fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

Além do PIM, redução do IPI ameaça a continuidade da UEA no estado

Universidade do Estado Amazonas é mantida, por meio de lei estadual, através repasse de 1% total de tributos gerados pelas indústrias amazonenses sobre o faturamento anual.

28 de fevereiro de 2022

Compartilhe

Redução do IPI põe em risco continuidade da UEA no estado (Foto: Divulgação)

O decreto 10.979/22 que reduz o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), em 25%, e prejudica a competitividade do Polo Industrial de Manaus (PIM), publicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) na sexta-feira (25), também deverá afetar a continuidade das operações da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). A faculdade é mantida, por meio de lei estadual, através repasse de 1% do total de tributos gerados pelas indústrias amazonenses sobre o faturamento anual.

Em 2021, o PIM foi responsável pelo repasse de mais de R$1,5 bilhão, ao considerar que o faturamento do parque industrial contabilizou R$ 158,62 bilhões, com um crescimento de 31,9% em relação ao montante apurado em 2020, segundo os números da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Dados da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) mostram que, em valores reais, em janeiro de 2022, o setor industrial repassou R$51 milhões à UEA. O número é 8,84% superior ao destinado ao subsídio à área educacional do estado no mesmo período do ano anterior.

De acordo com o reitor da UEA, Cleinaldo Costa, a publicação do decreto por parte do governo federal, que atingirá a produção na ZFM, terá inevitáveis consequências na atuação da Universidade, principalmente nos municípios do interior do estado.

“Toda e qualquer alteração na legislação tributária que afete negativamente as indústrias do PIM consequentemente trará prejuízos à UEA, à educação e ao desenvolvimento estratégico do Amazonas, sobretudo no interior, onde a UEA responde pela quase totalidade da presença da educação superior”, expressou.

Costa destacou que ao longo de 20 anos a universidade formou mais de 56 mil pessoas e está posicionada entre as 50 melhores universidades brasileiras pelo Times Higher Education (THE), revista britânica que realiza um ranking considerando 1,4 mil universidades de 92 países.

Candidatos à reitoria são contra o decreto

O candidato à reitoria da UEA pela Chapa 19, doutor André Zogahib, disse que a redução da receita do estado prejudicará a UEA, por conta do vínculo à arrecadação proveniente das fabricantes. Ele destacou a importância de pleitear novas fontes de receita.

“Se a receita do estado for reduzida, prejudicará demais a universidade. Nossa intenção é impedir que isso aconteça e, mais ainda, primar para que tenhamos condições de ter outras fontes de receita que não apenas essa vinculada à arrecadação do DI.”

Do outro lado, o doutor Alcian Pereira de Souza, que também é candidato a reitor da UEA pela Chapa 22, destacou que terá uma atenção especial em relação à pauta da redução do IPI.

“Estamos atentos às modificações legislativas que prejudicam a competitividade da Zona Franca de Manaus. É claro que, como toda a sociedade amazonense, parlamento federal, governo do estado, nós nos somamos a essa preocupação, porque indiretamente, afeta a própria universidade”, afirmou.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Com R$ 195 bilhões, Receita bate recorde de arrecadação em abril

No quadrimestre (de janeiro a abril de 2022), a arrecadação da Receita Federal alcançou o valor de R$ 743,2 bilhões, o que representa um acréscimo de 11,05% pelo IPCA.

26 de maio de 2022

Redução do ICMS: Bolsonaro sinaliza veto a compensação para estados

Bolsonaro disse que compensação, prevista em projeto aprovado na Câmara que limita ICMS da energia e de combustíveis, "não tem cabimento" e que poderá vetar o dispositivo.

26 de maio de 2022

Criticado até por bolsonarista, salário mínimo de R$ 1.212 é aprovado

Valor já está em vigor desde o primeiro dia do ano, quando Bolsonaro editou a medida provisória. A proposta, no entanto, precisava ser confirmada pelo Congresso Nacional.

26 de maio de 2022

Wilson Lima anuncia investimentos de quase R$ 25 milhões para CT&I

Por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapeam), os recursos serão aplicados em sete editais, sendo seis inéditos, de programas de apoio a pesquisas científicas.

26 de maio de 2022

Para economistas, ICMS em 17% terá pouco impacto na redução de preços

Economistas acreditam que projeto que estipula teto de 17% na cobrança de ICMS não resultará em redução expressiva no preço do combustível, com queda de até 5% nos preços.

26 de maio de 2022

Novamed anuncia expansão no PIM com investimento de R$ 50 milhões

Empresa pretende aumentar a produção de 1 bilhão e 100 milhões de comprimidos/mês para 1 bilhão e 400 milhões/mês, além da garantia de cerca de 900 postos de trabalho.

26 de maio de 2022

Indígenas Tikuna participam de oficina de artesanato em Benjamin Constant

O Workshop, promovido em parceria com o Sebrae Amazonas, contou com a presença de consultores de artesanato do Ceará, do Espírito Santo, Colômbia e Brasília.

26 de maio de 2022

Caixa amplia em até 21,4% subsídio do programa Casa Verde Amarela

Percentuais vão variar de 12,5% a 21,4%. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, acréscimo varia conforme região, renda familiar e população do município.

26 de maio de 2022