fbpx

sábado, 27 de novembro de 2021

Cerca de 90% dos novos negócios de moda criados na pandemia são MEIs

Segundo levantamento feito pelo Sebrae, nos primeiros semestres de 2020 e 2021 quase meio milhão de brasileiros resolveram empreender no segmento da moda.

12 de novembro de 2021

Compartilhe

Comércio de vestuário e acessórios engloba 390,6 mil MEIs e pequenas empresas (Foto: Reprodução)

Mesmo com a pandemia do coronavírus, os empreendimentos ligados à moda continuaram apresentando crescimento. De acordo com levantamento feito pelo Sebrae, com base em dados da Receita Federal, nos primeiros semestres de 2020 e 2021 quase meio milhão de brasileiros resolveram empreender nesse segmento. O resultado representa um aumento de 16,5% se comparado com o mesmo período de 2018 e 2019. A pesquisa revela ainda que cerca de 90% desses empreendimentos são compostos por microempreendedores individuais (MEI), totalizando 440,9 mil negócios formalizados.

Entre as atividades levantadas pelo Sebrae, a que conta com maior número de pequenos negócios é o comércio varejista do vestuário e acessórios, que engloba mais de 78% dos negócios da moda, com 390,6 mil microempreendedores individuais e micro e pequenas empresas. Logo em seguida, estão os negócios que comercializam tecidos e roupas de cama, mesa e banho, com 57,5 mil empresas abertas nos dois primeiros semestres de 2020 e 2021.

“Mesmo com a mudança de hábitos dos consumidores e com as dificuldades encontradas desde o início da pandemia, o mercado da moda continua aquecido no Brasil e muitos empreendedores têm escolhido esse nicho para abrir um negócio”, destaca o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

A empreendedora Zelândia da Silveira está entre os microempreendedores individuais que se formalizaram em 2020 nesse segmento. Em maio do ano passado, ela resolveu abrir o MEI e criou a Maria Flor Enxovais, que fabrica sob encomenda enxovais de cama, mesa e banho.

“O segmento de decoração de casa mudou bastante nos últimos anos e os produtos artesanais desse gênero estão cada vez mais em alta”, revela. O trabalho da empreendedora é divulgado pela internet e isso a motivou, inclusive, a mudar o nome da empresa para Ateliê Zelândia Enxovais como estratégia para ser encontrada com mais facilidade nas redes sociais.

Moda pela internet

De acordo com a 9ª edição da Pesquisa de Impacto do Coronavírus nas Micro e Pequenas, realizada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), o segmento da moda foi o que mais realizava vendas pela internet nessa edição do estudo: 84% dos empreendedores disseram que estavam utilizando o comércio eletrônico para negociar seus produtos, número bem superior à média de 70%.

O canal preferido para realizar negócios citado pelos empreendedores foi o WhatsApp, adotado por 89% dos pequenos negócios da moda que usam o comércio eletrônico, seguido pelo Instagram (67%), Facebook (57%) e site próprio, com apenas 19%. Esses empreendedores ainda citaram plataforma como Mercado Livre, OLX e app de entregas como canais de comercialização de seus produtos.

Fonte: Sebrae

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Preocupação com nova variante derruba Bolsas da Europa

Ações ligadas a turismo e petroleiras despencaram. Paralelamente, dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) reforçaram que inflação na zona do euro será temporária.

26 de novembro de 2021

Qualidade de vida no AM foi a sexta pior do país entre 2017 e 2018

Segundo dados do IBGE, a taxa de perda de qualidade de vida do Amazonas ficou em 0,216, obtendo resultado melhor apenas em relação ao Maranhão, Pará, Acre, Amapá e Alagoas.

26 de novembro de 2021

Renovação de incentivos fiscais estaduais segue em compasso de espera

Sefaz afirma que o PL que prevê o novo texto da legislação fiscal está em tramitação na Casa Civil e deverá ser enviado à Aleam no início de dezembro.

26 de novembro de 2021

Em Manaus, XP seleciona interessados para atuar no mercado financeiro

Programa 'XP Future' tem objetivo de reforçar o time de colaboradores em locais considerados estratégicas para a companhia, como Manaus. Na cidade, são oferecidas 10 vagas.

26 de novembro de 2021

Cursos ofertam 1.000 vagas para qualificação no Amazonas

Os cursos são direcionados para a população que busca por qualificação profissional, para concorrer a uma vaga no mercado de trabalho. Inscrições iniciam nesta sexta-feira.

26 de novembro de 2021

Pesca esportiva pode ser implementada na comunidade Boca do Mamirauá

Iniciativa busca incentivar turismo para geração de renda na comunidade, situada na zona rural de Uarini. Implantação está sendo viabilizada pelas secretarias Sepror e Sema.

26 de novembro de 2021

Juros cobrados de empresas e famílias sobem em outubro, diz BC

Famílias pagaram taxa média de 43,8% ao ano, com alta de 2,1 pontos percentuais em relação a setembro, e as empresas, 19,1% ao ano, aumento de 2 pontos percentuais.

26 de novembro de 2021

Projeto fixa prazo para elaboração de Processos Produtivos no PIM

PL 1077/19, aprovado da CCJ da Câmara, estabelece que o governo terá 120 dias para fixar processos produtivos básicos (PPBs) de empresa interessada em se instalar no PIM.

26 de novembro de 2021