fbpx

domingo, 28 de novembro de 2021

Petrobras pede autorização para explorar petróleo na foz do Rio Amazonas

Estatal protocolou pedido de Licença Ambiental junto ao Ibama para exploração de petróleo na região onde estão localizados os recém descobertos Corais da Amazônia.

25 de outubro de 2021

Compartilhe

Blocos nunca obtiveram licenças para exploração de petroleo (Foto: Reprodução/Greepeace)

A Petrobras protocolou um pedido de Licença Ambiental junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para a exploração de reservas de petróleo na região da foz do Rio Amazonas – área de sustentabilidade ambiental.

De acordo com reportagem publicada pelo Estadão, a estatal apresentou o documento no último dia 30 de agosto, mas o ato só se tornou público com a publicação de uma nota, na edição da última sexta-feira (22) do Diário Oficial da União (DOU).

A solicitação inclui cinco blocos localizados em água profundas, a aproximadamente 120 quilômetros da costa do Amapá e acontece após o Ibama rejeitar quatro pedidos feitos pela antiga dona das concessões, a petroleira francesa Total E&P. A área é considerada pela Petrobras como sendo “fronteira exploratória de alto potencial na margem equatorial brasileira”.

A exploração de petróleo na região é controversa, já que poderá ameaçar os recém descobertos corais da Amazônia, ecossistema que se estende entre a costa do Amapá, passando pela costa do Maranhão até a Guiana Francesa. Além disso, o Greepeace alerta que a atividade pode causar impactos negativos perturbação ao bem-estar de animais como baleias, golfinhos, tartarugas e peixes-boi, risco de contaminação de um dos maiores manguezais do mundo.

Em fevereiro desse ano, Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou a transferência dos cinco blocos de petróleo da Total para a Petrobras. A decisão aconteceu após a empresa francesa não conseguir o licenciamento ambiental dos blocos.

Leiloados em 2013, e arrematados pelo consórcio formado entre a Total e a britânica BP, os blocos, localizados em área de extrema riqueza ambiental, nunca obtiveram licenças para exploração petrolífera. O último pedido de perfuração da bacia apresentado pela concessionária foi rejeitado pelo Ibama no ano de 2018.

*Com informações da Agência Estado

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Pilotos e Comissários aceitam proposta do TST e cancelam greve

A proposta lançada pelo TST para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da aviação regular foi aprovada por meio de votação eletrônica entre a categoria.

27 de novembro de 2021

Senai oferta mais de 1,7 mil vagas em cursos técnicos gratuitos

As aulas iniciarão em janeiro de 2022, de forma presencial e a distância (EaD). Os interessados deverão se inscrever a partir de segunda-feira (29) até o dia 7 de janeiro.

27 de novembro de 2021

Defensoria lança concurso para provimento de servidores auxiliares

São ofertadas duas vagas para o cargo de analista jurídico e uma para assistente técnico administrativo. Os aprovados vão trabalhar na DPE-AM em Manicoré.

27 de novembro de 2021

Manaus faz Cultura destina R$900 mil para descentralização artística

No total, 45 projetos foram contemplados. Cada projeto receberá o valor de R$ 20 mil, totalizando R$ 900 mil destinados à formação, vivências artísticas e oficinas.

27 de novembro de 2021

Projeto de renovação dos incentivos fiscais é encaminhado à Aleam

Governador pediu à Aleam a tramitação do PL em regime de urgência. PL prorroga a política estadual de incentivos fiscais e extrafiscais para atrair investimentos ao AM.

27 de novembro de 2021

Para indústria, Projeto não vai eliminar atrasos na aprovação de PPB

Proposta quer garantir atração de investimentos ao Polo Industrial de Manaus a partir de prazos mais céleres para respostas da Suframa e governo federal à empresa solicitante

27 de novembro de 2021

Preocupação com nova variante derruba Bolsas da Europa

Ações ligadas a turismo e petroleiras despencaram. Paralelamente, dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) reforçaram que inflação na zona do euro será temporária.

26 de novembro de 2021

Qualidade de vida no AM foi a sexta pior do país entre 2017 e 2018

Segundo dados do IBGE, a taxa de perda de qualidade de vida do Amazonas ficou em 0,216, obtendo resultado melhor apenas em relação ao Maranhão, Pará, Acre, Amapá e Alagoas.

26 de novembro de 2021