segunda-feira, 15 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

EMPREENDEDORISMO

MEIs que perderam prazo para nova Nota Fiscal ainda podem aderir

Antes, o MEI emitia a NFS-e pelo site da Prefeitura. Agora, deve emitir a nota fiscal de padrão nacional pelo portal gov.br/nfse ou pelo aplicativo NFS-e-Mobile.
COMPARTILHE
MEI,Nota Fiscal
(Foto/ Divulgação)

O prazo para a adesão à nova nota fiscal começou no dia 01 de Setembro e muitos Microempreendedores Individuais (MEIs) podem estar se perguntando sobre os próximos passos.

A Nota Fiscal do Microempreendedor Individual (MEI) é um documento fiscal utilizado para comprovar a venda de produtos ou prestação de serviços.

É importante destacar que a nota fiscal emitida pelo MEI deve seguir o modelo correspondente à atividade econômica realizada na operação.

De acordo com o Sebrae, o MEI possui obrigatoriedade de emissão em situações específicas, como:

  • Venda de produtos ou mercadorias para outra pessoa jurídica (empresas): Nesse caso, o MEI deve emitir a Nota Fiscal Eletrônica
  • Prestação de serviços para outra pessoa jurídica (empresas): Quando o MEI presta serviços para uma empresa, é obrigado a emitir a Nota Fiscal de Serviço (NFS-e).
  • Quando o cliente pessoa física exigir a nota fiscal, comprovando a compra ou serviço tomado ou mercadoria comprada.

O que acontece com o MEI que não aderiu?

Quem perdeu o prazo para emissão, ainda pode se cadastrar. O sistema está em funcionamento e, a partir de agora, é a única forma aceita de emissão de nota fiscal.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

O MEI é dispensado de emitir nota fiscal para consumidor pessoa física, salvo quando for solicitado, em atendimento ao Código de Defesa do Consumidor.

Se o destinatário da mercadoria ou serviço for outra empresa, a emissão de NF é obrigatória, podendo ser realizada pelo/a MEI ou pelo/a destinatário/a.  

O MEI não tem a obrigação de emitir a Nota Fiscal Eletrônica – NF-e, mesmo se realizar vendas interestaduais, exceto se desejar. (Base legal:§ 1º do artigo 106, da  Resolução CGSN nº 140, de 2018)

Segundo a Instituição, ainda não é possível fazer uma estimativa de balanço preciso de quantos MEIs ficaram de fora da emissão das novas Notas Fiscais de Serviço Eletrônicas (NFS-e) , uma vez que essa implementação está em curso.

O Sebrae solicita para os MEIs procurarem uma unidade, onde poderão obter orientações específicas sobre como cumprir as obrigações fiscais e se manter em conformidade com a legislação vigente.

Passo a passo de como emitir notas fiscais de serviço pelo Portal Nacional

Acesse o Portal da NFS-e e faça login:

Primeiro Acesso: Faça seu Cadastro: utilize seu CNPJ MEI e crie uma senha para acessar o sistema.

Nova NFS-e: Ao entrar no sistema, você verá os dados cadastrais da sua empresa e várias opções. Para emitir a nota fiscal, clique em “Nova NFS-e”;

Data da competência: Informe a data de competência da nota fiscal, que é a data em que o serviço foi prestado. Pode ser a data atual ou uma data anterior, caso a emissão esteja atrasada. A data de emissão será a do dia em que está emitindo;

Dados do tomador: Os dados da sua empresa já estarão preenchidos automaticamente como emitente/prestador da nota. Agora, informe os dados do tomador do serviço, como CNPJ e endereço. Se houver um intermediador, se houver um intermediador, forneça também os dados dele. Se não houver, basta avançar;

Local e serviço prestado: Indique o local onde o serviço foi prestado e selecione o tipo de serviço da lista disponibilizada pelo site;

Não incidência de ISS: Como MEI, você contribui com o ISS na DAS MEI, então responda “Não” à pergunta sobre não incidência do ISS na prestação de serviço.

Descrição do serviço: Na próxima página, descreva o serviço prestado, incluindo informações importantes, se necessário. Em seguida, clique em “Avançar”;

Valor da nota fiscal: Informe o valor da nota fiscal, correspondente ao valor do serviço prestado;

Tributação municipal: Responda “Não” a todas as perguntas sobre tributação municipal, pois o ISS é recolhido na DAS MEI e não de forma avulsa. Clique em “Não informar nenhum valor estimado de tributos”,

Revisão e emissão: Visualize todas as informações da nota. Se precisar fazer ajustes, clique em “editar”. Caso esteja tudo correto, clique em “Emitir NFS-e” e a nota será emitida

Para maiores esclarecimentos e fazer os respectivos cadastros, os MEIs podem acessar o seguinte endereço: https://www.gov.br/nfse/pt-br/mei

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE