domingo, 14 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

INÍCIO DA ESTIAGEM

Fumaça volta a ser destaque no céu de Manaus, que registra piora na qualidade do ar

O Sistema Eletrônico de Vigilância Ambiental (Selva) e o World Air Quality Index apontaram que a qualidade do ar estava em nível “moderado” no início da manhã desta terça-feira (25/6).
COMPARTILHE
Fumaça: Manaus registra piora na qualidade do ar. Vista aérea de Manaus (Foto: Alex Pazuello/Secom)
Vista aérea de Manaus (Foto: Alex Pazuello/Secom)

Manaus já começa a sentir os efeitos iniciais da estiagem. Nesta terça-feira (25/6), moradores da capital amazonense relataram nas redes sociais o surgimento de fumaça encobrindo a cidade e um cheiro característico de queimadas no ar.

O Sistema Eletrônico de Vigilância Ambiental (Selva) e o World Air Quality Index apontaram que a qualidade do ar estava em nível “moderado” nesta manhã.

Em outubro do ano passado, Manaus figurou entre as dez cidades com a pior qualidade do ar no mundo, destacando a gravidade do problema.

Mapa da qualidade do ar em Manaus (Foto: Reprodução/Aqicn)
Mapa da qualidade do ar em Manaus (Foto: Reprodução/Aqicn)

Focos de calor no Amazonas

O painel do clima revela que, entre 20 e 25 de junho, foram identificados 43 focos de calor no Amazonas. Esse número é inferior ao registrado no mesmo período do ano passado, com uma redução de três focos.

A maioria dos focos de calor foi detectada no sul do Amazonas, com 32 ocorrências, seguidas por duas na Região Metropolitana, seis no Centro e três no sudoeste do Estado.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

O município de Lábrea lidera com 18 focos de calor, seguido por Boca do Acre com seis. Humaitá e Manicoré registraram três focos, cada.

Painel do clima mostra focos de calor nos últimos cinco dias (Foto: Reprodução/Painel do Clima)
Focos de calor nos últimos cinco dias (Foto: Reprodução/Painel do Clima)

Operação Aceiro 2024

Em resposta à ameaça crescente de incêndios durante a estiagem, o Governo do Amazonas lançou a Operação Aceiro 2024 no início de junho. Esta iniciativa visa combater incêndios florestais, mobilizando 60 militares do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), além de equipamentos de proteção individual e 14 veículos, sendo quatro novos.

A operação abrange 12 municípios do sul do Amazonas e da Região Metropolitana de Manaus (RMM).

A Operação Aceiro 2024 está estruturada em seis fases, que serão implementadas ao longo do verão amazônico. A fase inicial inclui os municípios de Humaitá, Apuí, Lábrea, Boca do Acre, Manicoré, Novo Aripuanã, Maués, Canutama, Tapauá, Careiro, Manaquiri e Autazes.

Leia mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE