fbpx

domingo, 23 de janeiro de 2022

Bancada do Amazonas na Câmara Federal pode ter renovação de 50%

Caso a união entre PT, PCdoB, PSB e PV se confirme, formando uma federação partidária, existe boa chance de que pelo menos dois novos nomes assumam a Câmara Federal.

28 de dezembro de 2021

Compartilhe

Bosco Saraiva é o único parlamentar que já revelou que não concorrerá à reeleição (Foto: Agência Câmara)

A bancada do Amazonas na Câmara Federal poderá ter uma renovação de até 50% nas próximas eleições. Das oito vagas, uma já estaria “disponível”: a do deputado federal Bosco Saraiva, que não será candidato à reeleição, preferindo tentar retornar para o Legislativo estadual.

Para eleger um deputado federal o partido precisará no mínimo aproximadamente 175 mil votos, uma performance para poucos, avaliam pesquisadores. Inclusive para os que almejam a reeleição.

Caso a união entre PT, PCdoB, PSB e PV se confirme, formando uma federação partidária, existe boa chance de que pelo menos dois novos nomes assumam a Câmara Federal: possivelmente Vanessa Grazziotin e Serafim Corrêa.

Além dos votos de Zé Ricardo (PT), que já é considerado como reeleito, os votos de legenda podem garantir três deputados pela federação partidária.

Especialistas consultados pelo RealTime1 fizeram a seguinte estimativa: Zé Ricardo deverá ter cerca de 180 mil votos; Vanessa aproximadamente 140 mil votos; Serafim cerca de 50 mil votos. Outros 30 mil devem vir dos votos de legenda.

A federação de esquerda que está sendo desenhada, ainda poderá indicar outros seis nomes, entre eles: como Sassá da Construção (PT), Jaildo dos Rodovíarios (PCdoB) que devem, juntos devem somar ao menos 60 mil votos.

Somados, esses votos seriam suficientes para eleger, provavelmente, três deputados.

Outros dois nomes que devem acompanhar partidariamente a candidatura de Amazonino Mendes, o ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro Filho e Amon Pinheiro, que segundo os mesmos analistas também teriam excelentes chances de elegerem- deputados federais, o que já renovariam ao menos 50% da atual bancada federal.

Resta saber quem, além de Bosco Saraiva, irá liberar seus gabinetes na Câmara Federal.

Da Redação

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Prefeito de Manaus, David Almeida, testa positivo para Covid-19

Esta é a segunda vez que David Almeida (Avante) foi diagnosticado com Covid-19. A primeira foi em setembro de 2020, durante a pré-campanha para prefeito de Manaus.

22 de janeiro de 2022

Governo vai enviar doses pediátricas para estados com baixos estoques

Remessa emergencial de vacinas para crianças será enviada a estados com estoques abaixo das 40 mil doses. Segundo o Ministério da Saúde, doze estados estão nessa situação.

22 de janeiro de 2022

‘De novo’: Bolsonaro minimiza números de mortes de crianças por Covid

Bolsonaro voltou a citar remédios sem eficácia comprovada contra o coronavírus e disse que o número de mortes de crianças pela doença foram insignificantes.

22 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde prorroga contrato do Programa Mais Médicos em Manaus

O contrato seria encerrado no final deste mês, mas foi prorrogado a pedido da Prefeitura por conta do aumento dos atendimentos por Covid-19 e outras síndromes respiratórias.

22 de janeiro de 2022

Em Manaus, Queiroga defende vacinação mas critica passaporte vacinal

Marcelo Queiroga pediu esforço dos estados para aumentar os níveis de vacinação, mas criticou a adoção do passaporte vacinal ao dizer que o documento não ampliaria os números

22 de janeiro de 2022

Ciro diz que falhas do PT são responsáveis pela vitória de Bolsonaro

Na sua avaliação, os presidentes do PT não diferem de Bolsonaro em suas agendas econômicas, criticadas por não estabelecer políticas de tributação de grandes fortunas.

22 de janeiro de 2022

Enchente 2022: Governo do Estado institui Grupo de Ações Coordenadas

As 27 instituições integrantes do Grupo de Ações Coordenadas utilizarão seus recursos e infraestrutura já existentes para atuação integrada aos demais membros.

22 de janeiro de 2022

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias atacam publicamente os irmãos Weintraub

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias trocaram farpas nas redes sociais com os irmãos Weintraub, agora ex-aliados do presidente Jair Bolsonaro e que estão de volta ao País.

22 de janeiro de 2022