fbpx

domingo, 16 de janeiro de 2022

Suframa reduz em quase 83% prazos de análises para projetos do PIM

Quando a atual gestão da Suframa assumiu, em 2020, havia aproximadamente 70 pleitos de fixação ou alteração de PPBs em análise, com prazo médio para resposta de 899 dias.

30 de novembro de 2021

Compartilhe

Suframa reduziu o tempo de resposta aos pleitos de 899 para 40 dias (Foto: Reprodução)

Um um período de aproximadamente um ano e meio, a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), em parceria com todos os órgãos integrantes do Grupo Técnico de Análise de Processo Produtivo Básico, já conseguiu reduzir em 82,85% o quantitativo de pleitos de fixação ou alteração de Processos Produtivos Básicos (PPBs) em análise e também em 95,55% o prazo médio de avaliação das equipes técnicas, o qual está mensurado, atualmente, em cerca de 40 dias – um terço do prazo legal definido pelo §6º do Art. 6º do Decreto-Lei nº 288/1967.

Quando a atual gestão da Suframa assumiu a Autarquia, em junho de 2020, havia aproximadamente 70 pleitos de fixação ou alteração de PPBs em análise, com prazo médio para resposta formal de 899 dias. No momento, estes quantitativos são, respectivamente, de 12 processos e 40 dias. Em 2021, por exemplo, já foram publicados 97 Portarias Interministeriais de PPBs, sendo 69 de interesse direto da Zona Franca de Manaus (ZFM).

O ganho de produtividade e a redução dos prazos foram possíveis por conta de um maior gerenciamento na gestão dos fluxos de processos e de trabalho das equipes envolvidas, bem como pela adoção de medidas administrativas internas pela Suframa, com destaque para a formação de uma equipe técnica dedicada exclusivamente ao trabalho cognitivo de análise de PPBs, a qual operou diuturnamente, inclusive, em período de pandemia.

Fundamental nesse sentido também foi o cumprimento dos prazos, o trabalho integrado e a reorganização dos fluxos de tramitação e análise pelas equipes do Ministério da Economia e do Ministério de Ciência e Tecnologia atuantes no âmbito do GT-PPB.

“É importante mencionar também que, para atender aos regulatórios do governo federal, a Suframa inseriu sua equipe no programa de gestão e definiu prazos e metas de alcance para as manifestações. Atualmente, o trabalho da equipe é monitorado e os resultados são medidos a partir de indicadores de produtividade, o que tem gerado ganho de tempo e eficiência administrativa”, ressaltou o superintendente da Suframa, Algacir Polsin.

Ainda na avaliação de Polsin, faz-se necessário dar continuidade aos esforços de cumprimento dos prazos legais e também de manutenção dos fóruns de discussão, de forma que todos os interessados na fixação ou alteração de PPBs possam apresentar seus argumentos e ouvir as contrapropostas técnicas.

O superintendente também disse que a Suframa buscará ccontinuar atuando de forma a melhorar o processo de regulamentação e operacionalização dos PPBs, colocando-se à disposição de todos os seus parceiros para aprimorar as estratégias de futuro para o modelo ZFM e criar oportunidades de sinergia a fim de espraiar o desenvolvimento para toda a sua área de abrangência.

“Fizemos um esforço muito grande para melhorar um cenário que estava aquém das necessidades do ambiente de negócios da Zona Franca de Manaus e, atualmente, estamos caminhando firmemente para garantir e reforçar a segurança jurídica dos empreendimentos industriais estabelecidos ou que venham a se estabelecer na região. Temos que seguir nesta direção, atuando de forma sinérgica e comprometida com todos os parceiros institucionais”, complementou o titular da Suframa.

Fonte: Suframa

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Parceria busca soluções para desenvolvimento sustentável da Amazônia

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação e Rede Rhisa querem integrar por meio de soluções tecnológicas ao menos duas mil comunidades rurais.

16 de janeiro de 2022

Sine Manaus oferece 79 vagas de empregos novas nesta segunda-feira

Serviço Nacional de Emprego da prefeitura de Manaus tem vagas novas e remanescentes para diversos profissionais, que devem agendar o atendimento por meio da internet.

16 de janeiro de 2022

Burnout, a ‘nova’ síndrome que vai impactar o mundo do trabalho

Organização Mundial do Trabalho reconhece a Síndrome de Burnout como uma doença ocupacional ligada a atividade do trabalhador. Advogada relata o drama após ser diagnosticada.

16 de janeiro de 2022

Pix é a modalidade de pagamento preferida dos ‘pequenos’

Ao menos 86% dos pequenos negócios realizados no País estão utilizando o Pix como forma preferencial de pagamento. Essa modalidade foi desenvolvida pelo Banco Central.

15 de janeiro de 2022

Pandemia afetou mais empreendedores negros, diz pesquisa do Sebrae

A 13ª Pesquisa de Impacto do Coronavírus nos Pequenos Negócios, feita pelo Sebrae, apontou que 72% dos empresários negros estão faturando menos que brancos.

15 de janeiro de 2022

Supremo Tribunal recebe nova ação contra a PEC dos Precatórios

Ação apresentada ao Supremo Tribunal Federal pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil questiona vários pontos da emenda aprovada no Congresso.

15 de janeiro de 2022

Governo Bolsonaro implodiu mesa de negociação e pode encarar greves

Presidente do Fórum Nacional das Carreiras Típicas de Estado prevê que a falta de diálogo com categorias do serviço público causará sucessivas paralisações e greves.

15 de janeiro de 2022

Pagamento pela internet conquistou a preferência dos brasileiros

Levantamento feito por empresa especializada em novas tecnologias mostrou que em 2021 mais da metade dos brasileiros optaram por realizar pagamentos via internet.

15 de janeiro de 2022