fbpx

domingo, 23 de janeiro de 2022

André Mendonça diz que apoio de Silas foi determinante para chegada ao STF

Afagos do recém-aprovado ministro, André Mendonça, coloca em xeque sua imparcialidade, visto que Silas Câmara aguarda julgamento por prática de rachadinha na Suprema Corte.

14 de dezembro de 2021

Compartilhe

Pastor Jonathas Câmara faz oração destacando que André Mendonça paute a sua conduta no Supremo pela Bíblia (Foto: Divulgação)

Em pregação na Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Amazonas (Ieadam), comandada pelos irmãos Câmara, o recém-aprovado ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), pastor presbiteriano André Mendonça, disse que o apoio do deputado federal Silas Câmara (Republicanos) foi essencial para confirmação do nome dele para o Supremo.

“O pastor e deputado federal Silas Câmara foi um ombro amigo que Deus enviou através de vocês para que eu pudesse chegar onde eu cheguei. Então, meu muito obrigado ao deputado, pastor Silas Câmara”, agradeceu o novo ministro do Supremo.

Silas Câmara aguarda julgamento no STF da Ação Penal 864 que é relatada pelo ministro Roberto Barroso e vai fixar o entendimento do Supremo sobre a prática da ‘rachadinha’, crime atribuído a Silas Câmara.

A partir da posse, André Mendonça junto aos outros 10 ministros, vai julgar a ação que teve audiência adiada para ano que vem. No entanto, o afago direito de Mendonça a Silas Câmara coloca em xeque a imparcialidade do novo ministro para decidir sobre o suposto cometimento de ‘rachadinha’.

O esquema de ‘rachadinha’ consiste no repasse, por parte de um servidor público ou prestador de serviços da administração, de parte de sua remuneração a políticos e assessores.

É possível que Mendonça peça mais tempo para analisar o mérito quando a ação for julgada pelo plenário do Supremo, suspendendo o julgamento e, assim, fazendo com que Silas ganhe fôlego na Câmara.

No dia que o juiz foi aprovado ao STF pelo Senado, Silas comemorou o resultado abraçado a André Mendonça. Na ocasião, Mendonça chamou Silas Câmara de “guerreiro” e o deputado retribuiu o elogio dizendo que o futuro ministro do STF “fez história”.

A Procuradoria-Geral da República acusa Silas de peculato, cuja pena é de dois a doze anos de prisão. À Justiça ele nega ter cometido irregularidades. O processo tramita no STF desde 2013 e já foi adiados várias vezes.

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Prefeito de Manaus, David Almeida, testa positivo para Covid-19

Esta é a segunda vez que David Almeida (Avante) foi diagnosticado com Covid-19. A primeira foi em setembro de 2020, durante a pré-campanha para prefeito de Manaus.

22 de janeiro de 2022

Governo vai enviar doses pediátricas para estados com baixos estoques

Remessa emergencial de vacinas para crianças será enviada a estados com estoques abaixo das 40 mil doses. Segundo o Ministério da Saúde, doze estados estão nessa situação.

22 de janeiro de 2022

‘De novo’: Bolsonaro minimiza números de mortes de crianças por Covid

Bolsonaro voltou a citar remédios sem eficácia comprovada contra o coronavírus e disse que o número de mortes de crianças pela doença foram insignificantes.

22 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde prorroga contrato do Programa Mais Médicos em Manaus

O contrato seria encerrado no final deste mês, mas foi prorrogado a pedido da Prefeitura por conta do aumento dos atendimentos por Covid-19 e outras síndromes respiratórias.

22 de janeiro de 2022

Em Manaus, Queiroga defende vacinação mas critica passaporte vacinal

Marcelo Queiroga pediu esforço dos estados para aumentar os níveis de vacinação, mas criticou a adoção do passaporte vacinal ao dizer que o documento não ampliaria os números

22 de janeiro de 2022

Ciro diz que falhas do PT são responsáveis pela vitória de Bolsonaro

Na sua avaliação, os presidentes do PT não diferem de Bolsonaro em suas agendas econômicas, criticadas por não estabelecer políticas de tributação de grandes fortunas.

22 de janeiro de 2022

Enchente 2022: Governo do Estado institui Grupo de Ações Coordenadas

As 27 instituições integrantes do Grupo de Ações Coordenadas utilizarão seus recursos e infraestrutura já existentes para atuação integrada aos demais membros.

22 de janeiro de 2022

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias atacam publicamente os irmãos Weintraub

Eduardo Bolsonaro e Mário Frias trocaram farpas nas redes sociais com os irmãos Weintraub, agora ex-aliados do presidente Jair Bolsonaro e que estão de volta ao País.

22 de janeiro de 2022