fbpx

quinta, 20 de janeiro de 2022

Garimpo no Madeira expõe falta de alternativas no interior, diz Sidney Leite

Segundo Sidney Leite, a cadeia produtiva da mineração beneficia a mais de 38 mil famílias que trabalham na calha do Madeira, principalmente nas proximidade de Humaitá.

30 de novembro de 2021

Compartilhe

Segundo o deputado, o garimpo é realizado há mais de 40 anos no Madeira (Foto: Reprodução)

Em pronunciamento na Câmara Federal, o deputado Sidney Leite (PSD-AM) expôs o ‘lado invisível’ do garimpo na Amazônia: a falta de alternatica econômica para cerca de 16 mil famílias que vivem às margens da calha do Madeira, no interior do Amzonas. De acordo com o parlamentar, a atividade mineradora, que se concentra principalmente nas proximidades do município de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus), é desenvolvida por pquenos mineradores da região, e perdura por mais de 40 anos, representando a única forma de subexistência das famílias ribeirinhas.

“Ali você não encontra grande extrator mineral. Você encontra homens e mulheres que durante longos anos trabalharam na extração da borracha e da castanha e que, sem alternativa de sobrevivência, migraram para a exploração mineral. Aquelas balsas não apareceram do nada. Aqueles homens e mulheres que estão no rio Madeira trabalham ao longo desse tempo”, defendeu.

Ainda de acordo com Sidney Leite, a cadeia produtiva da mineração da região beneficia a mais de 38 mil famílias que ali trabalham, garantindo o seu sustento, desenvolvimento econômico, gerando emprego e renda.

Na calha do rio Madeira, no município de Humaitá, 40% da economia é de resposabilidade da exploração mineral feita por pequenos mineradores. Em Manicoré, a atividade é responsável por mais de 30% da economia do município. Em Novo Aripuanã, 20%; e em Borba, a economia é representada por 15% da atividade mineral.

Além disso, o deputado amazonense ressaltou o baixo impacto ambiental da atividade, visto que, segundo ele, todo o processo é feito forma bastante rudimentar, não se utilizando, por exemplo, de grandes dragas.

“Faço um apelo às autoridades. Seja o ministro do Meio Ambiente, seja a estrutura de Polícia, que reveja esse posicionamento. Nós não podemos, enquanto amazonenses, assistir a pais e mães de família sendo tratados como bandidos”.

Texto: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Reajuste nos benefícios pagos pelo INSS é de 10,16% a partir de janeiro

O reajuste dos benefícios pagos pelo INSS a partir de 1º de janeiro de 2022 será de 10,16%. Aumento é aplicado também nas pensões pagas às vítimas da talidomida e outras.

20 de janeiro de 2022

CDC/Aleam e Procon-AM fiscalizam testes de Covid-19 em Manaus

CDC/Aleam e Procon-AM fazem trabalho de conscientização e apuração da cobrança por testes de detecção de Covid-19 em oferta nos laboratórios e drogarias de Manaus.

20 de janeiro de 2022

TIM abre vagas para pessoas trans e oferece graduação gratuita

Parceria da TIM com a consultoria Transcedemos oferece vagas para população trans podendo ser presencial e remoto e ainda com a vantagem de bolsa gratuita em universidade.

20 de janeiro de 2022

Afeam liberou R$ 184 milhões para pequenos empreendedores no Estado

Afeam apresentou crescimento de 73,5% no número de operações de crédito entre 2020, com 9,8 mil repasses e 2021, com 21 mil repasses para o fomento dos pequenos negócios.

20 de janeiro de 2022

Planos de saúde terão que cobrir realização dos testes rápidos de Covid

De acordo com a resolução da ANS, a cobertura dos testes rápidos é obrigatória a pacientes com síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave.

20 de janeiro de 2022

Anac também autoriza Latam a manter atividades com menos comissários

Agência Nacional de Aviação Civil já havia liberado a mesma medida para a Azul e Gol, por conta do surto de gripe e Covid-19 que tem afastado inúmeros profissionais.

20 de janeiro de 2022

Para comércio, medidas de prevenção à Covid são ‘prudentes e necessárias’

Maioria (38%) dos empresários ouvidos pela pesquisa consideram as ações "prudentes e necessárias". Outros 37%, "concordam plenamente" com a adoção de medidas de restrição.

20 de janeiro de 2022

Amazonastur participa de Feira Internacional de Turismo na Espanha

A participação da Amazonastur acontece de forma cooperada com a Embratur e ao lado de estados brasileiros que se apresentam no stand de cerca de 305 metros quadrados.

20 de janeiro de 2022