sexta-feira, 12 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

PIM

Faturamento da indústria cresce 10,64% no primeiro quadrimestre de 2023

Indicadores da Suframa divulgados nesta sexta-feira (21/6) mostram que houve avanços importantes no faturamento em reais e também em dólar.
COMPARTILHE
Imagem ilustrativa da produção industrial no Amazonas
Setores duas rodas e termoplástico tiveram destaque no primeiro quadrimestre. (Foto: Reprodução)

O faturamento das empresas do Polo Industrial de Manaus no primeiro quadrimestre (jan/abr) deste ano atingiu a marca de R$ 63,8 bilhões, um crescimento de 10,64% em relação ao mesmo período do ano passado. Em dólar, o faturamento do período foi ainda melhor: US$ 12,7 bilhões, contra US$ 11,3 bilhões no primeiro quadrimestre de 2023, um avanço de 12%.

Os números estão nos indicadores da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) divulgados nesta sexta-feira (21/6).

Os números refletem aquilo que já prevíamos no início do ano, quando falávamos  na tendência de redução da taxa básica de juros por parte do Comitê de Política Monetária (Copom), além da estabilização dos níveis dos rios no período. São fatores que contribuíram positivamente com a normalização da produção no PIM e, consequentemente, com o crescimento no faturamento de 10,46% em relação ao mesmo intervalo de 2023”, avaliou o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva. 

Em abril deste ano a massa de trabalhadores atingiu a marca de 116.450 trabalhadores, entre temporários, terceirizados e efetivos. Com os resultados apurados até abril, a média mensal de mão de obra do PIM, em 2024, está estabelecida em 116.966 trabalhadores – crescimento de 4,6% em relação à média mensal de igual período de 2023 (111.818 trabalhadores).

Segmentos que foram destaque no faturamento:

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

  • Bens de Informática (23,37%);
  • Eletroeletrônico (17,37%);
  • Duas Rodas (19,25%);
  • Químico (10%)
  • Termoplástico (8,53%).

Destes segmentos, os polos de Duas Rodas, com faturamento de R$ 12,29 bilhões e crescimento de 22,65%, e Termoplástico, com faturamento de R$ 5,44 bilhões e crescimento de 10,55%, representaram os subsetores mais aquecidos no período.

Receptores de sinal de televisão, com 2.284.338 unidades fabricadas e crescimento de 106,58%, e condicionadores de ar do tipo janela ou de parede, com 152.957 unidades e aumento de 197,86%, estão entre os principais produtos fabricados pelo PIM com maior aumento de produção no período de janeiro a abril deste ano.

As exportações do PIM totalizaram US$ 227.46 milhões até abril, o que indica crescimento de 16,47% na comparação com o mesmo período de 2023 (US$ 195.29 milhões). Apesar do bom desempenho, a balança comercial é francamente favorável as importações de insumos, principalmente de países da Ásia.

Leia mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE