V, produzida pelo Instituto Gamaleya.

Com este cronograma, os depoimentos de Marcellus Campelo e João Paulo Marques ficarão para a terça-feira seguinte (18).

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Maioria do STF impede convocação de governadores pela CPI da Covid

Os ministros seguem decisão individual da ministra Rosa Weber, que suspendeu as convocações de governadores determinadas pela CPI da Pandemia.

24 de junho de 2021

Por ordem de Alexandre de Moraes, Daniel Silveira é preso novamente

O ministro do STF alega em sua decisão que Daniel Silveira violou mais de 30 vezes as regras da prisão domiciliar que o deputado está cumprindo desde o início do ano.

24 de junho de 2021

Câmara autoriza candidatura de gestor multado por conta irregular

A lei aprovada por 345 favoráveis, 98 contrários e quatro abstenções, libera para concorrer os gestores que foram punidos apenas com multa. A matéria segue para o Senado.

24 de junho de 2021

Irmãos bolsonaristas prometem ‘bomba’ na CPI para derrubar República

Além de revelar que possuem informações quentes do Governo Federal, os irmãos Miranda pediram segurança à CPI após intimidação de Onix Lorenzoni.

24 de junho de 2021

Filipe Martins ganha liminar para ficar calado em depoimento na CPI

Assessor Internacional da Presidência da República será ouvido para esclarecer a presença dele na reunião com representantes da Pfizer, em novembro, para a compra de vacinas.

24 de junho de 2021

Luis Miranda pede prisão de Onyx Lorenzoni e Elcio Franco à CPI

O deputado federal encaminhou um ofício ao presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz, no qual afirma que Onyx e Élcio estariam buscando coagi-lo antes do seu depoimento.

24 de junho de 2021

Hallal: ‘país precisa vacinar mais de 30 milhões em 21 dias de lockdown’

O epidemiologista, que presta depoimento nesta quinta-feira (24), afirmou que só o fechamento radical e vacinação em massa poderiam jogar o número de casos para baixo.

24 de junho de 2021

Em sessão ‘miojo’, deputados criticam política ambiental de Bolsonaro

Serafim Corrêa comemorou a saída do, agora, ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Wilker Barreto usou o tempo de fala para exaltar a ZFM para manutenção da floresta.

24 de junho de 2021