fbpx

segunda, 23 de maio de 2022

Projeto que regulariza jogos de azar divide bancada do Amazonas

Os deputados Silas Câmara e José Ricardo contam com o prometido veto de Jair Bolsonaro ao projeto que legaliza jogos de azar e permite a abertura de cassinos.

13 de março de 2022

Compartilhe

Os jogos de azar e o funcionamento de cassinos no Brasil foram proibidos pelo ex-presidente Jânio Quadros, no início de 1961. (Foto: Reprodução)

O projeto de lei que libera os jogos de azar no Brasil, aprovado recentemente pela Câmara dos Deputados, deverá sofrer tentativas de derrubada antes mesmo de seguir para o Senado. O assunto é polêmico e não conseguiu convencer nem mesmo os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), defensor da medida.

O deputado federal Silas Câmara (Republicanos) disse ao RealTime1 que a bancada evangélica em Brasília está fazendo de tudo para tentar frear essa aprovação. O parlamentar afirmou que ”qualquer tipo de pequena vantagem em termos de recolhimento de imposto não se compara ao prejuízo moral e familiar” e completou dizendo que a aprovação seria desastrosa.

”A questão da regularização dos jogos no Brasil é sem dúvida nenhuma um drama, é uma coisa que se compara a um grande desastre pra sociedade. Estamos trabalhando fortemente para evitar que esse drama se instale no Brasil”, afirmou.

Bolsonaro vai vetar, garante Silas

Silas disse ainda que caso os esforços não sejam suficientes para barrar o texto no Senado, o presidente da República irá vetar o projeto. ”Nós já temos a palavra do presidente Bolsonaro que ele vai vetar o projeto se chegar a ser aprovado no Senado e depender da caneta dele para a sanção”, completou.

Vai servir para lavagem de dinheiro, diz José Ricardo

Além de Silas, José Ricardo (PT) foi o outro parlamentar que votou contrário ao texto. Ele afirmou ao RealTime1, que por enquanto não está articulando nenhuma medida para sustar os efeitos, no entanto, deixou claro que a medida não trará contribuições positivas.

”Teoricamente, legalizar jogos, quando a gente sabe que não haverá controle nenhum e a gente sabe que vai servir para lavagem de dinheiro e também não vai gerar empregos adicionais, nem vai resolver os problemas da economia do Brasil”, analisou Zé Ricardo

Ele afirmou que empresários podem estar por trás dessa tentativa. ”Grupos empresariais, muitas vezes de fora, estão se aproveitando e patrocinando parlamentares que apoiam essa atividade ilegal e tentando aprovar esse projeto. Eu espero que realmente o governo vete”, afirmou.

O senador Plínio Valério (PSDB) disse ao RealTime1 que ainda precisa conhecer melhor o projeto, mas que num primeiro momento ele é a favor da liberação da construção de cassinos em resorts de luxo.

”A princípio eu sou muito aberto (a aprovação) de cassinos em resorts, porque o resort é mais longe, só vai quem quer, é lugar caro, então a gente tem um argumento”, defendeu.

O texto que regulamenta os jogos de azar no Brasil foi aprovado em fevereiro pelos deputados por 246 votos a favor e 202 contra.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Saiba quem são os famosos que já anunciaram em quem votam para presidente

Na lista estão a cantora Pabllo Vittar, que segurou uma bandeira de Lula no Lollapalooza, e a modelo Andressa Urach, que quis registrar o filho com o nome de Bolsonaro.

22 de maio de 2022

Escorregões de Lula em linguagem inclusiva viram alvo de aliados e rivais

Em defesa do ex-presidente Lula, auxiliares minimizam a gravidade das falhas e evitam expô-las em público para não criar mais ruídos na comunicação com o eleitor.

22 de maio de 2022

Justiça Eleitoral reformula cinco aplicativos para as eleições no Brasil

Além do aplicativo e-Título, em que é possível obter a via digital do Título de Eleitor, o app Boletim na Mão dá cópia digital do boletim de urna e o Pardal recebe denúncias.

22 de maio de 2022

Presidente descarta taxar compra por meio de aplicativos estrangeiros

Para Bolsonaro, irregularidades devem ser combatidas com fiscalização e o aumento dos impostos não é uma saída para o Governo com as empresas que ofertam compras online.

22 de maio de 2022

Temor com lei eleitoral trava medidas econômicas do governo federal

A lei eleitoral proíbe, no ano da disputa, a "distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte do governo", o que impossibilita alguns planos de Bolsonaro.

22 de maio de 2022

João Pedro se lança ao Governo do AM, mas apoio da Federação ainda é incerto

O ex-senador João Pedro inscreveu pré-candidatura no Partido dos Trabalhadores e defende legado do ex-presidente Lula com o Estado do Amazonas.

22 de maio de 2022

Bolsonaro diz na Marcha para Jesus que ‘só Deus’ o tira do Palácio do Planalto

Em Curitiba, com um discurso com várias citações bíblicas, Jair Bolsonaro voltou a fazer críticas aos ministros do Supremo e a falar sobre "liberdade de expressão".

21 de maio de 2022

STF nega por unanimidade obrigar Lira a analisar impeachments

Decisão unânime do STF que desobriga Lira a cumprir prazos de análise de impeachment ocorreu nesta sexta-feira (20), mantendo 144 processos engavetados.

21 de maio de 2022