fbpx

sexta, 20 de maio de 2022

‘Silêncio’ do Ministério da Economia sobre os PPBs trava indústrias

A incerteza de prazo para a aprovação dos PPBs, por parte do Ministério da Economia, é um problema ‘crônico’ e que impacta diretamente na programação dos investidores do PIM.

18 de maio de 2021

Compartilhe

Atraso na aprovação de PPBs prejudica indústrias (Foto: Reprodução)

O Ministério da Economia manteve o ‘silêncio’ ao ser questionado quanto à previsão para aprovação dos Processos Produtivos Básicos (PPBs), que tramitam no Grupo Técnico Interministerial de Análise de Processos Produtivos Básicos (GT-PPB). Os processos que estão sob a responsabilidade do Governo Federal envolvem os setores de duas rodas, bens de informática, metais preciosos, plástico, eletroeletrônico, químico, dentre outros.

A incerteza de prazo para a aprovação dos PPBs, por parte do Ministério da Economia, é um problema ‘crônico’ e que impacta diretamente na programação dos investidores do Polo Industrial de Manaus (PIM), comprometendo o crescimento econômico da região.

A reportagem do Portal RealTime1 questionou o Governo Federal quanto à quantidade de processos, relacionados à Zona Franca de Manaus (ZFM), estão em tramitação e qual seria previsão para o parecer, se aprovados ou reprovados. Mas, o Ministério da Economia respondeu apenas que não iria se pronunciar sobre o assunto.

Função do PPB

O PPB normaliza e habilita o produto para concessão de incentivos fiscais na ZFM. O processo fixa um conjunto mínimo de etapas físicas a serem cumpridas pelas empresas que se candidatam a receber incentivos e foi estabelecido para gerar maior adensamento da cadeia produtiva e agregação nacional.

O prazo legal para a tramitação dos processos é de 120 dias.

Prejuízo ao Estado

De acordo com o presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, a demora na aprovação dos PPBs retarda os investimentos e, consequentemente, afeta a geração de emprego e renda no estado.

“O atraso na aprovação dos PPBs é prejudicial porque retarda o investimento e consequentemente retarda a geração de emprego, que é o mais importante para nós. Temos que atuar junto ao GT-PPB para saber de verdade quantos processos são e quanto tempo faz que estão lá para ver como podemos destravar e fazer com que sejam aprovados o quanto antes”, disse Périco.

PPBs em análise na Suframa

Conforme a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), atualmente existem duas propostas de alteração de PPBs em análise na autarquia. As propostas tratam sobre produção de jogos cartonados e telefone celular.

A Suframa ainda informou que, após a aprovação do PPB, a empresa tem o prazo para implantar o projeto, de até 36 meses, caso contrário, o projeto é cancelado.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Preços de carros elétricos podem cair 20% com redução de imposto

O projeto de Lei 403/2022, que tramita no Senado Federal, propõe zerar o Imposto de Importação dos veículos elétricos e híbridos até 31 de dezembro de 2025.

19 de maio de 2022

Privatização da Eletrobras prejudica mais o Norte e Nordeste, diz deputado

Segundo parlamentar da Frente Mista em Defesa da Eletrobrás, empresas que vendem energia no Norte e Nordeste com subsídio, vão embora para outros países com a privatização.

19 de maio de 2022

Por 7 a 1, Tribunal de Contas da União aprova privatização da Eletrobras

Resultado é uma vitória do ministro Paulo Guedes, que agora tem caminho aberto para executar a privatização de uma empresa inteira antes do fim do mandato de Jair Bolsonaro.

19 de maio de 2022

Bolsonaro sanciona MP que torna Auxílio Brasil de R$ 400 permanente

A proposta inicial do governo era de que esse valor valesse até dezembro. Benefício extraordinário passa a fazer parte do conjunto de benefícios do Programa Auxílio Brasil.

19 de maio de 2022

Faturamento de bares e restaurantes do AM tem alta de até 10% em abril

Em março, os números começaram a 'encostar' no resultado de 2019 e em abril chegou a superar entre 5% e 10% os números do ano anterior ao início da pandemia.

19 de maio de 2022

Gucci lança guarda-chuva que não protege da chuva por mais de R$ 6.000

O item, uma colaboração da marca italiana com a Adidas, não é a prova d'água e serve para proteger do sol ou para uso decorativo, segundo a descrição no site da grife.

19 de maio de 2022

Retomada: turismo nacional apresenta crescimento de 43,5% em março

Segundo avaliação da FecomércioSP, setor se aproxima dos patamares anteriores à pandemia, ainda que os números sejam 7,1% inferiores quando comparados a março de 2019.

19 de maio de 2022

Oito cidades do AM recebem R$ 60 milhões para modernizar aeroportos

Os projetos incluem serviços de recapeamento de pista de pouso e decolagem, pista de taxiamento e pátio de estacionamento de aeronaves; limpeza de faixa de pista; etc.

19 de maio de 2022