quarta-feira, 17 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Em desaceleração, indicadores industriais não avançam em fevereiro

Emprego tem alta mas faturamento mantém queda na indústria em fevereiro , conforme os dados da CNI revelando tendência de estabilidade no setor em relação aos últimos meses.
COMPARTILHE
indicadores indústria

Os Indicadores Industriais referentes a fevereiro de 2023 confirmam a tendência de desaceleração do ritmo da atividade industrial dos meses anteriores.

Os números revelam que o faturamento real teve uma redução de 0,1% em fevereiro de 2023, em relação a janeiro, sugerindo uma demanda enfraquecida.

Essa é a quinta quedas nos últimos seis meses. Contudo, é importante destacar que, na comparação com fevereiro de 2022, o indicador apresentou um crescimento de 1,4%.

O indicador de emprego se mantém estável, indicando estabilidade após a desaceleração de 2022, mas o rendimento médio real e a massa salarial real recuaram, respectivamente, 1,2% e 1,3%, em fevereiro de 2023 na comparação com janeiro.

Em comparação a fevereiro de 2022, o emprego acumula alta de 0,7%, com crescimento de 3,6% no rendimento médio real e a massa salarial real com crescimento de 4,4%.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Somente a utilização da capacidade instalada iniciou 2023 abaixo do registrado em 2022. Em fevereiro de 2023, houve recuo de 0,2 ponto percentual em relação a janeiro e queda de 2,2% pontos percentuais em relação a fevereiro de 2022. A queda é a terceira desde 2021.

Veja abaixo todos os indicadores:

Da Redação

Leia Mais:

COMPARTILHE