fbpx

sábado, 29 de janeiro de 2022

Bolsonaristas planejaram ida ao STF durante a madrugada deste dia 7

Um grupo de caminhoneiros invadiu a Esplanada dos Ministérios e acampou ao lado do Palácio do Itamaraty para planejar uma ida ao prédio do Supremo Tribunal Federal.

7 de setembro de 2021

Compartilhe

Prédio do Supremo Tribunal Federal, na Praça dos Três Poderes, é o alvo principal dos manifestantes convocados pelo presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Reprodução)

A movimentação na Esplanada dos Ministérios diminuiu durante a madrugada desta terça-feira (7). Às 4h30 (horário de Brasília), havia apenas um grupo de bolsonaristas aglomerado em frente à barreira formada por 50 policiais organizados em fila. Vendedores ambulantes, entretanto, permaneceram no local, comercializando produtos como bandeiras, água e camisetas.

A pouca movimentação registrada durante a noite vinha de um grupo de caminhoneiros, que passaram a noite reunidos ao lado do Itamaraty, onde discutiram detalhes da manifestação. Alguns caminhões ficaram estacionados no anexo do Ministério da Saúde.

Segundo os manifestantes, as principais reivindicações são a adoção do voto impresso e a destituição dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). “Estou preparado para ficar vários dias”, afirmou o técnico em edificação Beneur Diogo Miguel, enquanto montava uma barraca no gramado.

Ainda durante a madrugada, bolsonaristas continuaram tentando forçar a ida ao STF, entretanto, não tiveram êxito. O acampamento ficou limitado à altura do Congresso Nacional e do Palácio do Itamaraty.

Texto: Com informações do portal Metrópoles

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Justiça suspende aumento do ‘cotão’ aprovado pela Câmara de Manaus

A decisão da Justiça sobre o Cotão, que saiu na tarde desta sexta-feira (28) e cabe recurso, prevê também multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

28 de janeiro de 2022

Damares libera ‘Disque 100’ para não-vacinados relatarem discriminação

Em nota, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos ainda se manifestou contra a obrigatoriedade da vacinação de crianças contra a Covid.

28 de janeiro de 2022

Moraes nega recurso da AGU e mantém obrigação de Bolsonaro depor na PF

Depoimento estava marcado por Moraes para esta sexta-feira, mas o presidente novamente decidiu faltar com intervenção da Advocacia Geral da União (AGU).

28 de janeiro de 2022

PT entra com ação no STF por ampliação de prazo para federações

O PT entende que o prazo previsto na Lei para a formação das federações é muito curto e pede que seja estendido pelo STF pelo menos até maio deste ano, ou até agosto.

28 de janeiro de 2022

Bolsonaristas apelam para reajuste de professores para cativar votos

Reajuste de 33,24% concedido pelo presidente Jair Bolsonaro ignorou técnico do Ministério do Educação e não considerou a pressão nas contas dos governadores e prefeitos.

28 de janeiro de 2022

Pré-candidato a deputado federal, Saullo Vianna caminha com Wilson e David

À TV RealTime1, o deputado revelou os planos dele para disputar uma vaga na Câmara Federal, bastidores da política local e quem está na frente na corrida presidencial no AM.

28 de janeiro de 2022

Bolsonaro avalia com AGU se vai ou não prestar depoimento à PF

O ministro Bruno Bianco analisa os precedentes que podem ser aplicados a Bolsonaro para tentar minimizar o desgaste que poderia sofrer ao prestar depoimento.

28 de janeiro de 2022

Justiça do Distrito Federal arquiva caso do tríplex contra Lula

O MPF afirma que os crimes imputados ao ex-presidente Lula prescreveram. O petista tem 76 anos e, mesmo se condenado, a pena estaria prescrita até que pudesse ser cumprida.

28 de janeiro de 2022