fbpx

domingo, 23 de janeiro de 2022

Câmara de Manaus discute possibilidade de cancelar festa de Réveillon

O surgimento da variante Ômicron preocupou os vereadores que começaram a debater os riscos da realização do Réveillon na Ponta Negra, além do Carnaval no ano que vem.

29 de novembro de 2021

Compartilhe

O registro diário de novos casos de Covid-19 em Manaus aumentou 66% nos últimos 14 dias. A capital amazonense vinha com uma média de 15 casos por dia e saltou para 25 em duas semanas. (Foto: Divulgação)

O surgimento da Ômicron na África do Sul, uma das variantes do coronavírus, provoca preocupação no mundo e, claro, a discussão chegou à Câmara Municipal de Manaus (CMM) que, nesta segunda-feira (29), levantou a discussão sobre o cancelamento das festas de Réveillon e do Carnaval, visando a tomada de decisões necessárias para o enfrentamento da pandemia na capital amazonense.

O vereador Rodrigo Guedes (PSC), que já anunciou que vai questionar na Justiça a realização do Réveillon, pediu que a Prefeitura realize uma pesquisa para saber a opinião da população a respeito da suspensão da festividade.

No entanto, o vereador William Alemão (Cidadania) lembrou que a festa do final do ano gera 24 mil empregos direitos e indiretos, conforme dados do município e, por isso, defende que o Réveillon seja realizado. Mas, para a promoção da festa, Alemão diz ser necessário que Manaus não apresente indicadores sanitários negativos.

Nota-se que, dados divulgados pelo órgãos de Saúde do Estado indicam que o registro diário de novos casos de Covid-19 em Manaus aumentou 66% nos últimos 14 dias. A capital amazonense vinha com uma média de 15 casos por dia e saltou para 25 em duas semanas.

Vereadores membros da base de apoio ao prefeito David Almeida (Avante), como Sandro Maia (DEM), também saíram em defesa da realização do Carnaval, destacando que a produção da festa deve ser feita com cautela e responsabilidade. Já Marcel Alexandre (Podemos) evitou cravar uma posição e disse que vai ‘ouvir’ seus eleitores nas redes sociais para poder se posicionar.

Líder do prefeito apresenta gastos

De acordo com o líder do prefeito na CMM, vereador Marcelo Serafim (PSB), os recursos reservado para o Réveillon somam o valor de R$ 3,5 milhões, sendo que R$ 600 mil são para o show do cantor Luan Santana.

Marcelo Serafim pediu pela terceira vez seguida a derrubada de um pedido de informações de Rodrigo Guedes, onde é solicitado os valores referentes aos gastos para as festividades do final de ano. Tais informações foram prestadas de maneira extraoficial pelo vereador.

O governista recuou e pediu aprovação do pedido de informação para tornar público o projeto base dos gastos das festividades da Ponta Negra e do Réveillon Gospel.

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Prefeito de Manaus, David Almeida, testa positivo para Covid-19

Esta é a segunda vez que David Almeida (Avante) foi diagnosticado com Covid-19. A primeira foi em setembro de 2020, durante a pré-campanha para prefeito de Manaus.

22 de janeiro de 2022

Governo vai enviar doses pediátricas para estados com baixos estoques

Remessa emergencial de vacinas para crianças será enviada a estados com estoques abaixo das 40 mil doses. Segundo o Ministério da Saúde, doze estados estão nessa situação.

22 de janeiro de 2022

‘De novo’: Bolsonaro minimiza números de mortes de crianças por Covid

Bolsonaro voltou a citar remédios sem eficácia comprovada contra o coronavírus e disse que o número de mortes de crianças pela doença foram insignificantes.

22 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde prorroga contrato do Programa Mais Médicos em Manaus

O contrato seria encerrado no final deste mês, mas foi prorrogado a pedido da Prefeitura por conta do aumento dos atendimentos por Covid-19 e outras síndromes respiratórias.

22 de janeiro de 2022

Em Manaus, Queiroga defende vacinação mas critica passaporte vacinal

Marcelo Queiroga pediu esforço dos estados para aumentar os níveis de vacinação, mas criticou a adoção do passaporte vacinal ao dizer que o documento não ampliaria os números

22 de janeiro de 2022

Ciro diz que falhas do PT são responsáveis pela vitória de Bolsonaro

Na sua avaliação, os presidentes do PT não diferem de Bolsonaro em suas agendas econômicas, criticadas por não estabelecer políticas de tributação de grandes fortunas.

22 de janeiro de 2022

Enchente 2022: Governo do Estado institui Grupo de Ações Coordenadas

As 27 instituições integrantes do Grupo de Ações Coordenadas utilizarão seus recursos e infraestrutura já existentes para atuação integrada aos demais membros.

22 de janeiro de 2022

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias atacam publicamente os irmãos Weintraub

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias trocaram farpas nas redes sociais com os irmãos Weintraub, agora ex-aliados do presidente Jair Bolsonaro e que estão de volta ao País.

22 de janeiro de 2022