segunda-feira, 15 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

MAIS SEGURANÇA

Fundo Amazônia destina R$ 318 milhões para combate ao crime organizado

COMPARTILHE
Amazônia legal, terras indígenas
Amazonas, Mato Grosso e Roraima foram os estados mais afetados pelo desmatamento no terceiro mês do ano (Foto: Felipe Werneck/Ibama)

Afim de fortalecer a segurança na região amazônica, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, e o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante assinam nesta segunda-feira (17/6), um contrato que destina R$ 318,5 milhões do Fundo Amazônia para o Plano Amazônia: Segurança e Soberania (AMAS).

O presidente Lula estará presente na cerimônia que ocorrerá às 15h, no Palácio do Planalto.

O Plano AMAS visa fortalecer a segurança e a soberania na região amazônica, intensificando o combate ao crime organizado.

O investimento será aplicado na capacitação de profissionais de segurança federais e locais, além de reforçar ações de inteligência e fiscalização com a aquisição e o aluguel de equipamentos como helicópteros de médio porte, lanchas blindadas e viaturas.

Um dos principais objetivos do plano é estruturar e aparelhar o Centro de Cooperação Policial Internacional (CCPI-Amazônia), em Manaus, e integrar a Companhia de Operações Ambientais (COA), uma unidade da Força Nacional especializada no combate ao desmatamento.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

A iniciativa também busca ampliar o intercâmbio de informações entre as forças de segurança federais, as secretarias de segurança pública dos nove estados da Amazônia Legal e representantes dos países que compõem o bioma amazônico.

*Com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE