fbpx

sexta, 24 de setembro de 2021

Brasil assume a presidência do Mercosul em meio à crise no bloco

Mais do que uma mudança de comando, a nova presidência do Mercosul representa a guinada de uma agenda protecionista para uma de maior abertura comercial.

8 de julho de 2021

Compartilhe

Brasil assumiu a presidência do Mercosul nesta quinta-feira (8) (Foto: Reprodução)

O Brasil assumiu a presidência temporária do Mercosul. A passagem de comando aconteceu durante a 58ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados, realizada de forma virtual, nesta nesta quinta-feira (8).

Muito mais do que uma mera mudança de comando, a transferência da presidência do bloco da Argentina para o Brasil representa a guinada de uma agenda protecionista – defendida pelos argentinos – para uma de maior abertura comercial – como querem Uruguai, Paraguai e Brasil.

Na prática, o posionamento protecionista do governo argentino coloca o país em uma situação de isolamento dentro do Mercosul.

Ao assumir a liderança do grupo, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (sem partido), criticou a gestão de seu antecessor, o argentino Alberto Fernández. Ele cobrou maiores flexibilizações em negociações econômicas com países de fora do bloco e revisão da tarifa externa.

“O semestre que se encerrou deixou de corresponder as expectativas e necessidades do Mercosul. Devíamos ter apresentado resultados concretos nos dois temas que mais mobilizam nossos esforços recentes: a revisão da tarifa externa comum (TEC) e adoção de flexibilidades de negociações comerciais com parceiros exteriores”, disse Bolsonaro.

Flexibilizações

O presidente brasileiro pretende promover uma flexibilização das regras que mantém as tarifas do bloco como as mais altas do mundo e facilitar as negociações individuais sobre tratados de livre comércio entre quatro países fundadores (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai).

Atualmente, cada membro do Mercosul tem autonomia para negociar acordos comerciais bilaterais, desde que não envolvam redução da tarifa externa comum . As negociações, no entanto, precisam ter o consenso dos países do bloco.

Uruguai vai negociar com outros países

Mesmo assim, o governo do Uruguai anunciou, nesta quarta-feira (7), a decisão de começar negociações isoladas de acordos comerciais com países de fora do bloco. A decisão foi comunicada em reunião de ministros das Relações Exteriores dos quatro países do bloco.

“Ao mesmo tempo que reivindicou sua presença no Mercosul, o Uruguai comunicou que começará a conversar com terceiros para negociar acordos extra-zona [fora do Mercosul]”, informou o governo uruguaio em nota.

O Uruguai enfatiza, no entanto, que a decisão não significa um rompimento com o Mercosul, bloco do qual quer continuar membro, enquanto negocia acordos bilaterais.

Texto: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013

Para 2021, a expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento sazonal de fim de ano. Segundo previsão da CNC, as vendas deverão crescer 3,8% no Natal.

24 de setembro de 2021

Índice de Preços ao Consumidor tem variação de 1,14% em setembro

Com isso, o IPCA-15 apresenta a maior variação mensal desde fevereiro de 2016, quando encerrou em 1,42%. Variação mensal deste mês foi a maior para setembro desde 1994.

24 de setembro de 2021

Preços de mercadorias e combustíveis pressionam os pequenos negócios

De acordo com a 12ª edição da Pesquisa de Impacto da Pandemia nos Pequenos Negócios, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, esses são os principais gastos das empresas.

24 de setembro de 2021

Mentoria ‘Gestão 4.0 Amazônia’ foca em empresários e executivos

Evento, que acontece nos dias 1° e 2 de outubro em Manaus, tem como objetivo elevar a capacidade técnica e as habilidades de empresários e altos executivos da cidade.

24 de setembro de 2021

Indústria e comércio devem puxar contratos temporários no trimestre

Indústria mantém projeção de aumento na oferta de trabalho temporário mesmo em meio à falta de insumos. Comércio também prevê admitir cerca de 3 mil trabalhadores temporários

24 de setembro de 2021

Prazo para prova de vida de servidores aposentados acaba dia 30

Comprovação de vida deve ser feita na agência bancária onde o beneficiário recebe o pagamento. Necessidade dessa comprovação foi suspensa de março de 2020 a junho de 2021.

24 de setembro de 2021

Nilton Lins lança programa de formação superior em Turismo Sustentável

Programa será realizado na modalidade de ensino a distância (EAD) e é voltado para estudantes e profissionais que já atuam na área, principalmente nos municípios do interior.

24 de setembro de 2021

Preço do gás de cozinha pode superar os R$ 100 em novo reajuste

Alta acumulada de 96% nos preços do propano, matéria-prima para o gás de cozinha, no mercado internacional em 2021 já pressiona o preço do combustível aqui no Brasil.

24 de setembro de 2021