fbpx

domingo, 19 de setembro de 2021

Endividamento das famílias bate recorde e chega a 58,5% em abril

Pandemia ainda impacta a renda familiar. Com dificuldades para fechar contas, famílias recorrem cada vez maias a crédito bancário, o que, consequentemente, gera mais dívidas.

29 de julho de 2021

Compartilhe

Endividamento das famílias atingiu o maior percentual em mais de 16 anos (Foto: Reprodução)

O endividamento das famílias brasileiras com o sistema financeiro atingiu a marca de 58,5% em abril, segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC) nesta quara-feira (28). O resultado representa o maior percentual da série histórica, iniciada em janeiro de 2005.

Para chegar ao número, o BC divide o montante total de dívidas pela renda das famílias, em um período de 12 meses.

O endividamento recorde foi provocado, principalmente, pelos reflexos econômicos da pandemia do coronavírus. Com dificuldades para fechar as contas, famílias recorrem cada vez maias ao crédito bancário, o que, consequentemente gera mais dívidas.

 “O crescimento do endividamento das famílias mostra que o saldo de crédito para pessoas físicas tem avançado em um ritmo maior que o da renda dos trabalhadores”, afirmou o chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha

Ainda pelos números do Banco Central, em abril o comprometimento da renda das famílias com empréstimos e financiamentos bancários chegou a 30,5% – mesmo porcentual registrado desde fevereiro deste ano. Antes do início da pandemia, este percentual estava abaixo de 30%.

Por outro lado, de acordo com Rocha, houve uma diminuição na concessão de crédito para empresas, enquanto o estoque para famílias segue aumentando de ritmo.

“No segundo semestre do ano passado, tivemos um crescimento muito grande no crédito para pessoas jurídicas, com os programas lançados durante a pandemia. Como esses programas não existem mais, é normal que haja uma desaceleração dos saldos em 12 meses. Já no caso das pessoas físicas, o estoque segue em alta sendo puxado pelo crédito pessoal”, explicou Rocha.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Governo anuncia leilão para compra simplificada de energia em outubro

Leilão, a ser realizado em outubro, contratará energia de reserva, na modalidade por quantidade para usinas termelétricas a biomassa, eólica e solar fotovoltaica.

18 de setembro de 2021

Temporada de manejo do pirarucu na RDS Uacari está aberta

Em toda a RDS Uacari, a despesca será de 646 pirarucus, envolvendo 16 outras comunidades e 134 famílias. A estimativa de renda total na reserva é de R$ 290 mil.

18 de setembro de 2021

Produção de splits impulsiona setor de condicionador de ar no PIM

Produção do modelo split saltou de 1,8 milhão, nos primeiros meses de 2020, para mais de 3,1 milhões, de janeiro a junho deste ano. Fabricação do modelo janela também cresce.

18 de setembro de 2021

FGV divulga resultados das provas objetivas do concurso do TCE-AM

O concurso teve a confirmação de mais de 15 mil candidatos, com 40 vagas para provimento imediato na Corte de Contas, com vencimentos de até R$ 8,3 mil, além de benefícios.

17 de setembro de 2021

Inaugura em Manaus a primeira unidade franqueada da rede Flexfarma

Com um diversificado mix de fármacos, dermocosméticos e conveniências, primeira unidade da rede de drogarias Flexfarma em Manaus inaugura na próxima segunda-feira (20).

17 de setembro de 2021

Renda das mulheres cresce no 2º trimestre, apesar da desocupação maior

Redimento da força de trabalho feminina teve aumento 1,4% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2020. Enquanto a renda masculina subiu 0,4%.

17 de setembro de 2021

Endividamento familiar sobe 2,1% e tem o maior nível da história

Percentual das famílias endividadas apresentou sua nona alta na passagem mensal, chegando em 72,9% em agosto, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio

17 de setembro de 2021

Secretário do Tesouro garante Auxílio Brasil no valor de R$ 300

De acordo com o secretário especial do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, a expectativa é de que os beneficiário recebam o novo auxílio já a partir do mês de novembro.

17 de setembro de 2021