fbpx

sexta, 12 de agosto de 2022

Manaus é uma das cidades que concentraram 25% do PIB do país em 2019

São Paulo, sozinha, respondia por 10,3% do PIB, segundo dados do IBGE. Na sequênicia aparecem Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Manaus e Porto Alegre.

17 de dezembro de 2021

Compartilhe

Manaus e Porto Alegre responderam por 1,1% do PIB nacional em 2019 (Foto: Reprodução)

Oito municípios brasileiros concentravam 25% do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, em 2019. São Paulo, sozinha, respondia por 10,3%, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Depois da São Paulo aparecem Rio de Janeiro (com participação de 4,8%), Brasília (3,7%), Belo Horizonte e Curitiba (com 1,3% cada uma), Manaus e Porto Alegre (1,1%). Osasco, em São Paulo (também com participação de 1,1%), é a única cidade que não é capital a figurar nas oito primeiras posições.

Completam o top 10, as cidades de Fortaleza e Campinas (SP), com 0,9% cada uma. Considerando-se os 92 municípios da cidade-região de São Paulo (que inclui a Grande São Paulo e municípios vizinhos), a área responde também por cerca de 1/4 do PIB nacional.

Além de continuar na liderança absoluta da lista de PIB dos municípios, São Paulo também é uma das cidades que mais aumentaram sua participação na economia nacional, de 2018 para 2019. Também aparecem na lista de ganho de participação as cidades de Maricá (RJ), Saquarema (RJ), Parauapebas (PA), Brasília e São José dos Pinhais (PR).

PIB per capita

O município com o maior PIB per capita, ou seja, o PIB dividido pelo total da população da cidade, foi Presidente Kennedy (ES), com R$ 464.883,49, ou seja, 13 vezes maior do que a média nacional (R$ 35.161,70).

Entre as capitais, Brasília ocupa a liderança, com R$ 90.742,75, ou seja, 2,5 vezes maior do que o PIB per capita nacional. Já Belém, com R$ 21.708,55 (62% da média nacional), ficou em último lugar, entre as capitais.

Administração pública

A administração pública era a principal atividade econômica em 2019, em 48,9% dos municípios do país. Nos estados do Acre, Amapá, Piauí e da Paraíba, esse predomínio ocorria em mais de 90% dos municípios. No estado de São Paulo, apenas 9,9% dos municípios tinham a administração pública como atividade econômica principal.

Fonte: Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Manaus ganha voo direto da Azul para a Flórida, nos Estados Unidos 

A Azul começa a operar os voos a partir do dia 15 de dezembro deste ano. Segundo o Governo, o turismo de pesca será muito beneficiado com a ponte aérea Amazonas-Flórida.

11 de agosto de 2022

Setor de serviços do AM apresenta queda de 5,1% em junho, aponta IBGE

A variação percentual acumulada no ano (de janeiro a junho) apresentou alta de 9,7%, e no acumulado dos últimos 12 meses, o setor teve queda para 9,5%, no Estado.

11 de agosto de 2022

Casas Bahia inaugura 5 lojas e Centro de Distribuição nesta sexta em Manaus

Chegadas das lojas já proporcionam impacto na economia local, com a geração de 380 empregos diretos e 1.140 indiretos, totalizando mais de 1.500 novos empregos na cidade.

11 de agosto de 2022

Mesa-redonda discute futuro da ZFM diante dos ataques vindos de Brasília

Organizado pelo Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM), evento faz parte da programação da Semana do Economista 2022, que acontece até sábado (13).

11 de agosto de 2022

Santander abre inscrições para programa de empreendedorismo

2ª edição do Santander X Brazil Award 2022 apoia universitários e startups com mentoria, incentivo financeiro e assessoria para o lançamento e aceleração de projetos.

11 de agosto de 2022

Petrobras reduz preços de venda de diesel para as distribuidoras

A partir de amanhã (12), o preço médio de venda de diesel A da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 5,41 para R$ 5,19 por litro, redução de R$ 0,22 por litro.

11 de agosto de 2022

Conheça Alexandre Ywata, secretário de Guedes que vai presidir a reunião do CAS

Mestre em estatística pela Universidade de Brasília (UnB) e PhD em estatística pela Northwestern University, Ywata foi nomeado Secretário Especial da Sepec no dia 6 de julho.

11 de agosto de 2022

Em sete meses, produção de motos acumula o melhor resultado desde 2015

No acumulado do ano foram fabricadas 776.069 motocicletas, alta de 16,9% na comparação com mesmo período de 2021. Só em julho 104.776 unidades saíram das fábricas de Manaus.

11 de agosto de 2022