fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

Eletromobilidade avança no setor de duas rodas do Polo Industrial

Entre os anos de 2022 e 2023 a previsão é que pelos menos três fabricantes do segmento de duas rodas iniciem cinco novas operações no Polo Industrial de Manaus.

23 de abril de 2022

Compartilhe

Eletromobilidade avança no setor de duas rodas do PIM (Foto: Divulgação Voltz Motors)

Processos fabris voltados à eletromibilidade avançam no Polo Industrial de Manaus (PIM). O segmento de duas rodas recebe a cada ano novos empreendimentos e ainda, diversificações em projetos industriais, com investimentos direcionados à produção de motocicletas e bicicletas elétricas. Entre os anos de 2022 e 2023 a previsão é que pelos menos três fabricantes iniciem cinco novas operações na capital.

Dados da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) mostram que o PIM conta hoje com 13 fabricantes de meios de transportes elétricos, como patinetes, triciclos, bicicletas, motonetas, entre outros.

Porém, a previsão é que o número de fabricantes cresça. Na quarta-feira (20), o Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) aprovou dois projetos para novas produções e duas prorrogações para implantação de linhas fabris, até o primeiro semestre de 2023.

A fabricante Brudden da Amazônia Ltda, que já opera no PIM há 22 anos produzindo equipamentos de ginástica, agora anuncia a diversificação da produção para fabricar motocicletas elétricas. O investimento será de R$7,5 milhões. A indústria conta com 75 colaboradores em operação e contratará 25 novos colaboradores para a nova demanda.

A empresa Voltz Motors da Amazônia Ltda iniciou operações neste ano para produzir motocicletas elétricas e já conta com projeto aprovado para diversificar produção. A fabricante, que tem matriz instalada em Cabo de Santo Agostinho (PE), investirá R$9,5 milhões para a produção de triciclo elétrico.

Atualmente, a Voltz conta com 206 colaboradores em operação com previsão de geração de 38 novos postos de trabalho.

A Voltz também teve projeto de prorrogação de prazo para implantação de mais uma linha de produção para fabricar motoneta elétrica. A empresa tem prazo de até o dia 11 de maio de 2023 para iniciar o novo processo.

A chinesa JTZ Indústria e Comércio de Veículos Ltda também teve autorização de prorrogação de prazo para implantação de linha de produção. O projeto é direcionado à fabricação de ciclomotor elétrico e bicicleta elétrica, com prazo máximo de início em março de 2023.

Crescimento produtivo anual

Conforme a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), a projeção do setor é de produção de 15 mil unidades de bicicletas em 2022, o que representa um aumento de 45,7% em relação ao volume registrado em 2021.

As fabricantes associadas à Abraciclo e que produzem bicicletas elétricas são: Caloi, Oggi e Sense.

“No primeiro trimestre deste ano, as associadas da Abraciclo fabricaram 2.633 bicicletas elétricas, o que representa 1,4% da produção no período. Entendemos que o custo do produto ainda é elevado. No entanto, à medida que a indústria for ganhando em escala, a tendência é de preços mais competitivos”, comentou a associação. 

Conforme a Abraciclo, em relação ao segmento de motocicletas, a implantação de linhas de produção com escala comercial depende de alguns fatores inerentes às fabricantes como infraestrutura adequada, solução sustentável para o descarte correto das baterias e dos demais componentes do sistema elétrico, entre outros. 

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Bolsonaro recua de reajuste para policiais e sugere 5% para todos os servidores

Chefe do Executivo busca garantir o apoio de servidores federais à sua reeleição, mas afirma que tem enfrentado dificuldade para abrir espaço no Orçamento.

27 de maio de 2022

Plano de saúde individual vai subir 15%, a maior alta em 22 anos

Percentual deve impactar cerca de 8,9 milhões de consumidores de planos individuais de saúde no Brasil. Reajuste não vale para planos coletivos empresariais e por adesão.

27 de maio de 2022

Manejo florestal sustentável é aposta para diversificação econômica do AM

O Estado está preparando uma política de governo para o tema. O planejamento estratégico, orientado por Wilson Lima, vislumbra novos vetores que gerem emprego e renda.

27 de maio de 2022

‘Catastrófico’, cita Sefaz sobre projeto que unifica ICMS em 17%

Secretário da Sefaz afirma que caso projeto de unificação do ICMS em 17% seja sancionado, arrecadação estadual terá perda de R$ 1 bilhão ao ano, afetando serviços à população

27 de maio de 2022

Com R$ 195 bilhões, Receita bate recorde de arrecadação em abril

No quadrimestre (de janeiro a abril de 2022), a arrecadação da Receita Federal alcançou o valor de R$ 743,2 bilhões, o que representa um acréscimo de 11,05% pelo IPCA.

26 de maio de 2022

Redução do ICMS: Bolsonaro sinaliza veto a compensação para estados

Bolsonaro disse que compensação, prevista em projeto aprovado na Câmara que limita ICMS da energia e de combustíveis, "não tem cabimento" e que poderá vetar o dispositivo.

26 de maio de 2022

Criticado até por bolsonarista, salário mínimo de R$ 1.212 é aprovado

Valor já está em vigor desde o primeiro dia do ano, quando Bolsonaro editou a medida provisória. A proposta, no entanto, precisava ser confirmada pelo Congresso Nacional.

26 de maio de 2022

Wilson Lima anuncia investimentos de quase R$ 25 milhões para CT&I

Por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapeam), os recursos serão aplicados em sete editais, sendo seis inéditos, de programas de apoio a pesquisas científicas.

26 de maio de 2022