fbpx

terça, 24 de maio de 2022

Legalização de jogos poderá inserir AM nas principais rotas turísticas

Para empresários e parlamentares a ementa poderá viabilizar novos horizontes ao setor turístico e simultaneamente, promover o desenvolvimento econômico da região.

16 de março de 2022

Compartilhe

Legalização de jogos poderá inserir o estado nas principais rotas turísticas (Foto: Reprodução)

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Amazonas (ABIH-AM) e a Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) consideram o projeto de lei (442/91) que prevê a legalização de jogos de azar no Brasil, incluindo cassinos, bingos, jogo do bicho e apostas esportivas, como positivo. Na avaliação dos representantes, a ementa poderá viabilizar novos horizontes ao setor turístico e simultaneamente, promover o desenvolvimento econômico da região.

O PL foi aprovado pela Câmara dos Deputados no final do mês de fevereiro e aguarda análise do Senado.

Para o presidente da ABIH-AM, Roberto Bulbol, a aprovação do projeto representa desenvolvimento e caso o Amazonas atenda aos critérios e seja escolhido como um dos estados para receber os cassinos, ingressará na rota dos grandes destinos turísticos. Ele citou exemplos de Las Vegas, cidade de Nevada, nos Estados Unidos (EUA), o Paraguai e Marrocos, que segundo o empresário, se tornaram rotas turísticas conhecidas por meio da promoção das atrações e entretenimento.

“Para o país e para o estado é uma necessidade porque a pessoa vai conhecer o destino e conta com uma série de atrativos nos cassinos como shows, lutas, boa gastronomia. As pessoas não vão para jogar, mas para se divertir. Existe todo um controle. Las Vegas era isolada e hoje é um dos grandes destinos do mundo”, disse.

“O Brasil tem que acompanhar o crescimento. Temos que estar junto ao desenvolvimento. Esperamos que o Amazonas seja contemplado por esse avanço”, completou.

Na avaliação do presidente da comissão de turismo da Aleam, Tony Medeiros, caso o projeto seja aprovado contribuirá para o desenvolvimento turístico e econômico dos estados que receberem os cassinos.

O parlamentar explica que no país os jogos já existem e movimentam de forma ilegal cerca de R$ 15 bilhões por ano. Enquanto o mercado de apostas esportivas on-line já foi regulamentado e movimenta no mínimo R$ 2 bilhões por ano.

“Temos bons exemplos de que os cassinos, com o devido controle e fiscalização, atraem turistas e ajudam a promover o desenvolvimento econômico nas regiões em que se estabeleceram. A ilegalidade traz riscos ao apostador que não tem a quem recorrer se tiver problemas com uma aposta. Vejo os cassinos como uma alternativa de desenvolvimento econômico, desde que tenha regras claras, controle e fiscalização”, defendeu.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Procon volta a multar Claro/Net em R$ 3,6 mi por apagão de internet no AM

O apagão de internet ocorreu no dia 12 de fevereiro deste ano, em Manaus. O Procon-AM já havia multado a empresa, com o mesmo valor, por outro apagão também em fevereiro.

24 de maio de 2022

Governo do AM beneficia colônia de pescadores de Maués

Governo assinou dois termos de doação onerosa com a Colônia de Pescadores Z-16. Por meio da ação, pescadores foram contemplados com um kit feira e uma fábrica de gelo.

24 de maio de 2022

Lira determina instalação de comissão para analisar reforma tributária

A proposta prevê que estados e municípios criem seus impostos sobre renda e patrimônio na forma de um adicional do imposto federal, delegando sua cobrança ao fisco federal.

24 de maio de 2022

Em reunião emergencial, governadores discutem ICMS dos combustíveis

Fórum dos Governadores vai discutir nesta terça-feira como enfrentar a votação, marcada para esta tarde na Câmara dos Deputados, doprojeto de lei que limita em 17% o ICMS.

24 de maio de 2022

Câmara deve votar hoje PL que limita impostos sobre energia e combustíveis

Projeto considera essenciais bens e serviços relativos a combustíveis, energia elétrica, impedindo a aplicação de alíquotas de tributos iguais às de produtos supérfluos.

24 de maio de 2022

Sebrae acelera pequenos negócios da bioeconomia da Amazônia

Iniciativa faz parte do programa Inova Amazônia. Entre as soluções apoiadas estão a produção de fármaco para tratamento de dependência química e produção de cosméticos.

24 de maio de 2022

Intenção de Consumo das Famílias cresce pelo quinto mês seguido

Índice atingiu 79,5 pontos em uma escala de zero a 200 pontos, maior patamar desde maio de 2020 (81,7 pontos). Na comparação com maio de 2021, crescimento chega a 17,7%.

24 de maio de 2022

BNDES lança edital de seleção de startups de impacto socioambiental

No estágio de criação, programa irá selecionar até 20 empreendedores ou startups de impacto e, no tração, até 25 startups de impacto com faturamento inferior a R$ 16 milhões.

24 de maio de 2022