fbpx

sábado, 28 de maio de 2022

IPI e ICMS indefinidos tendem a prejudicar economia do Amazonas

Em meio a atual conjuntura, ZFM segue perdendo competitividade frente à indústria nacional. Em paralelo, a alteração na legislação do ICMS prejudica arrecadação estadual.

18 de março de 2022

Compartilhe

IPI e ICMS indefinidos tendem a prejudicar economia do estado (Foto: Reprodução)

Duas indefinições legislativas ameaçam o futuro econômico do Amazonas: o decreto presidencial que reduz o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e afeta a competitividade da Zona Franca de Manaus (ZFM); e a indeterminação quanto à uniformização das alíquotas do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS).

Em meio às incertezas, o Governo do Estado tenta reverter o cenário ao mesmo tempo em que demonstra confiar no Governo Federal.

Após três semanas da promessa feita pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) de publicar novo decreto eximindo os produtos fabricados pela ZFM da redução de até 25% do IPI, o cenário segue indefinido.

E, apesar das constantes reuniões entre o governador Wilson Lima e a alta cúpula do Governo Federal, não há data prevista para a oficialização da nova legislação.

Conforme a Secretaria de Comunicação Social do Amazonas (Secom), mesmo após o encontro entre o governador Wilson Lima e o ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, na terça-feira (15) para tratar sobre mudanças no Decreto Federal 10.979/2022, a data para a tão esperada oficialização do decreto segue indefinida. O governo estadual aguarda o cumprimento da promessa com prazo até o final de março.

A reportagem questionou a Casa Civil da Presidência da República quanto à data de publicação do novo decreto, mas a assessoria não respondeu.

Alíquotas do ICMS em discussão

Outro fator que poderá prejudicar o desempenho econômico do Estado é a sanção da Lei Complementar nº192/2022, que determina mudanças na cobrança do ICMS sobre os combustíveis. Conforme a legislação, a cobrança deverá ocorrer na origem, ou seja, na refinaria ou na importação do combustível e não mais em todo o mercado de distribuição dos produtos.

Segundo o secretário de Estado de Fazenda, Alex Del Giglio, a alteração na legislação é preocupante e poderá ocasionar queda na arrecadação estadual. Secretários da fazenda de todos os estados discutem alternativas para amenizar a provável queda na arrecadação.

O assunto está sendo tratado no âmbito do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz).

“Estamos trabalhando primeiramente a questão do diesel, pois desde a vigência da Lei a alíquota será a média dos últimos 5 anos. Teremos uma posição mais concreta sobre as medidas adotadas a partir da próxima semana porque serão várias rodadas de reuniões. Os outros combustíveis, gasolina e etanol anidro combustível, Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), inclusive o derivado do gás natural e querosene de aviação serão objeto de outras rodadas de discussão”, informou o secretário da Sefaz.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Em Manaus, empresa oferta vagas de emprego na área da Segurança

A empresa não recebe currículos por e-mail ou contato telefônico e a candidatura é feita somente online, por meio de um perfil na rede social LinkedIn.

28 de maio de 2022

Fapeam inscreve propostas de CT&I em editais de R$ 25 milhões

Sete editais da Fapeam buscam o desenvolvimento de diversas cadeias produtivas do Estado com incremento da Ciência, Tecnologia e Inovação e recursos que somam R$ 25 milhões.

27 de maio de 2022

Programa Manaus + Agro contempla 70 produtores no ramal do Brasileirinho

Produtores rurais da região receberam alevinos, sementes e kits de agricultura familiar. Além disso, foram entregues 10 toneladas de ração para avicultores e piscicultores.

27 de maio de 2022

Ipea: Uma a cada quatro pessoas poderia trabalhar remotamente

Maioria dos trabalhadores que poderiam exercer atividades remotas é mulher (58,3%); branca (60%); com nível superior completo (62,6%); e tem idade entre 20 e 49 anos (71,8%).

27 de maio de 2022

Fundador do Grupo Digitron, Sung Un Song é o Industrial do Ano 2022

Título será concedido nesta sexta pela Fieam. Também serão homenageados os industriais Irani Bertolini e Gilberto Novaes e a empresa maior exportadora de 2021, a Recofarma.

27 de maio de 2022

Havan inaugura primeira megaloja em Manaus no dia 25 de junho

Nova Havan estará em anexo ao Shopping Manaus Via Norte. De acordo com a rede varejista, serão geradas 150 novas vagas de emprego diretos e cerca de 650 indiretos na capital.

27 de maio de 2022

5G poderá ser o ‘divisor de águas’ para a indústria do PIM, avalia Cieam

Segundo avaliação de representantes do setor, a nova tecnologia, caso implantada de forma satisfatória, poderá proporcionar agilidade ao processo produtivo, ao operacional.

27 de maio de 2022

Grupo busca 20 startups para investir R$ 5 milhões em recursos

SdP Capital, área do Grupo de Inovação e Investimentos Sai do Papel, é responsável por apoiar empreendedores a escalarem empresas inovadoras e estabelecer redes de conexões.

27 de maio de 2022