fbpx

quarta, 08 de dezembro de 2021

Adail Filho encontra-se com Amazonino, que intensifica contatos no interior

Em redes sociais o ex-prefeito cassado de Coari se refere a Amazonino como "eterno governador" e diz que ambos estão confiante na recuperação do Estado após a pandemia.

23 de junho de 2021

Compartilhe

A foto, tirada na casa de Amazonino, foi publicada em uma rede social por Adail Filho (Foto: Reprodução da internet)

O ex-prefeito de Coari Adail Filho (Progressistas), que foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral e não pôde assumir um novo mandato conquistado nas urnas em 2020, publicou foto em suas redes sociais mostrando um encontro com o ex-governador Amazonino Mendes (Podemos), a quem chamou de “eterno governador”.

Em tom de campanha, Adail Filho afirma que ambos lamentam a situação atual (da pandemia de Covid), mas “apesar das preocupações, também temos a esperança de que dias melhores estão por vir e o povo amazonense irá sorrir novamente”. No encontro, os dois políticos dispensaram o uso de máscaras.

Conforme uma fonte, Amazonino, aos 81 anos, está intensificando os contatos com lideranças do interior do Estado visando a eleição do próximo ano, quando poderá disputar o governo contra Wilson Lima, um “repeteco” da eleição de 2018.

Eleição suplementar

Já Adail Filho preocupa-se com a realização da eleição suplementar no município de Coari. Na decisão que cassou o mandato dele conquistado na eleição de 2020, os juízes do TRE-AM haviam determinado a realização de novo pleito em até 40 dias, prazo que expirou em janeiro. Até o momento a eleição não foi realizada devido a embargos impetrados por Adail em cortes superiores.

No julgamento da ação, impetrada pelo adversário derrotado por Adail na eleição passada, o empresário Robson Tiradentes (PSC), os juízes do TRE-AM entenderam que o vencedor do pleito estava indo para o terceiro mandato familiar seguido, uma vez que antes do Filho exercer o mandato na prefeitura, o pai dele, Adail Pinheiro, era prefeito do município, o mais rico do interior do Estado. A situação é proibida pela legislação eleitoral.

Texto: Da Redação

Leia Mais:

 

Leia mais sobre Política

Câmara aprova convite a general Heleno para explicar garimpo na Amazônia

O convite ao general Heleno vem depois que jornal revelou que ele liberou garimpo em terras indígenas ainda intocadas no interior na região de São Gabriel da Cachoeira.

8 de dezembro de 2021

Pesquisa coloca Lula na primeira colocação no primeiro turno

De acordo com a pesquisa da Genial/Quaest, o ex-presidente Lula tem 46% das intenções de votos, bem próximo de ganhar a eleição já no primeiro turno.

8 de dezembro de 2021

MDB lança Simone Tebet para concorrer à Presidência da República

Senadora pelo Mato Grosso, Simone Tebet fez um discurso criticando o governo de Jair Bolsonaro e enfatizando a necessidade de atenção aos mais vulneráveis do País.

8 de dezembro de 2021

Anulação da licença do Linhão Manaus-Boa Vista é pedida à Justiça

Falta de acordo para o pagamento de compensações aos Waimiris-Atroaris é apontado pelo Ministério Público Federal como grave violação das regras ambientais.

8 de dezembro de 2021

Telefonia na região Norte é tema de audiência na Câmara Federal

Autor do pedido de audiência, o deputado Pablo Oliva diz que precariedade do serviço de telefonia na região deixa as populações em situação de vulnerabilidade social.

8 de dezembro de 2021

Bolsonaro edita MP que cria benefício extraordinário para os pobres

Medida Provisória formaliza o pagamento do Auxílio Brasil já neste mês de dezembro e abre a possibilidade de prorrogação do programa até dezembro do próximo ano.

8 de dezembro de 2021

PEC dos Precatórios será promulgada de forma fatiada nesta quarta

Proposta de Emenda Constitucional dos Precatórios vai possibilitar que o governo de Jair Bolsonaro possa viabilizar o programa Auxílio Brasil, que substituirá o Bolsa Família

8 de dezembro de 2021

Wilson Lima entrega R$ 200 mil a associações do setor social de Carauari

Ação ocorreu durante início da distribuição do Auxílio Estadual permanente, no Ceti Professor Pedro Alves da Silva. Mais de 900 pessoas devem ser beneficiadas com o repasse.

7 de dezembro de 2021