fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Ausência de ‘bancada da macumba’ no AM dificulta ações para o segmento

Afirmação é do representante de terreiros no Amazonas, Alberto Jorge. Para ele, religiões de matriz africana têm força para eleger dois vereadores ou um deputado estadual.

13 de abril de 2022

Compartilhe

Representante de terreiros no Amazonas, Alberto Jorge., questiona ausência de "bancada da macumba". (Foto: Divulgação)

No Amazonas, as religiões de matriz africana não têm uma bancada representativa na Assembleia Legislativa (Aleam) nem na Câmara Municipal de Manaus (CMM). O coordenador geral da Articulação Amazônica dos Povos e Comunidades Tradicionais de Terreiro de Matriz Africana (Aratrama), Alberto Jorge, questiona a ausência de representantes e afirma que a falta de uma “bancada da macumba” dificulta o acesso do segmento a políticas públicas.

Segundo Alberto Jorge, as religiões afro-brasileiras têm condições de eleger ao menos um deputado estadual ou dois vereadores, no Amazonas. Para o reviossonon – o mesmo que pai de santo -, a falta de representantes nos parlamentos locais é resultado de desinteresse dos próprios seguidores das religiões africanas.

“Há uma falta de consciência, de participação e até de pertencimento. Isso é muito ruim para nós, porque na realidade nós ficamos fora do parlamento. Seguramente, pelos estudos de pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), o nosso segmento teria condições de ter pelo menos dois vereadores ou de eleger um deputado estadual”, pontuou.

O reviossonon destaca que a ausência de representatividade tem impacto nas políticas direcionadas às religiões. De acordo com Alberto Jorge, por conta da inexistência de uma bancada da ‘macumba’ no parlamento local, os terreiros de Manaus ficaram de fora da isenção do IPTU dada a templos religiosos.

Atualmente, a capital conta com 400 terreiros apenas nas Zonas Leste e Norte de Manaus. “Essa isenção foi montada para contemplar evangélicos. Não foi feita para contemplar terreiros. Essa lei está considerando a religião da maioria e cadê os nossos representantes? Cadê a bancada da macumba e do axé para se contrapor à bancada evangélica”, perguntou.

Tambor de Mina, Candomblé e Umbanda são as três religiões de origem africana mais praticadas no Amazonas. No entanto, o segmento não tem candidatura ou nome que se coloque como candidato a deputado federal ou estadual nestas eleições. O próprio Alberto Jorge, personalidade já conhecida entre os praticantes das religiões de matriz africana, disse que não vai ser candidato.

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

Leia mais sobre Política

‘Tenho certeza que Wilson Lima se reelege no 1º turno’, avalia Bonates

O ex-secretário de Segurança Pública do Amazonas concedeu entrevista à TV RealTime1 e falou sobre os planos que apresentará em Brasília caso seja eleito deputado federal.

26 de maio de 2022

Pacheco quer ouvir governadores antes de votar projeto que limita ICMS

Temendo perdas de arrecadação, Estados prometem pressionar senadores e até mesmo ir ao STF para barrar a proposta que define teto de 17% para ICMS de combustíveis e energia.

26 de maio de 2022

‘Ele foi covarde e pequeno como sempre é’, diz Marcelo sobre Lira

Marcelo Ramos afirmou que sua saída do cargo de vice-presidente da Câmara foi uma questão política motivada pela ira de Bolsonaro e subserviência de Arthur Lira.

26 de maio de 2022

Bolsonaro planeja mais R$ 1,2 bi para trator e ignora famílias carentes

Ministério da Cidadania comprou 247 tratores e outras máquinas agrícolas usando recursos que deveriam ser direcionados para mitigar impacto da pandemia em comunidades pobres.

26 de maio de 2022

Roberto Jefferson usa estrutura do PTB para atacar STF, dizem ex-dirigentes

Parlamentares dizem que Roberto Jefferson utiliza pessoas da estrutura partidária "para proferir xingamentos a ministros e realizar manifestações em frente ao Supremo".

26 de maio de 2022

Senado aprova MP que altera incentivos para indústrias químicas

Aprovação da medida provisória teve a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que aperfeiçoou o regime tributário cobrando contrapartidas do setor.

26 de maio de 2022

‘Não desisti, mas está muito difícil’, diz Plínio sobre candidatura ao Governo

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que nos próximos dias deve tomar a decisão final se premanece como pré-candidato ao Governo do Amazonas até as convenções partidárias.

26 de maio de 2022

TSE aprova federação entre PSDB e Cidadania; partidos ficam juntos por 4 anos

Criado para salvar partidos pequenos, a federação pode facilitar a eleição de quadros a cargos proporcionais, como é o caso dos deputados federais.

26 de maio de 2022