fbpx

sexta, 20 de maio de 2022

Lei do Gás pode gerar mais de 20 mil empregos diretos, diz Wilson Lima

De acordo com o governador do Amazonas, após a sanção da nova legislação, setor ganha competitividade para atrair novos investimentos em um mercado estimado em R$ 4 bilhões.

18 de março de 2021

Compartilhe

Segundo o governador, empresas estão interessadas em se estabelecer no estado (Foto: Reprodução)

Após sancionar a Lei nº 5.420 (Lei do Gás), nesta quarta-feira (17), o governador Wilson Lima (PSC) destacou os ganhos econômicos e sociais que o novo marco legal do serviço de distribuição e comercialização de gás natural poderá trazer ao Amazonas.

A estimativa é que sejam gerados pelo menos 20 mil empregos diretos, em até sete anos, e que a tarifa social do gás prevista na lei beneficie 50 mil famílias. O setor passa a ganhar competitividade para atrair novos investimentos em um mercado estimado em R$ 4 bilhões.

“Esse é um caminho muito significativo que o estado do Amazonas toma, porque nós temos a maior reserva de gás em terra do país e isso tem que ser usado em benefício para o nosso cidadão. O estado do Amazonas foi o primeiro a aprovar, na sua Assembleia Legislativa (ALEAM), a abertura do mercado de gás, e essa é uma lei que está em consonância com a lei aprovada na Câmara Federal”, disse o governador.

Nova matriz econômica

O mercado de gás pode vir a ser uma nova alternativa de matriz econômica para o estado, paralela à Zona Franca de Manaus. O Amazonas, que é atualmente o terceiro maior produtor de gás natural no país, tem 16 áreas de exploração situadas em 19 municípios, incluídas em edital de licitação da Agência Nacional de Petróleo (ANP), cuja data de realização ainda não está definida.

Wilson Lima disse que várias empresas já estão interessadas em se estabelecer no estado por conta do novo marco legal. Ele ressaltou, ainda, que o insumo vai garantir segurança energética para diversas atividades.

“Principalmente a indústria da transformação e o polo cerâmico. A questão das olarias, por exemplo, no município de Iranduba, que usam madeira para poder queimar o tijolo”, citou. O gás natural é uma fonte de energia mais limpa que outros combustíveis e mais barata.

Benefícios poderão ser percebidos

Segundo o governador, os impactos da nova lei começam a ser percebidos já no mês que vem.

“A partir de abril já começam a se deslocar as carretas para Roraima, transportando esse gás para fazer funcionar uma térmica (em Jaguatirica). Isso gera ISS (Imposto sobre Serviços) para o município, gera ICMS para o Governo do Estado e gera, também, emprego e renda”, destacou, ao se referir ao transporte da produção de gás da empresa Eneva, do campo de Azulão, em Silves, para o estado vizinho.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Preços de carros elétricos podem cair 20% com redução de imposto

O projeto de Lei 403/2022, que tramita no Senado Federal, propõe zerar o Imposto de Importação dos veículos elétricos e híbridos até 31 de dezembro de 2025.

19 de maio de 2022

Privatização da Eletrobras prejudica mais o Norte e Nordeste, diz deputado

Segundo parlamentar da Frente Mista em Defesa da Eletrobrás, empresas que vendem energia no Norte e Nordeste com subsídio, vão embora para outros países com a privatização.

19 de maio de 2022

Por 7 a 1, Tribunal de Contas da União aprova privatização da Eletrobras

Resultado é uma vitória do ministro Paulo Guedes, que agora tem caminho aberto para executar a privatização de uma empresa inteira antes do fim do mandato de Jair Bolsonaro.

19 de maio de 2022

Bolsonaro sanciona MP que torna Auxílio Brasil de R$ 400 permanente

A proposta inicial do governo era de que esse valor valesse até dezembro. Benefício extraordinário passa a fazer parte do conjunto de benefícios do Programa Auxílio Brasil.

19 de maio de 2022

Faturamento de bares e restaurantes do AM tem alta de até 10% em abril

Em março, os números começaram a 'encostar' no resultado de 2019 e em abril chegou a superar entre 5% e 10% os números do ano anterior ao início da pandemia.

19 de maio de 2022

Gucci lança guarda-chuva que não protege da chuva por mais de R$ 6.000

O item, uma colaboração da marca italiana com a Adidas, não é a prova d'água e serve para proteger do sol ou para uso decorativo, segundo a descrição no site da grife.

19 de maio de 2022

Retomada: turismo nacional apresenta crescimento de 43,5% em março

Segundo avaliação da FecomércioSP, setor se aproxima dos patamares anteriores à pandemia, ainda que os números sejam 7,1% inferiores quando comparados a março de 2019.

19 de maio de 2022

Oito cidades do AM recebem R$ 60 milhões para modernizar aeroportos

Os projetos incluem serviços de recapeamento de pista de pouso e decolagem, pista de taxiamento e pátio de estacionamento de aeronaves; limpeza de faixa de pista; etc.

19 de maio de 2022