fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

Páscoa: 72% dos consumidores de Manaus vão gastar até R$ 50

Pesquisa da Fecomércio confirma que o ovo de páscoa ainda tem apelo junto aos consumidores, já que 92% dizem que vão comprar o produto em 2022.

31 de março de 2022

Compartilhe

Super mercados são os locais preferidos para a compra dos ovos de Páscoa (Foto: Reprodução})

Tradicional produto da Páscoa, o ovo de chocolate ainda tem o apelo para convencer o consumidor de Manaus a por a mão no bolso. Material do  Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas (Ifpeam) divulgado, nesta quinta-feira (31), aponta que 92% dos entrevistados confirmam interesse em comprar ovos de páscoa esse ano. Porém o tiquete será baixo, 72% vão se limitar a gastar até R$ 50 pelo produto.

 O levantamento ouviu 315 consumidores em diferentes zonas da cidade e os indagou sobre o que pretendem comprar, quanto esperam gastar, os fatores que influenciam pela escolha do local da compra e onde planejam adquirir os produtos na sazonalidade. 

O preço foi o fator decisivo na hora de adquirir os produtos. 36% dos entrevistados o escolheram como o primeiro critério na hora da compra. Em seguida, vieram a qualidade com 28%, promoções/descontos (24%), localização (16%), facilidade de pagamento (7%), diversidade de produtos (3%) e comodidade (2%). Marca e frete grátis representam 3%. 

Os produtos de chocolate mantêm a preferência do consumidor. Os ovos de Páscoa industrializados ficam na liderança com 50% das intenções de compra, enquanto ‘Caixas de Bombons’ e ‘Barras de Chocolate Industrializadas’ são a escolha de 38% dos entrevistados. ‘Ovos de Páscoa Caseiros’, com 12%, completam a lista.

Ainda segundo a pesquisa, a maioria dos consumidores pretende realizar compras nos super e hipermercados (37%). Os shopping centers foram escolhidos por 25% dos entrevistados. Devido à proximidade com os lares, 16% dos consumidores optam por fazer as compras no comércio de bairro e 15% preferem o Centro, enquanto 6% optam pelas confeitarias artesanais.  

Com informações da Assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Com R$ 195 bilhões, Receita bate recorde de arrecadação em abril

No quadrimestre (de janeiro a abril de 2022), a arrecadação da Receita Federal alcançou o valor de R$ 743,2 bilhões, o que representa um acréscimo de 11,05% pelo IPCA.

26 de maio de 2022

Redução do ICMS: Bolsonaro sinaliza veto a compensação para estados

Bolsonaro disse que compensação, prevista em projeto aprovado na Câmara que limita ICMS da energia e de combustíveis, "não tem cabimento" e que poderá vetar o dispositivo.

26 de maio de 2022

Criticado até por bolsonarista, salário mínimo de R$ 1.212 é aprovado

Valor já está em vigor desde o primeiro dia do ano, quando Bolsonaro editou a medida provisória. A proposta, no entanto, precisava ser confirmada pelo Congresso Nacional.

26 de maio de 2022

Wilson Lima anuncia investimentos de quase R$ 25 milhões para CT&I

Por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapeam), os recursos serão aplicados em sete editais, sendo seis inéditos, de programas de apoio a pesquisas científicas.

26 de maio de 2022

Para economistas, ICMS em 17% terá pouco impacto na redução de preços

Economistas acreditam que projeto que estipula teto de 17% na cobrança de ICMS não resultará em redução expressiva no preço do combustível, com queda de até 5% nos preços.

26 de maio de 2022

Novamed anuncia expansão no PIM com investimento de R$ 50 milhões

Empresa pretende aumentar a produção de 1 bilhão e 100 milhões de comprimidos/mês para 1 bilhão e 400 milhões/mês, além da garantia de cerca de 900 postos de trabalho.

26 de maio de 2022

Indígenas Tikuna participam de oficina de artesanato em Benjamin Constant

O Workshop, promovido em parceria com o Sebrae Amazonas, contou com a presença de consultores de artesanato do Ceará, do Espírito Santo, Colômbia e Brasília.

26 de maio de 2022

Caixa amplia em até 21,4% subsídio do programa Casa Verde Amarela

Percentuais vão variar de 12,5% a 21,4%. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, acréscimo varia conforme região, renda familiar e população do município.

26 de maio de 2022