fbpx

sábado, 16 de outubro de 2021

Bolsonaro chega a 1.000 dias com popularidade menor que a de Dilma

Bolsonaro é mais bem avaliado do que Fernando Collor, que foi alvo de impeachment no 1.020 dia na presidência. Presidente completou 1.000 dias de governo neste domingo.

26 de setembro de 2021

Compartilhe

Diante da pandemia de covid-19 e da deterioração de indicadores econômicos, Bolsonaro tem a 2ª menor taxa de popularidade entre os presidentes pós-redemocratização. (Foto: Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) completa neste domingo (26.set.2021) a marca de 1.000 dias como hóspede do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Diante da pandemia de covid-19 e da deterioração de indicadores econômicos, Bolsonaro tem a 2ª menor taxa de popularidade entre os presidentes pós-redemocratização ao chegar ao milésimo dia de governo. Só ganha de Fernando Collor de Mello, que deixou o cargo no 1.020º dia de gestão.

O Poder360 compilou os dados de todas as pesquisas de popularidade dos presidentes eleitos de 1992 até 2021. Os levantamentos usados são das empresas Datafolha, Ibope, Ipec e PoderData. Itamar Franco (1992-1995) e Michel Temer (2016-2018) não foram considerados, pois não chegaram a completar 1.000 dias à frente do governo —Itamar teve 732 dias; Temer, 852.

A pesquisa mais recente, do Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria), divulgada na 4ª feira (22.set), mostra que 53% dos entrevistados consideram o governo Jair Bolsonaro “ruim” ou “péssimo”. Para 23%, a atual gestão é “regular”. São 22% os que aprovam o governo. O Ipec é administrado por executivos ligados ao antigo Ibope (que fechou as portas em janeiro de 2021).

Em 27 de setembro de 2013, Dilma Rousseff (PT) era aprovada por 36%, segundo o Datafolha, e por 37%, segundo o Ibope. A presidente enfrentava as maiores manifestações contra o seu governo até então. Atos por todo o país haviam estourado em junho e produziram ecos pelos meses seguintes. No auge dos protestos daquele ano, a petista viu a taxa de aprovação cair 27 pontos percentuais em 1 mês (Datafolha).

O Datafolha, empresa do jornal Folha de S.Paulo, divulgou pesquisa em 16 de setembro que também mostra Bolsonaro aprovado por 22% da população. São 24% os entrevistados que o consideram “regular” e 56% os que o avaliam como “ruim” ou “péssimo”.

Da redação, com informações do Poder 360

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Luta antiga e futuro incerto: corte no orçamento afeta diretamente a Amazônia

Pesquisadores acreditam que o corte de verbas para C&T acabará sendo direcionado para o agronegócio, que, segundo eles, vem sendo a causa do desmatamento na Amazônia.

15 de outubro de 2021

Jornalistas Alexandre Garcia e Rodrigo Constantino serão citados na CPI

Os dois produziam discurso antivacina em veículos de comunicação e defenderam as teses negacionistas de Jair Bolsonaro durante a crise sanitária.

15 de outubro de 2021

Dia dos Professores: deputados pouco ajudaram educação do Amazonas

Em pleno Dia dos Professores, categoria questiona a falta de diálogo com o poder público e falta de auxílio da Comissão de Educação da Aleam nas demandas dos educadores.

15 de outubro de 2021

Governo destaca ações de 2021 pela valorização dos servidores da Educação

Entre as medidas está o envio de um projeto de lei que visa pagar 14º e 15º salários aos servidores da área. A pauta ainda não tem data para ser votada na Aleam.

15 de outubro de 2021

CPI da Covid: senadores ouvem último depoente na segunda-feira

A CPI ouviria um número maior de convocados, mas nem todos seriam necessariamente ouvidos já que o presidente da CPI, Omar Aziz, decidiu realizar apenas mais uma oitiva.

15 de outubro de 2021

ICMS sobre combustíveis: Rodrigo Pacheco quer ouvir governadores

A Câmara já aprovou o projeto de lei que torna o ICMS invariável frente a variações do preço do combustível. O projeto ainda precisa ser votado pelos senadores.

15 de outubro de 2021

Ministério Público pede anulação de licença do ‘Linhão de Tucuruí’

Ministério Público viu irregularidades no processo de licenciamento ambiental para liberação da obra do 'Linhão' por falta de consulta prévia ao povo Waimiri Atroari.

15 de outubro de 2021

Pesquisadores veem retrocesso de 20 anos após corte de R$ 600 milhões

O RealTime1 ouviu pesquisadores que, ao longo dos anos de carreira dedicados à ciência e tecnologia, estão empenhados em projetos realizados no Amazonas.

15 de outubro de 2021