fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

‘Bizarra mesmo’, diz antropólogo sobre visita de Bolsonaro a Manaus

De acordo com Ademir Ramos, a vinda do presidente a Manaus é extremamente estranha, já que Bolsonaro vem para inaugurar anexo e "distribuir rancho".

22 de abril de 2021

Compartilhe

Entrega de cestas faz parte de jogada de populismo de Bolsonaro, diz antropólogo (Foto: Reprodução)

Em meio à visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a Manaus para a solenidade de inauguração da 2ª etapa do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, outro evento que consta na agenda é a entrega simbólica de cestas básicas destinadas aos indígenas, quilombolas e pescadores. A iniciativa foi criticada por representantes indígenas.

A ação é considerada uma “jogada”, pelo antropólogo Ademir Ramos. De acordo com ele, a vinda do presidente a Manaus é extremamente estranha já que, segundo Ademir, Bolsonaro vem para inauguração de um anexo, “distribuir racho” e receber título de “Cidadão do Amazonas”.

“Essa visita do Bolsonaro aqui é bizarra mesmo. O presidente da República vem aqui no Amazonas no momento em que estamos vivendo a pandemia, no momento em que o governo dele sofre críticas internacionais sobre a devastação da Amazônia, então o que ele vem fazer aqui? É bom ficarmos bem atentos aos movimentos dele”, afirmou Ademir.

Ainda de acordo com o antropólogo, a distribuição de cestas básicas faz parte da jogada de populismo de Bolsonaro diante de representantes internacionais.

As cestas de alimentação foram doadas pelo Ministério da Cidadania e a justificativa é de fornecer assistência. “A ação tem o intuito de dar apoio à segurança alimentar de indígenas, quilombolas e pescadores do estado do Amazonas. Cerca de 121 mil famílias serão beneficiadas com mais de 271,5 mil cestas”, diz o comunicado sucinto do governo do Amazonas.

A enfermeira indígena Vania Ortega afirmou ser nula a atuação do Governo Federal em relação aos grupos que serão beneficados, principalmente ao longo do último ano, durante o enfrentamento da Covid-19.

“De antemão, é lamentável. Isso é um silenciamento para a gente, essa cesta básica dele, por que a pandemia inteira ele vetou medidas (MPs) que garantiam não só a cesta básica para nossas comunidades e agora vem fazer cena aqui de entregar cestas? Sendo que ele ataca as políticas [dos indígenas] e tem desconstruído as poucas Leis que existem para proteção dos nossos direitos. É lamentável essa atitude”, disse.

A reportagem entrou em contato com a Fundação Estadual do Índio que afirmou não ter nada a ver com a entrega das cestas. Já a Fundação Nacional do Índio não retornou até o fechamento desta matéria.

Texto: Milena Soares

Lei mais:

Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021